Compartilhar problemas ajuda a diminuir seu impacto

Por , em 18.10.2012

Quando uma criança sofre algum tipo de bullying na escola, muitos pais se sentem impotentes, achando que, por serem adultos, estariam “muito distantes” para ajudar. Estudo recente, porém, mostrou que o apoio de adultos pode ser tão benéfico quanto o de colegas na hora de lidar com esse tipo de problema.

Pesquisadores da Universidade da Columbia Britânica (Canadá) entrevistaram 3.026 estudantes de 10 anos de Vancouver. A equipe analisou questões relacionadas a satisfação com a vida, autoestima, ansiedade, vitimização, bullying e níveis de depressão, e investigaram como esses fatores eram afetados pelo relacionamento das crianças com adultos e colegas.

Casos de agressão social e verbal constantes foram relatados por um em cada seis meninos e por uma em cada sete meninas. Além disso, esses problemas apresentaram um forte vínculo com baixa autoestima e baixa satisfação com a vida. Entre as crianças que tinham apoio de adultos e/ou colegas, contudo, o impacto era consideravelmente menor.

“Nossos resultados podem ajudar a promover o bem-estar de crianças em escolas e contextos comunitários, dando suporte a intervenções que, simultaneamente, estimulem habilidades sociais e reduzam a vitimização”, disseram os autores da pesquisa. “Em outras palavras, crianças precisam de mais do que ausência de fatores de risco para ter bem-estar e boa saúde mental”.[ScienceDaily]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • D.D versao 2.0:

    Pior é quando os pais acham que o filho precisa de mais “humildade” (ou eles de mais diversão) e eles mesmo humilham os filhos. Não acredita, não me importo.

    • Nara:

      Me dói no fundo da alma ver pais que optam por humilhar que amar e educar seus filhos com valores éticos e humanos.

Deixe seu comentário!