Conheça as grandes novidades do Windows Seven

Por , em 22.01.2009

Este artigo é a primeira colaboração de Grayson Boucher para o HypeScience. Sejam bonzinhos com ele e comentem aqui sobre o que pensam desta matéria.

Como já foi publicado aqui a Microsoft lançou a versão beta do Windows Seven, o sucessor do Windows Vista.

Após o Windows Vista não ter tido sucesso em substituir o Windows XP, que ainda é o sistema operacional mais usado no mundo, a Microsoft tenta se redimir com o Windows Seven (também conhecido como Windows 7), corrigindo os pontos mais criticados do seu antecessor. Algumas funcionalidades que prometem facilitar a vida do usuário também foram acrescentadas.

Como estudante de ciências da computação, eu baixei e instalei o Windows Seven para testá-lo. Vou contar como está sendo minha experiência nesses dias de uso e as novidades deste sistema operacional, para que você saiba o que esperar.

O que há de novo?

A aparência do Windows Seven é bastante similar à do Windows Vista. O processo de instalação, as janelas, o menu praticamente não sofreram alterações, e as poucas opções de temas pré instalados também não mudam a cara do sistema. A instalação foi mais rápida inclusive que a do Windows XP, e não precisei de sequer um driver da minha placa-mãe.

A diferença vem na barra de tarefas: está um pouco mais alta e os aplicativos num espaço quadrado, mostrando apenas o ícone sem nome. As janelas ficam sempre agrupadas, e quando você passa o mouse sobre o ícone, aparece uma miniatura de cada janela ou aba. Confesso que no começo achei isso um pouco confuso, mas quando você abre ao mesmo tempo 3 navegadores, MSN, editor de texto, media player, Photoshop e etc, percebe-se que este modo é realmente muito mais prático, pois cada programa ocupa menos espaço na barra de tarefas. Ponto para a Microsoft.

taskbar Windows 7
Nova barra de tarefas (Clique para ampliar)

Outra coisa interessante em relação às versões anteriores do Windows é o modo como os documentos recentes são tratados: em vez de ficarem em um único submenu, foram divididos por programa, a partir de uma seta ao lado do programa no menu principal.

documentos recentes
Documentos recentes agrupados por aplicativos (Clique para ampliar)

A pasta pessoal manteve o estilo do Vista, mas conta com algumas novas divisões. O menu esquerdo foi separado entre Favoritos e Bibliotecas, sendo agora mais fácil organizá-lo.

home folder - pasta do usuário
Pasta de arquivos de usuário (Clique para ampliar)

Além do que já foi citado, várias outras coisas receberam atenção da Microsoft: o Gerenciador de Tarefas ganhou um monitor de recursos mais detalhados, o Firewall do Windows ficou mais simples de mexer, o Paint e a Calculadora foram remodelados. Mas, infelizmente, nenhum deles chegou perto da robustez de programas profissionais de terceiros.

novo paint
Novo Paint (Clique para ampliar)

Rapidez e estabilidade

De forma geral, o sistema está com resposta mais rápida em relação ao Vista, muito estável para um beta, e a tendência é que melhore até o lançamento. A estratégia da Microsoft em deixar uma versão pública por mais tempo me agradou bastante, pois é possível testá-lo em condições reais de uso.

novo paint
A calculadora certamente será bem mais útil agora

O consumo de RAM continua sendo um problema para computadores com menos de 1Gb. Aqui, chegou a 750Mb na inicialização do sistema, com todos os recursos visuais ativados. Mas não se assuste tanto: a minha versão é de 64 bits, que chega a usar quase o dobro em relação às de 32 bits. Para efeito de comparação, o XP 64 bits, que também tenho instalado, fica próximo dos 500Mb.

Desabilitar os efeitos visuais tem pouco impacto no consumo de RAM: apenas 50Mb a menos. Contudo, a quantidade de memória RAM não é o único fator para o desempenho (nem mesmo é o mais importante), e usuários com computadores menos potentes sentirão diferença.

É o fim do Windows XP?

É muito difícil dizer se o Windows Seven tomará conta do mercado que hoje é dominado pelo Windows XP. Na minha opinião, se o fizer, levará mais tempo do que a Microsoft espera. Não são todos os computadores que estão preparados para o novo sistema operacional. A imagem de instalação do Seven tem pouco mais de 3Gb, o que já obriga o usuário a ter um leitor de DVD, além do mínimo de 1Gb de RAM e placa gráfica com 128Mb, o que nem todos possuem.

Há também a questão do preço, duvido que no lançamento saia por menos de R$400 a versão mais básica (Starter). É impossível negar, uma das coisas que fizeram o XP se difundir foi a facilidade em pirateá-lo, e muitos vão desistir do upgrade se tiverem que pagar por isso. Entre um sistema operacional antigo com todas as correções de segurança e um novo sem atualizações, recomendo o primeiro.

