O aperto de mão certo ajuda a agarrar emprego

Por , em 12.05.2008
Revista HypeScience

Se você está procurando emprego, agarre-o bem. Um aperto de mão firme é chave para conseguir um emprego.

Mulheres que tinham uma agarrada mais forte, pareceram ter vantagem sobre os homens

Em um novo estudo cientistas avaliaram 98 estudantes através de entrevistas de empregos falsos com pessoas de negócios de verdade. Os estudantes também se encontraram com pessoas treinadas em dar nota para os apertos de mão que, sem o conhecimento dos estudantes, avaliavam suas ‘pegadas’. Os dois grupos de avaliações, então, foram comparados.

Estudantes com notas mais altas nos apertos de mão também foram avaliados como mais contratáveis.

“Nós sempre ouvimos que os entrevistadores já sabem se gostam ou não de uma pessoas nos dois ou três minutos da entrevista, não importando o quanto as entrevistas durem”, disse Greg Stewart, o coordenador do estudo e professor na Universidade de Iowa, nos EUA. “Nós descobrimos que a primeira impressão começa com um aperto de mãos que dá o tom para o resto da entrevista.”

O estudo será detalhado na edição de setembro da revista científica Journal of Applied Psychology .

O você verdadeiro

Greg acredita que o aperto de mão fornece um vislumbre do ‘você’ verdadeiro. Continue lendo…

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Ginno Geiser:

    Beleza, muitos já aprenderam a ser mais falsos do que já são!
    Qual a proxima dica?

  • Robson Guimarães:

    em que epoca foi dado inicio ao aperto de mão, e saber qtos de tipo de aperto de mão existem.

    obrigado

  • Lucilene Teixeira:

    Também acredito que com esse ato é demostrado a confiança.
    Na faz parte de um conjunto: Olhar, o jeito de falar, andar…

  • Wanderson:

    Eeeeeee. um aperto de mão firme geralmente vem muito bem acompanha de um olhar penetrante e confiante dentro dos olhos de quem o recebe.

  • Bernard Holcman:

    Sensacional esse estudo. Coloquei no meu blog também (thefries.blogspot.com)!
    Abraços,
    Bernard

Deixe seu comentário!