Chimpanzés fêmeas fogem quando vão ter filhote e agora sabemos a razão

Um raro registro de um chimpanzé nascendo na natureza terminou de forma terrível. Segundos após o nascimento, o bebê foi levado de sua mãe e devorado por um chimpanzé macho do mesmo grupo. O ocorrido explica por que as fêmeas chimpanzés tendem a se esconder por semanas ou meses quando vão ter seus filhotes.

Aranhas machos permitem canibalismo das fêmeas em favor de seus filhotes

Pouco se sabe sobre como os chimpanzés dão à luz na vida selvagem, porque apenas cinco nascimentos já foram observados, diz Hitonaru Nishie, da Universidade de Kyoto, no Japão. Nishie e seus colegas estudaram chimpanzés nas montanhas Mahale da Tanzânia nos últimos anos.

Uma das razões pelas quais poucos foram testemunhados é que as mães deixam o grupo quando o bebê está chegando e não retornam até o bebê ter semanas ou meses de idade. Essa ausência foi descrita como a “licença maternidade” das chimpanzés.

Assim, Nishie e seu colega Michio Nakamura ficaram surpresos quando, em dezembro passado, uma chimpanzé do grupo que eles estavam observando começou a dar à luz na frente dos outros 20 membros do grupo.

Por que alguns animais matam seus próprios filhotes?

Assim que o bebê nasceu – e antes que a mãe tivesse a chance de tocá-lo – ele foi capturado por um membro do grupo, que então desapareceu no mato. Os pesquisadores o encontraram cerca de 1 hora e meia depois, sentando uma árvore e comendo a metade inferior do corpo da criança. Ele comeu todo o corpo dentro de uma hora.

Evento raro

Esta é a primeira vez que alguém relatou ter visto um chimpanzé recém-nascido canibalizado dessa maneira, diz Nishie. Ele diz que sua observação fornece uma pista óbvia sobre por que as mães chimpanzé tendem a se esconder para dar à luz.

Neste caso, a mãe ainda não teria tido a chance de aprender sobre a “licença maternidade” caso tenha sido sua primeira gravidez, diz Tatyana Humle, da Universidade de Kent, no Reino Unido. “Eu prevejo que ela irá ter uma “licença maternidade” na próxima vez”, diz ela.

Na verdade, foi exatamente isso que aconteceu. Quando a chimpanzé teve posteriormente outro bebê (mostrado na foto acima), ela desapareceu por um mês.

11 rituais violentos do mundo animal

Os animais machos de muitas outras espécies são conhecidos por matar crianças pequenas que não estão relacionadas a eles. Isso os permite se acasalar com a mãe e ter mais filhos em seu grupo. E as chimpanzés fêmeas também já foram vistas matando os bebês de outras mulheres quando os recursos, como alimentos, são escassos, diz Humle. O bebê chimpanzé pode também simplesmente ter sido uma fonte de nutrição para o adulto que o levou, diz Nishie.

De qualquer forma, o infanticídio e o canibalismo são extremamente raros entre os chimpanzés, diz Hulme. “Eu trabalho com uma comunidade de chimpanzés na África Ocidental, e nunca vi nenhum caso”, diz ela. Humle acredita que tal violência pode ser mais provável de ocorrer em grupos maiores, onde há mais concorrência por recursos. [New Scientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (13 votos, média: 4,46 de 5)
Curta no Facebook:

3 respostas para “Chimpanzés fêmeas fogem quando vão ter filhote e agora sabemos a razão”

    • São mesmo? O conhecimento tradicional é baseado em parte em preconceito, não em fatos. Tem alguma coisa que se aproveita, mas tem muita bobagem também.

Deixe uma resposta