Enfim, mesmo se não conseguir substituir o XP com a rapidez que pretende, a Microsoft deu um passo importante para isso, corrigindo os problemas do Vista que fizeram muitos usuários voltarem ao XP. O Seven não será outra decepção.

Grayson tem 22 anos, mora em São Sebastião/RJ e é estudante de Ciências da Computação na UVA. Gosta de trilhas, fotografar a natureza e mergulho com scuba.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 4,00 de 5)

36 comentários

  • jeovan:

    eu não entendi muita coisa, mas eu achei legal rsrsrsr

  • Vitor:

    Esqueçeram também outra caracteristica. O windows 7 foi desenvolvido pela Microsoft para obter mais resultados a jogos de computador, com graficos que da ao usuario uma visão 3D dos jogos MMO,RPG,FPS(Priston tale,Combat arms,Ragnarok,Perfect world ,Grand chase,etc…)E com certeza o usuario terá mais estabilidade e volocidade na hora de jogar. XD

  • Maristela:

    Matéria objetiva e muito explicativa para alguém que precisa saber das novidades o W7 e é usuária de XP.
    Obrigada pela colaboração.

    Sucesso.

  • Jordana:

    Olá! Gostaria de parabenizar pelo artigo. Ficou muito bacana. Com uma linguagem simples e objetiva. Acabo de ganhar um notebook e ele veio instalado o vista. Apesar de ser leiga no assunto senti muita diferença e dificuldade para me adaptar ao vista, além de escutar diversas pessoas me dizendo que o vista pesava demais meu notebook. Resolvi trocar para o xp, por outros motivos o rapaz que mudou meu notbook acabou instalando o seven e eu fiquei com medo de ser tão pesado quanto o vista. Meu pc é de 2,0 GB, e eu só uso os programas mais básicos: excell, word, internet e skype. Qual a sua opinião: você acha melhor eu deixar o seven ou trocar para o xp?
    Jordana

  • Orlando Rios:

    A principal coisa que fez o XP se difundir foi a facilidade em pirateá-lo. Acho que a Microsoft deveria baixar preços, vender mais e alcançar mais usuarios. Se ela não fizer isto perderá terreno e será alcançada até pelo SO do Google.

  • Godinho:

    Bom artigo Grayson, mas tenho de concordar com os pontos da Alisson.

    1 – DVD já é praticamente artigo presente em todos os PCs. E até o natal de 2009 isto já será realidade. Palavra dos fabricantes. Os únicos produtos que não terão esse tipo de equipamento serão aqueles na linha dos netbooks ou notebooks com menos de nove polegadas de tela.

    2 – Senti uma certa teimosia sua aqui e acabou dizendo algo estranho. Não, o Starter não está incluído no custo, nem pode ser vendido separadamente. É um produto criado para uma estratégia específica da Microsoft. Sorry.

    3 – Neste ponto você está certo, óbvio. Ela não entendeu o ponto.

  • Júlio:

    Recentemente a Microsoft fechou um acordo com a RedHat (Linux). Será que eles vão precisar de uma mão do pessoal do Linux para lançar o WindowsSete?

  • Gray:

    Alisson

    1- Leitor de DVD realmente barateou bastante, dificilmente vc verá alguem de classe média como eu e (provavelmente) você que não possua um… Mas estou falando de pessoas de mais baixa renda. Além disso, o Ubuntu que é umas das distros Linux mais usadas, tem versão em CD e em DVD.

    2- O Starter é vendido sim, quando se compra um PC com ele pré-instalado (instalação OEM), o preço está incluído no custo. Mas também é possível comprá-lo separadamente.

    3- Ao contrário, quando se muda muitas coisas, como num novo sistema operacional, é que se tem mais chances de aparecerem novos bugs. No caso do XP, que está rodando há anos, a maioria deles já vieram à tona, e foram corrigidos.

  • Alisson:

    Gostaria de comentar sobre 3 coisas que discordei no artigo:

    1 – “… O que já obriga o usuário a ter um leitor de DVD…” – Nessa linha, está parecendo uma crítica, como se DVD fosse algo novo e caro, pois o usuário que chegar a instalar o Windows 7 no seu computador, no MÍNIMO deve ter um leitor de DVD já que até mesmo DVD está ficando defasado portanto isso é de longe um problema. Até mesmo os outro itens mencionado como memória RAM e memória gráfica atualmente já são bastante acessíveis, e no lançamento do Seven estarão ainda mais acessíveis!

