Cocô de baleia é vital para o ciclo de carbono do planeta

Por , em 23.04.2010

Salvem as baleias! Agora temos mais de um motivo para preservar a espécie. Pesquisas mostraram que as fezes do animal possui grandes quantidades de ferro – substância que está faltando nos oceanos ultimamente e que promove o crescimento de algas marinhas importantes para que o oxigênio do planeta seja produzido.

Pelo menos é nisso que Stepen Nichol acredita. O pesquisador da Unidade Australiana Antártica que encontrou enormes quantidades de ferro em fezes de baleia. Ele afirma que antes da caça de baleia ser comum, o cocô do bicho era responsável por cerca de 13% do total de ferro do oceano.

Estudos anteriores mostraram que o ferro é vital para a vida do oceano – ele é o responsável também pelo crescimento de plâncton, a base alimentar dos animais marinhos. De acordo com Nichol, se adicionarmos mais ferro no oceano poderemos observar crescimento quase instantâneo de plâncton.

O plâncton serve de alimento para o krill (espécie de crustáceo muito pequeno) que, por sua vez, é o alimento das baleias. Então as baleias estariam repondo o ferro novamente para o plâncton, formando um ciclo balanceado.

Os pesquisadores analisaram 27 amostras de fezes e descobriram que as fezes possuem mais ferro 10 milhões de vezes, se comparadas com as águas dos oceanos. [New Scientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

16 comentários

  • André von Kugland:

    Sério, como tem gente burra nesse mundo. Me expliquem: o cocô de baleia tem ferro, certo? De onde sai o ferro do cocô da baleia, caramba? É do próprio oceano. Ou então vão me dizer que no intestino da baleia faz-se fusão nuclear e a baleia sintetiza os átomos de ferro? Vão para o Inferno!

    • Senador Queromeu:

      Não caia de quatro num gramado von Kugland… Você corre o risco de nunca mais se levantar. rsrsrsr

  • ira:

    Disse um escritor brasileiro que a humanidade é BURRA.
    Bem,como todo bom entendedor, ele não se referiu ao global humano,mas sim a sua maioria e com toda a razão.
    Sabe-se e nega-lo é hipocrisia que,na historia da humanidade ate onde se alcança,todos os imperios cairam por três motivos,
    PODER,DINHEIRO E FANATISMO RELIGIOSO,bem EXPLÍCITO,não religião.
    Estes três motivos somados continuam sendo três mas,analisados com o bom senso da razão esta soma é igual a
    UM (01)ou seja,o poder de mando,o que quer dizer,quem tem poder tem dinheiro e vise versa.
    Enfim,caminhamos para uma nova repetição de queda humana,
    os tempos mudaram mas,as cabeças e sua moral NÃO.
    O que precisa mudar não é o planeta, mas sim o ser humano.
    Esta mudança é interior.
    A partir do momento que a humanidade começar a pensar transcendentalmente ou ser transcendente,então estaremos começando a poder ser chamados de verdadeiramente HUMANOS.

  • André:

    Será que gruda num imã? =)

  • Victor Dias:

    Imaginem só o quanto de cocô uma baleia azul que pode chegar a 33 metros (aproximadamente 10 andares de um prédio) de comprimento e pasmen “180 000 kilos” de massa, pode chegar a produzir. Incrível não.

    Curiosidade: O seu pulmão pode conter aproximadamente cinco mil litros de ar.

  • Maycon Ghizzi:

    Na minha opinião é tarde demais para “mudar” nosso sistema de vida “capitalismo”… uma mudança dessa magnitude nunca esteve relacionada com ‘paz’…. O capitalismo irá continuar até corroer todo nosso planeta e transformar tudo que puder em ‘dinheiro’…..levará séculos para que nossa sociedade mude esse conceito de forma pacifíca…..

    Como nosso planeta não tá nem ae para os problemas dos humanos. Ele vai reagir do modo que sempre fez….logicamente;

  • Jor-el:

    essa era em que vivemos colocamos em primeiro lugar o DINHEIRO, a frente de tudo que é importante desde a nossa saúde até o ambiente e a natureza em que vivemos.

    ” se não se aprende com amor, se aprende com a dor”

    um colapso consciencial desencadeado por causa do dinheiro!!
    espero que os seres humanos possam evoluir antes que não haja mais mundo para ser destruido!

    abraços amigos
    Jor-el

  • Elvira Ravestein:

    Lavoisier

  • Geu.H.:

    Vamos fazer uma corrente contra os japonezes o maior caçador de baleia no mundo, sera que eles sabem desta pesquisa.

  • Rudolf Wiliam Hamer:

    Quantos especialistas em fezes, hem?

    Racional o que se expõe o artigo: krill e plânctons se alimentam e crescem em função do ferro existente na água. E as baleias se alimentam deles. É de se esperar que exista alguma concentração deste mineral nos dejetos alimentares das baleias, ou não é? Óbvio …

  • Campos:

    Os escrementos humanos, ao contrário, contaminam tudo.Sabem quantas toneladas de escremento é lançada ao mar?
    Somos mais de 6.5 bilhões de habitantes no mundo. Só de lixo cada pessoa produz em média, 40 toneladas em toda a sua vida e ainda mata baleias, poluem o ar os rios, consome cerca de 30 toneladas de alimentos, etc.
    Parece que temos que eliminar os humanos ou pelo menos o excesso deles

  • Geraldo:

    Eu sabia que um dia descobririam algo pra essas “merdas” todas!
    Pois é muita coisas fazendo “merdas” neste planeta…

  • hp:

    realmente. Uma salva de palmas para o Capitalismo, o sistema perfeito, a benção das nações…

    Mas, cedo ou tarde, se os homens nao se resolver com a natureza, a natureza vai se resolver com os homens…
    E que venha o fim. que cada um coma seus pedaços de papéis Dollar… que os usem para se proteger das catástrofes…

  • Lucas:

    Quem dera Ira, mas eles não se importam com o oceano, não se importam com as baleias, a única coisa com que eles se importam é com o dinheiro que toda a destruição ambiental que eles fazem irá lhes trazer.
    Dinheiro, dinheiro, dinheiro…. e um VIVA PARA O CAPITALISMO!

  • ira:

    Com esta nova descoberta é bem possivel que os caçadores de baleia criem consciencia atravez do cocô de baleia,ja que atravez do cérebro próprio está cada dia mais dificil.

  • hp:

    ilário… enquanto as fezes bovinas nos destroem, a das baleias nos salvam…kkk

    é realmente uma pena o fato de que poucos se importam com as baleias, e sao exatamente os que nao matam.
    Um desejo: que todos os humanos fiquem menos ”humanos”

Deixe seu comentário!