Cansado de pessoas alegando que os gays não existiam até agora, ex-padre recolhe 31 fotos antigas como prova de que sempre estiveram por aí

Por , em 15.08.2019

O amor sempre foi amor, incluindo o homossexual. Ao longo dos anos, casais homossexuais e transexuais sofreram inúmeras sanções e preconceitos, foram perseguidos, presos, mortos e até hoje são alvo de preconceito, mas uma coisa é fato – sempre existiram.

Você já deve ter ouvido falar que “ser gay está na moda” hoje em dia, que a TV e as redes sociais “influenciam” as pessoas a se tornarem homossexuais, e que o número deles tem aumentado muito.

Bom, segundo o ex-padre Nathan Monk, a única coisa que tem aumentado é o número de pessoas assumidamente gays, porque elas sempre estiveram por aí. Para provar isso, ele vasculhou fóruns e sites na internet que reúnem fotos antigas de casais maravilhosos e amorosos do mesmo sexo.

“Eu encontrei as fotos online e as compartilhei porque acho importante lembrar aqueles que vieram antes de nós, aqueles que lutaram para viver sua vida autêntica. Acredito que é importante lembrar que os LGBTQ+ sempre fizeram parte da sociedade e sempre farão. A realidade deve ser aceita com amor em vez de evitada e ridicularizada”, explicou Nathan Monk ao The Bored Panda.

Salve muito “ouns” para percorrer essas imagens:

Homossexualidade: uma história conturbada

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo já foram registrados em diferentes períodos da história humana. Por exemplo, esses rituais eram reconhecidos na Mesopotâmia.

E não preciso nem falar do Império Romano, basicamente um gigante clube do bolinha. Pelo menos dois imperadores romanos foram com certeza casados com outros homens, e 13 dos 14 imperadores romanos eram considerados pelo menos bissexuais.

O mais famoso imperador romano homossexual é provavelmente Nero. Ele se casou com outro homem em duas ocasiões diferentes. Na primeira, fez o papel de noiva. Na segunda, casou-se com um jovem para “substituir” um amante morto chamado Sporus em uma celebração superpública, festejada na Grécia e em Roma.

Mais tarde, a expansão do cristianismo passou a desaprovar e considerar a homossexualidade “contra as leis naturais”, de forma que tais relacionamentos começaram a sofrer perseguição e preconceito.

E, o que é pior, homossexuais precisam lidar com isso até hoje. De acordo com Nathan Monk, é essencial admitir que essas pessoas ainda enfrentam fanatismo e discriminação. “Mesmo que isso seja sentido por todos LGBTQ+, é mais perigoso para as pessoas que vivem em situação de pobreza e falta de moradia. Uma pessoa trans vivendo nas ruas tem mais probabilidade de ser rejeitada por programas de abrigo, é mais propensa a sofrer ataques físicos e sexuais e outros perigos. Precisamos continuar a elevar essas histórias e realidades até que todos tenham um lugar seguro para chamar de lar”, defende o ex-padre.

Que a história – e o documento histórico que são essas fotos – sejam os primeiros passos para tornamos o mundo um lugar melhor e mais seguro para todos. [BoredPanda]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (62 votos, média: 4,42 de 5)

Deixe seu comentário!