Exoesqueleto faz paraplégico andar, assista

Por , em 22.07.2008

Uma das áreas mais interessantes da tecnologia que transforma coisas da ficção científica para a realidade prática são os exoesqueletos. Abaixo está um vídeo deste incrível dispositivo, chamado ReWalk, em ação; um modelo médico que permitiu um homem tetraplégico a andar pela primeira vez em vinte anos.

rewalk exoesqueleto

Ele tem uma porção de braçadeiras e um suporte com motores elétricos nas juntas, baterias recarregáveis, um conjunto de sensores e um sistema de controle computadorizado. Ele se ajusta ao corpo para detectar os movimentos do tronco, que são usados para iniciar e manter o processo de caminhar. Os usuários utilizam muletas para estabilidade e segurança.

O usuário do filme é Radi Kioff, um ex-soldado israelense que levou um tiro nas costas ao servir na primeira Guerra do Líbano.

O exoesqueleto ainda está em desenvolvimento e entrará em testes clínicos nos EUA. Se um dos primeiros modelos podem fazer isso imagine o que será possível fazer em dez anos com esta tecnologia? Super-heróis tetraplégicos? [Medgadget, Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,33 de 5)

26 comentários

  • Diário Tecnologico – Você Informado em Tempo Real Tetraplégica ganha um braço robótico controlado por sua mente | Diário Tecnologico – Você Informado em Tempo Real:

    […] Exoesqueleto faz paraplégico andar, assista […]

  • vânia:

    tenho uma amiga,que sofreu um acidente de carro e ficou tetraplegica,a tres meses;Uma pergunta minha ela esta sentindo calor no corpo reclama para nos que seu corpo pega fogo; O medico disse que é um bom sinal de que a medula dela esta reagindo,ela so sente do seios para cima mas nao mexe o braço:
    queria saber se ela tem chance de melhoras ela tem 24 anos um abraço.
    por favor me mande resposta

    • Iran Silva:

      Se esse calor fosse a medula regenerando eu já estava andando normal, tenho 3 anos e 4 meses de tetraplegia e até hoje sinto um calor e um formigamento terrível no corpo. Só melhorou um pouco com ajuda de remédios. Fui operado de descompressão medular da cervical com prótese em C3C4C5.

    • manoel Lins:

      sou paraplégico das pernas pra baixo só sinto formigamentos e câimbras terríveis pouquíssimo movimento faço com a perna esquerda e até hoje quase 4 anos não recuperei meus movimentos tem coisas que estar além da medicina humana e devemos recorrer assiduamente naquele que há inventou DEUS todo poderoso, confia nele tão somente e se for da vontade dele tudo e possível 1 coisa nunca devemos perder a FÉ e a esperança ela só deve acabar quando nós morremos enquanto a vida há esperança pra tudo mais devemos buscar resposta em DEUS exclusivamente sem questionar e sempre nos lembrar que JESUS CRISTO perfeito e ainda sofreu até a morte sem dever nada por causa de todos nós..

  • EDUARDA:

    COMO SERA QUE ESSAS PESSOAS VIVEM

  • samara felix:

    é possível sim um tetraplégico voltar a “andar” e até mesmo um cego voltar a “ver” graças às invenções que possam “acordar”
    certas funções “adormecidas” no cérebro!Não é milagre e sim
    tecnologia!O futuro está próximo!Graças a Deus!

  • carla carvalho:

    trabalho com tetras e paras tenho doentes enteresados no aparelho e possivel miis emformações agradeço .
    pelo telemovel 913561389

  • leninha:

    eu tenho HC e sou uma pessoa normal tenho todos os movimentos mas não ando ao decorrer do dia eu andarei e correrei.
    obrigada

  • Mister_F:

    bem mas isso ja esta disponivel ? quanto custa?
    algem tem alguma informação?

