Descubra o que o Telescópio Espacial Hubble viu no seu aniversário

Por , em 20.04.2020

O que o Telescópio Espacial Hubble estava fotografando no dia do seu aniversário? Pode ser um aglomerado de estrelas, uma tempestade de poeira em Marte ou auroras no polo norte de Júpiter.

Descobrir é muito fácil: para celebrar o 30° aniversário do telescópio, a NASA lançou um site que te mostra qual fotografia o Hubble fez no céu em todas as datas de um ano.

A imagem não necessariamente corresponde ao ano em que você nasceu – o clique pode ter sido feito em qualquer época do funcionamento do telescópio, cuja inauguração ocorreu em 1990.

De qualquer forma, pode ser que no seu aniversário de 20 anos, o Hubble estivesse fotografando o campo ultra profundo (uma pequena região do espaço na constelação de Fornax), incluindo observações infravermelhas que permitiram que o telescópio olhasse mais fundo no universo do que nunca.

Este é pelo o meu caso – a imagem no topo deste artigo corresponde à data do meu aniversário, 30 de agosto, e foi tirada em 2009. Os objetos mais fracos e mais vermelhos representam galáxias que se formaram 600 milhões de anos após o Big Bang.

Veja o seu

Para descobrir o que o Hubble viu no seu aniversário, clique aqui e acesse o site da NASA. Selecione primeiro o ano (“January” é “janeiro” e assim por diante) e em seguida o dia.

A imagem que surgirá representa um clique do telescópio na data de alguma celebração anual sua. Infelizmente, a legenda só está disponível em inglês.

Por exemplo, a imagem abaixo corresponde ao dia de hoje – 20 de abril – e foi feita em 2008. É um clique infravermelho do centro de nossa galáxia, revelando uma população de estrelas massivas e estruturas complexas no gás ionizado quente em torno do núcleo galáctico.

Hubble: histórico

O Hubble foi lançado em órbita em 24 de abril de 1990. Desde então, tem explorado o espaço a cada hora de cada dia, enriquecendo nossa compreensão do cosmos.

A ideia para tal telescópio foi concebida pela primeira vez em 1946, pelo astrofísico da Universidade de Yale (EUA) Lyman Spitzer Jr. O cientista publicou um artigo sobre as possíveis vantagens de um “grande telescópio espacial” para ajudar os astrônomos a estudarem as galáxias.  

O projeto de um telescópio que os astronautas pudessem atualizar periodicamente foi iniciado na década de 1970. No entanto, somente na década de 1990 o objeto, nomeado em homenagem ao astrônomo Edwin Hubble – que provou a existência de outras galáxias além da Via Láctea -, foi finalmente enviado ao espaço. [MentalFloss]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

1 comentário

Deixe seu comentário!