Estudantes americanos descobrem nova espécie de sanguessuga

Por , em 5.05.2011

Você pode pensar numa cadela cuidando de seus filhotes, ou até numa porca dando de mamar para uma fila de porquinhos, e achar tudo isso bem normal e fofinho. Mas e as sanguessugas? Elas não fazem geralmente o tipo “mamãe”, mas acontece que elas também cuidam de suas crias.

A foto acima mostra uma espécie norte-americana recém-identificada de sanguessuga, Placobdella kwetlumye, com ovos (amarelos) ligados à parte ventral do seu corpo. A espécie foi descoberta por dois estudantes de graduação americanos, Alejandro Oceguera-Figueroa e Sebastian Kvist.

Os estudantes afirmam que a característica distintiva da espécie é seu único par de glândulas salivares compactas, ao invés de normalmente dois. Os pesquisadores escolheram o nome kwetlumye em homenagem a língua americana nativa Nlaka’pamux, que já foi falada na área de Washington, EUA, onde a sanguessuga foi descoberta (“kwetlumye” significa sanguessuga).

Como todas as sanguessugas, a P. kwetlumye é hermafrodita, o que significa que os indivíduos são ao mesmo tempo do sexo masculino e feminino.

A sanguessuga carrega os ovos em seu ventre até que eles choquem. Quando eles eclodem, os filhotes “grudam” na sanguessuga, que os leva para sua primeira refeição de sangue.

A comida preferida da P. kwetlumye é tipicamente sangue de tartarugas, sapos, pássaros aquáticos e anfíbios, como salamandras. Porém, ela não vai dizer não a uma boa refeição de sangue humano. Alejandro recolheu as sanguessugas colocando sua mão na água rasa e pegando as que grudaram nele, um método de coleta comum. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • alice:

    aqui no brasil tem as maiores sanguessugas do mundo, adivinhem onde???

    • taelesym:

      Pior que os daqui não servem para nada só sabem sugar mesmo….

  • elisandro:

    matéria interessante devemos sempre estar bem informados para sempre estar evoluidos mentalmente falando

  • José Calasans:

    Interessante,que,as sanguessugas já foram muito utilizadas na medicina,e em alguns lugares elas são ainda empregadas para dissolver trombos.

  • Dr. Laboceta:

    Deveriam informar se existem em abundancia no planeta este sangue suga… ou é coisa rara?

Deixe seu comentário!