Bomba d’água engana crianças para fazerem trabalho braçal

Por , em 30.01.2009

A Palypump parece um simples gira-gira de playground, mas é na verdade uma bomba d’água disfarçada que bombeia água de um poço para uma caixa d’água. Enquanto as crianças brincam de girar a água segue subindo para a caixa.

A sua capacidade é de 1.400 litros de água por hora, o que não é pouco considerando que uma caixa d’água de 500 litros pode durar vários dias para uma família de 4 pessoas.

A invenção é uma boa idéia para países pobres onde a energia elétrica é muito cara ou indisponível. A única dificuldade deve ser convencer as crianças que usar esta bomba disfarçada de gira-gira não é trabalho, mas diversão. [Playpump]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 2,00 de 5)

11 comentários

  • Gilmar Sousa:

    Se essa ideia vim para o Brasil, será considerada esploraçao de trabalho infantil. e é crime.

    • Cesar Grossmann:

      Não. Exploração de trabalho infantil é diferente, isto daí é um brinquedo que faz algo útil. Será exploração do trabalho infantil se as crianças forem OBRIGADAS a girar a roda. Mas se elas estiverem brincando, tanto faz se a energia delas é desperdiçada e transformada em calor, ou se é usada para bombear água.

  • elenice cavalcante:

    Gente amei a idéia resolve um grande problema de forma agradavél.

  • Sandro Wosniak:

    Interessante, é o mesmos princípio que a natureza usa prara enganar as abelhas, que são atraidas para as flores coloridas
    para se alimentar e acabam polinizando, com certeza é unir o útil ao agradável!!!

  • Isis:

    huahsuahushuahs, ri de mais lendo isso.
    Mas criança procura qualquer coisapra se divertir, acho q elas nem ligariam tanto se soubessem q tavam sendo enganadas. E porq não unir o útil ao agradável, né? xD

    • Cesar Grossmann:

      Pior, eu acho que se forem colocados vários destes brinquedos e aparecer uma barrinha mostrando o quanto de água foi elevada, sem fazer mais nada, sem dizer coisa alguma, é capaz das crianças perceberem isto rapidamente e começarem a competir para ver quem leva a barrinha ao topo primeiro.

  • alvaro:

    Lí dia desses de portas giratórias que geram energia em estações de metrô,assim como pisos em academias.Creio que tudo é válido para poupar energia desde que não seja essa apenas a única forma de ativar o mecanismo,já pensou se as crianças não quiserem brincar na hr do seu banho?kkk,mas valeu a ideia.

    • Cesar Grossmann:

      Teve um cientista, não lembro o nome, que colocou uma bomba de água no portão da casa dele, assim, quem quer que visitasse ele, “pagava” um pedágio na forma de água para a caixa d’água dele.

  • Miguel:

    Fantástico para os pobre e sem eletricidade!

  • Olavo:

    Essa é uma excelente idéia, e não apenas para lugares sem eletricidade ou pobres, todas as casas e parques deveriam ter brinquedos nesse formato isso além de saudável para as crianças, é saudável para o planeta além de ser educativo….mania que se tem de falar que coisas assim são para pobres sem eletricidade.

  • Gray:

    Taí… A Nike deveria abrir um playground ao lado de sua fábrica na Indonésia

Deixe seu comentário!