Cientistas criam rastreador de tumores

Por , em 16.03.2011

Ele, basicamente, é um pequeno laboratório que fica dentro de seu corpo e “manda relatórios” sobre possíveis tumores para os médicos.

O rastreador é pequeno o suficiente para ser implantado no seu corpo com a ajuda de uma agulha. O interior do aparelho é recheado de nanopartículas, cada uma feita para rastrear certos tipos de moléculas, produzidas por tumores ou por células cardíacas danificadas.

A membrana permeável do rastreador permite que moléculas do corpo passem por ele sem que as nanopartículas saiam.

Para analisar a situação, basta que o paciente passe por ressonância magnética e os cientistas analisem aglomerados de partículas no rastreador.

O próximo passo da invenção é achar maneiras de obter os resultados sem precisar apelar para uma ressonância magnética desnecessária. [PopSci]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!