    2 – A questão do preço onde cita a versão mais básica – Starter por R$400,00 deve haver algum engano pois versões Starter até onde vai meu conhecimento NÃO SÃO PAGAS, vem junto instalado em um PC novo – A não ser que você tenha errado ao mencionar que a versão mais básica paga seria o Starter… A versão mais básica paga seria a Home Basic. Porém, se realmente no Windows 7 tivermos que pagar pela Starter obviamente não compensa pois seremos limitados à 3 programas abertos simultâneamente e a diferença de preço para o Home Basic não deverá ser muito grande.

    3 – Na linha “Entre um sistema operacional antigo com todas as correções de segurança e um novo sem atualizações, recomendo o primeiro.” Está totalmente equivocado! Oras, um sistema novo obviamente JÁ está atualizado, como deveria lançar atualizações pra um sistema recém-lançado??? Um sistema antigo com atualizações É um sistema antigo. Um sistema novo sem atualização É um sistema novo!

    Tirando esses detalhes, o artigo está muito bom! Parabéns 😉

  • Gray:

    Paloma,
    2Gb é mais que suficiente para rodar o Seven, mas lembre-se que também precisa de uma placa gráfica com 128Mb, principalmente se for rodar alguns efeitos visuais.

  • paloma rodrigues:

    Bom dia Grayson eu tenho um computador de 2G de memoria sera que consiguo instalar o windows seven pelo que eu li sobre ele no seu artigo parece que ele pode revolucionar a vida de quem precisa usar mais de uma janela como e o meu caso por que faco tecnico em informatica pretendo fazer uma faculdade de engenharia ou ciencia da computacao mas ainda estou em duvida em relacao a esse ponto de vista meu .Parabens pelo artigo e publique mas novidades …

  • wayner:

    Ok Gray, vamos aguardar pra ver se melhora alguma coisa.
    Abraços

  • Gray:

    Wayner,
    Não vejo porque a Microsoft deixaria de adicionar um driver se este estivesse pronto para o Seven. Justamente por sua placa-mãe ser nova, talvez ainda esteja em desenvolvimento.

  • wayner:

    Ok Gray, mas minha maquina é super nova, e deu este problema. Tenho outro maquina que é um AMD Atlon XP 3000+ que rolou numa boa. Na resposta do meu feedback a Microsoft informou que por ser uma versão beta ele vem mais leve e quase nenhum drive acompanha o Seven. Grande abraço, e mais uma vez parabéns pelo artigo, pelos posts da pra ver que muitos gostaram.

  • Gray:

    Wayner,
    Aqui reconheceu tudo durante a instalação, acho ótimo que a Microsoft esteja interessada em adicionar mais drivers por padrão. Talvez alguns fabricantes tenham mais contato com a Microsoft, e isto influencie nos drivers adicionados.

    No seu caso, acho que seja pelo fato de ser beta mesmo, pois a Intel e a Microsoft inclusive já desenvolveram tecnologia juntas

    Minha placa é a Gigabyte GA-EP45-DS3R, proc. Q6600 @ 3.2Ghz

  • eEUcomISSO [Tassio Bruno]:

    Sem duvida como disse alguns manos acima, ta a cara do Linux.
    assustador!!!

  • WAYNER:

    Ola Grayson, parabens pelo artigo, tb estou testanto o Seven, mas não tive a mesma sorte que vc. Minha maquina: Placa Mãe Intel mod: DG33BU com prcesador Core Quad de 3.0 MHz, Ele não deixou instalar nenhum driver da placa mãe. Mandei um feedback para Microsoft, eles informaram que versão beta não aceita alguns drivers de placa mãe.

  • Hellano:

    Belo artigo, Rapaz!

    Continue assim, muito bom mesmo!!

    Ele foi o primeiro que me fez despertar curiosidade de leitura para me inteirar no assunto W7… E olha que sou meio nerd no quesito tech… Rssss

  • Gray:

    Socrates,
    Também não acho que o XP deixará de ser usado tão cedo. Mas ganhará aqueles que não mudaram pro Vista pelos problemas, e não por hardware fraco/incompatível.

  • Gray:

    León e Letícia
    Obrigado, tentei fazer um artigo voltado para leigos pois acredito que há bastante bons artigos técnicos, mas que pouco interessam os usuários finais.

    Nuno e Vinicius
    O Windows Seven é mesmo feito para ser parecido com o Vista, mas sem a maioria dos seus problemas, e mais rápido.

    Mateine
    Obrigado. Nao creio que o preço será baixo, afinal a Microsoft precisa recuperar o fracasso que foi o Vista.

