Veja magnífico berço de estrelas em chamas e use-o como seu papel de parede

Por , em 21.12.2014

A imagem acima, que combina dados de luz visível e de infravermelho, é da Nebulosa da Chama, uma nebulosa de emissão que está na Constelação de Órion, a cerca de 1.500 anos-luz de distância.

Na imagem acima, a luz infravermelha torna visível o grupo de jovens estrelas que se esconde dentro da nebulosa. A beleza deste berçário faz com que a gente se pergunte, o que é que causa o brilho desta chama?

Nebulosas de emissão são assim chamadas porque emitem luz. Normalmente, elas recebem luz ultravioleta de alguma estrela próxima, o que a esquenta e faz brilhar a nebulosa.

A estrela à direita da foto é Alnitak, a mais ao leste do Cinturão de Órion, conhecido por aqui como “As Três Marias”. Na foto abaixo, junto dela dá para ver a Nebulosa da Chama, e também a Nebulosa Cabeça de Cavalo.

a-nebulosa-da-chama (2)

É Alnitak quem coloca “em chamas” esta nebulosa. A sua luz energética arranca elétrons das grandes nuvens de hidrogênio e, quando os elétrons e núcleos de hidrogênio se recombinam, é emitido o brilho da nebulosa. [Nasa APOD]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

Deixe seu comentário!