Carro movido a café bate recorde

Por , em 6.10.2011

O café é o combustível de milhões de cérebros humanos. Agora, as borras de café aparecem em um novo recorde de velocidade em terra, surpreendentemente, como combustível para carros.

Isso mesmo, um carro movido a café, construído por uma equipe de engenheiros empreendedores, recentemente entrou para o Guinness World Records com uma velocidade máxima de 120 km/h e uma velocidade média de 105 km/h.

O esforço de construir um Carro-Café foi inspirado depois que os pesquisadores perceberam que as lojas de café produzem toneladas de lixo que poderiam ser utilizadas para obter algo mais.

A inovação definiu o novo recorde para um carro alimentado por lixo orgânico. O título cobiçado era anteriormente do XR7 Beaver, um carro movido à aglomerados de madeira, que atingia a média de 75 km/h.

Para abastecer o carro com café, a equipe recolheu borras de café de várias lanchonetes, secou-as e as transformou em aglomerados. Para mover o carro, a sbustância era cozida em um gaseificador projetado para caber dentro de um Rover SD1 bastante modificado (mais de 550 quilos foram removidos para dar espaço ao pesado gaseificador).

O gaseificador queima os aglomerados de café em temperaturas muito altas, o que gera um gás sintético de dióxido de carbono, hidrogênio e metano capaz de alimentar um motor de combustão interna.

Tá aí a prova de que o café dá mesmo muita energia. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • Diogo Vieira:

    Acyr falou tudo do mais temos que procura meios alternativos de combustíveis.

    • Felipe Porto:

      Falta incentivo para quem procura por combustíveis alternativos, as petrolíferas tem muito poder ainda sobre isso.

      Att,
      Felipe Porto

  • Neo:

    nada supera encher a cara de vodca e abastecer mijando no tanque

  • Baltazar:

    Com acúcar ou sem acúcar?

  • JUCABALA:

    R$300,00 a saca de café, acho um tanto inviável, se bem que borra de café já é lixo.

  • Acyr:

    “Isto é para os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os que são peças redondas nos buracos quadrados. Os que veem as coisas de forma diferente. Eles não gostam de regras. E eles não têm nenhum respeito pelo status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou difamá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas. Eles empurram a raça humana para frente. Enquanto alguns os veem como loucos, nós vemos gênios. Porque as pessoas que são loucas o suficiente para achar que podem mudar o mundo são as que, de fato, mudam.”
    “Steve Jobs”

Deixe seu comentário!