Buraco na camada de Ozônio está levando as chuvas para o Sul do mundo

Por , em 26.04.2011

Pesquisadores britânicos estão usando modelos climáticos no Reino Unido e na Austrália para medir condições do tempo entre os Hemisférios Sul e Norte. A partir da análise das correntes de ar que atravessam continentes, descobriram que os focos de chuva do Hemisfério Sul, inclusive nos trópicos, estão sendo deslocados em direção ao sul do planeta.

Já se sabia que os danos na camada de Ozônio fazem com que raios solares nocivos atravessem a estratosfera, mas as influências da camada nas oscilações de clima, chuvas e direção do vento, entre outros fatores, ainda é um campo pouco conhecido.

Basicamente, a corrente de ar que sopra do Hemisfério Norte para o Sul está sendo interrompida devido ao buraco. Dessa maneira, há uma espécie de “migração” das nuvens em direção ao sul. Esse fenômeno está sendo observado com maior intensidade na Austrália. Apesar disso, os cientistas afirmam que as implicações do fenômeno vão do Pólo Sul até além da Linha do Equador.

Os efeitos recém-descobertos tendem a aumentar. Um relatório recente da Organização Meteorológica Mundial afirma que estamos vivendo o ápice dos danos à Camada de Ozônio, de modo que os desdobramentos ainda vão se verificar por mais tempo. Com as novas medidas de proteção à limpeza do ar, a situação deve se estabilizar entre 2045 e 2060. [BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,00 de 5)

5 comentários

  • Anibal Vilela:

    Observem a afirmação da reportagem:

    “Os efeitos recém-descobertos tendem a aumentar.”

    A descoberta é recente, e eles já sabem que a tendência é de aumentar ?

    Conversinha pra boi dormir…

  • Cléber:

    É sempre bom tomar cuidado com esse papo de fenômenos climáticos serem afetados por mudanças causadas na atmosfera por nossa causa. Esse papo então do buraco na camada de ozônio é uma história ótima pra botar medo na sociedade e fazer com que ela troque suas geladeiras e eletrodomésticos antigos por novos, que segundo as empresas não vão destruir a camada de ozônio…depois que trocarmos nossos eletrodomésticos por novos que não afetem a camada de ozônio qual será a nova história que eles irão inventar???

    Existe um buraco sim e ele está na ética de quem se vendeu ao mercado e não a 30Km acima das nossas cabeças!

    • Adriano Giuseppe .’.:

      Mentalidade tacanha, só poso pensar isso. Amigo, os danos na camada de ozônio estão aí p/ quem “quiser ver”, que parece não ser o seu caso.

  • Glauco:

    Alguém sabe como anda a atividade solar? Fora as manchas, que sei que andam em baixa. Quando o Sol dá soluços e entra ou sai de atividade costumam acontecer variações climáticas. Isso está acontecendo ao mesmo tempo das tempestades e tornados nos EUA, onde já morreram mais de 170 pessoas nas últimas semanas.

  • Glauco:

    Será que a atual demora da corrente do Golfo do México em fazer o ar quente circular no Hemisfério Norte (após o derramamento crimonoso de petróleo pela BP), também não tem influência? Sei q fica do lado Norte do Equador, mas os sistemas de circulação se afetam muito facilmente… sei lá… ouvi dizer que vários países do Hemisfério Norte e alguns estados dos EUA nem vão ter colheita esse ano devido ao frio que ainda persiste lá mesmo após o fim do inverno.

Deixe seu comentário!