Dê uma boa olhada em alguns dos assassinos mais perigosos do mundo

Por , em 31.03.2013

Uma nova ferramenta incrível permite a pesquisadores ver as coisas de uma maneira totalmente inédita: o microscópio DeltaVision OMX Blaze foi projetado para ver profundamente células e mostrar exatamente como doenças trabalham.

Ele utiliza uma combinação de óptica e algoritmos de computadores poderosos para atravessar a barreira da difração, pensada como o limite para a resolução dos microscópios ópticos, já que impede a distinção entre dois objetos separados por menos do que cerca de metade do comprimento de onda da luz utilizada para focá-los.

A nova técnica, chamada de microscopia de iluminação estruturada 3D, mais do que duplica a resolução em todas as três dimensões. O resultado é que o OMX pode ver objetos tão pequenos quanto 100 nanômetros, 10 vezes menor que um germe típico.

Cientistas observaram certos itens malignos com essa tecnologia, como células cancerosas e vírus como o HIV. Também observaram algumas partes do corpo humano. Veja imagens dessas coisas microscópicas com o maior detalhe possível atualmente:

Câncer

1

Essa imagem mostra uma célula epitelial cancerosa em metáfase. Foi vencedora do Concurso de Imagem Life Sciences da GE em 2012, e vai ser exibido em um grande outdoor na Times Square (Nova York, EUA) como prêmio.

Célula Caco-2

2

Estas células epiteliais intestinais Caco-2 são derivadas de células cancerosas do cólon e estão ajudando os pesquisadores a criar novas formas de aplicar medicamentos no interior do corpo humano.

Células do ouvido

3

Esta faixa curiosa de pontos vermelhos na verdade é um conjunto de células do ouvido que nos ajudam a detectar o som.

Câncer neurológico

4

Esta imagem bonita e colorida mostra um câncer do tipo neurológico. As diferentes cores são elementos diferentes: azul representa DNA, roxo actina, e assim por diante.

HIV

5

Essa imagem trata do vírus HIV, que causa Aids. As diferentes cores apontam seus diferentes elementos: núcleos são azuis, estromas são verdes, células CD4+ são vermelhas.

Câncer/levedura

6

Estes pontos representam câncer. “Levedura expressando proteínas de fusão fluorescentes marcam nucléolos (vermelho), centrômeros (amarelo) e o envelope nuclear e membrana plasmática (ciano)”, diz a GE, fabricante do OMX.[POPSCI]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Lais Oliveira:

    “Células do ouvido” Assassinos mais perigosos do mundo??

    • Wesley Nathan Medeiros Sa:

      tambem nao entendi.

  • Hermínio Neto:

    a tradução do último parágrafo ficou confusa

  • Sergio Cemin:

    Continuo não entendendo nada, teria que ver em ação.

Deixe seu comentário!