  • Gray:

    Rilda,
    Você não precisa desinstalar o XP para instalar o Seven, eu mesmo tenho Sidux, Ubuntu e Slackware (3 distros Linux), XP e Seven. Para isso, procure sobre como particionar o HD (eu, particularmente, gosto do programa Gparted, do Linux, e pode usá-lo em Live CD). Lembre-se de fazer backup antes de particionar, pois existe risco de perder dados.

    Dsuisso,
    Não vale a pena instalá-lo como versão final, primeiro pelo risco de bugs e segundo porque a chave vence em agosto, sendo necessário reinstalá-lo.

  • Gray:

    Puxa, obrigado pelos comentários, siceramente não esperava tantos!

    Vou tentar responder a todos

    Gabriel,
    Um dos problemas pelo qual o Vista foi muito criticado, foi justamente em relação a drivers. No Seven, eles prometeram que muito foi melhorado. Obviamente, não pude testar em diversos computadores, mas consegui instalar drivers de aparelhos que não funcionavam no Vista.

    Neil,
    Concordo, mas tanto Mac quanto Linux também já pegaram idéias do Windows. Acho isso normal, que as boas invenções sejam reaproveitadas e modificadas para se tornarem ainda melhor.

  • Jhonatan:

    Gray, boa matéria, só coloca uma faixa mais forte em cima do teu e-mail, que ainda dá pra ver…

    To baixando o Seven e espero poder testá-lo logo

  • Socrates:

    O Windows Xp possui todas as funções que a maioria dos usuarios precisam.
    No meu ver,o Windows Xp não vai sair tão cedo da maioria dos computadores mundiais.
    È como esperar que uma criança queira se tornar adulta!

  • Vinicius Pinto:

    Cara…
    mtuuu bom seu artigo !!!!!^^
    e esse windows 7 promete hein ????
    ainda + para mim q jah gostava do vista mesmo com todos os problemas 😛
    parabens pelo seu primeiro artigo e sucesso!!!!!

  • Letícia:

    obrigada pelo artigo! As vezes é dificil entender tudo o que outras pessoas “destrincham” em seus artigos, principalmente quando utilizam muitos termos técnicos. aí nós q gostamos de informática, mas somos ainda leigos penamos um pouco..

    enfim, gostei muito do artigo e arriscaria dizer q pode fazer mais outros…

  • Mateine:

    Valeu, filho do Gray.

    Parabéns pela iniciativa. Espero realmente que a MS acerte dessa vez e ponha preços que desestimule à pirataria.

    Sucesso em seus estudos e continue enviando novidades do mundo da tecnologia pra gente.

    Abraço,

  • Nuno Cerqueira:

    Hmmm… Parece-me um Vista com pequenas alterações… Vou experimentar e depois comento novamente… Fica no entanto, o agradecimento pela tua análise, abraço Grayson…

  • Rodrigo Dacol:

    Ainda prefiro Linux!

    Tá com a cara do Linux com KDE4 (2)

  • León:

    Ficou muito legal, tirou bastande dúvidas que eu tinha

  • Dsuisso:

    Boa matéria,
    Vou esperar um pouco até que esteja estavel para poder instalar.. atualmente uso o Vista.. e já estou pensando em voltar pro XP

  • Rilda:

    Grayson, parabéns pela matéria. Simples e fácil para se compreender. Tenho instalado o windows XP em casa, e meu computador está configurado com o suficiente para receber o 7, de acordo a suas descrições acima. Como sou leiga no assunto, gostaria de saber se, caso deseje instalar o 7 em meu computador, terei que desinstalar o XP.

  • Neil:

    Bem, também sou usuário do Gnome e havia notado essa semelhança nas prmeiras fotos que haviam saido do Windows Seven.
    O pŕoprio Vista ja havia pegado muita coisa dos Linux, pra se ter ideia, os principais efeitos visuais do Vista foram baseados nos do Mac, que por sua vez foi baseado nas ideias do Berly.
    Bem, é de se esperar que dentro de alguns anos os Windows alcancem a qualidade dos sistemas operacionais concorrentes.

    Obs: Também testei o Windows Seven, rodou BEM mais rapido que o Windows Vista, tenho que dar os parabens à M$ por isso.

  • gabriel:

    Parabéns, ficou legal a matéria…

    espero que ele reconheça placas mais antigas de som e de captura de vídeo…

    pois o Vista é uma dificuldade para achar esses drivers…

  • Gray:

    Julio, obrigado pelo comentário!

    Preferi não fazer comparações com outros sistemas operacionais pela polêmica que isso gera, mas como usuário do Gnome, não havia percebido a semelhança

    De qualquer forma, a interface segue o padrão do Vista, que foi lançado 1 ano antes do KDE4

  • JULIO:

    Nossa! Tá com a cara do Linux com KDE 4

Deixe seu comentário!