Não é um pássaro, muito menos um avião: a explicação para o anel flutuante que intrigou argentinos

Por , em 2.06.2015

No último dia 25 de maio, perto das 17h, um sinistro anel preto de nuvem pairou sobre a cidade de Tigre, na província de Buenos Aires, Argentina. Ainda que tenha permanecido no céu por menos de um minuto, os moradores ficaram perplexos por sua aparência efêmera e hipnótica.

Por mais que nos doa dizer isso tantas vezes ao ano, ainda não é dessa vez que a explicação para este fenômeno estranho é uma visita de alienígenas. O anel nada mais é do que um subproduto de fogos de artifício com temática de zumbis.

O anel de fumaça foi resultado de uma queima de fogos feita durante uma performance no parque de diversões de la Costa, vizinho da região. Como não poderia deixar de ser, o número se chamava “Invasion Zombie”. As condições meteorológicas do dia fizeram com que o anel preto ficasse particularmente visível no céu, em contraste com um fundo acinzentado composto por nuvens de chuva.

Mesmo que possa parecer super-estranho, acontecimentos deste tipo são bastante comuns. Um anel semelhante, com um diâmetro de cerca de 100 metros, foi visto quase 2 quilômetros acima do solo no Cazaquistão em abril passado – dessa vez, o arco teria sido causado por uma fábrica próxima. E em 2014 um destes apareceu no céu acima de uma cidade no Reino Unido. A estudante Georgina Heap gravou um vídeo do fenômeno com seu smartphone que se espalhou pela internet. O aro preto acabou sendo atribuído a um teste de fogos de artifício em uma cidade vizinha. [Science Alert]

Abaixo você pode ver mais algumas imagens de evento da semana passada:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,50 de 5)

Deixe seu comentário!