  • eliane:

    RICARDO em 23.07.2008
    Ricardo, vi o seu comentário acima e gostaria muito de trocar mais informações com você.
    pode me contatar pelo e-mail elipss@gmail.com
    obrigada. Eliane

  • eliane:

    gostei muito desta matéria, e meu pai sofreu um acidente de trabalho e lesionou a coluna cervical em c6 e c7 e eu gostaria muito de saber se alguém conhece sobre este tema aqui no Brasil e se há algum lugar que posso contatar para ter maiores informações.

  • Terapeuta Ocupacional:

    Ok. vc tem razão quanto ao termo utilizado (paras e tetras). Mas há um erro grave na sua descrição. tetraplégicos podem mover os braços sim ! O que vai definir a musculatura chave é o nível da lesão ! Se o cara tem uma lesão torácica ou sacral ele será um paraplégico porém se for uma lesão cervical, ele será um tetraplégico. Os tetraplégicos tem diferentes níveis de acometimento, ou seja, qq tipo de dificuldade em MMSS ele terá uma tetraplegia, ou seja, se ele tiver apenas uma dificuldade de abduzir o quinto dedo da mão (o famoso dedinho) ele será um tetraplégico. O que vai definir isso é o nível da lesão (C4- comprometimento de musculatura de todo braço e só o movimento da cebeça será preservado, C5- só funciona bíceps e deltóide, C6- tem preservado bíceps, deltóide, e extensores de punho (radil do carpo), C7- o cara tem tudo cima e mais o tríceps,,, e aasim por diante !!! Cuidado para falar que pessoas com tetraplegia só tem o movimento da cebeça… isso é inexistente !

    Quanto ao vídeo, com certeza absoluta o cara é um para !

    • manoel Lins:

      sou para t 11 12 vale salientar pessoal q esse aparelho ele não funciona para tetraplégico devido a eles não terem impulso da cintura para cima, hoje ele só funciona para quem é paraplégico, mais com a evolução tudo vai melhorar para todos nos e o mais breve possível sem duvidas os que tem lesões mais complexas deverão ter 1 esperança maior, e obvio que o valor desse aparelho seja acessível para todos nós tudo indica que o valor do mesmo hoje custe acima de 30 mil reais que para mim é impossível sonhar com ele ainda..

  • Guilherme:

    Poxa cesar,sua historia me comoveu

    Fica frio cara,o mundo ta evoluindo muito rapido,em breve vão inventar algo ^^

  • CÉSAR PONTARA:

    SOFRI AVC EM FEV/1999, FIQUEI LESADO DA PERNA E POUCA COISA DO BRAÇO (ESQUERDOS). O MEU PROBLEMA MAIOR É A MARCHA QUE TEM O SEGUINTE LAUDO: HEMIPARESIA ESQUERDA E HIPERTONIA DISCUTÍVEL.
    A PONTA DO MEU PÉ ESTÁ CAÍDA AGORA, (O QUE JÁ PODE SER REMEDIADO PARCIALMENTE COM APÓIO ANTI-EQÜINO), MAS AINDA QUANDO ESTOU DE PÉ A FORÇA PARA CAMINHAR É BASTANTE REDUZIDA, (ME CANSO EXTREMAMENTE FÁCIL), DIFICULTA MUITO A MINHA MARCHA.
    FAÇO USO PERIÓDICO DA TOXINA BOTULÍNICA.
    CLARO QUE NO MEU CASO NÃO PRECISARIA DE 1/4 DESSE APARELHO TODO, PORÉM SERIA POSSÍVEL ADAPTAR UM APARELHO A PARTIR DESSE, QUE MELHORASSE MINHA QUALIDADE DE VIDA? E TAMBÉM DE OUTROS CASOS COMO O MEU?
    SOMENTE ALGUÉM QUE SE ENCONTRA EM SITUAÇÃO SIMILAR A NOSSA QUE PODERIA SE PREOCUPAR EM CRIAR TAL APARELHO.
    QUE O DEUS DE ISRAEL CONTINUE ABENÇOANDO A VIDA DESSE ENGENHEIRO E LHE PROLONGUE OS DIAS SOBRE A FACE DA TERRA.

  • bier:

    parabems voces tem otimas materias
    isto e que e civilisação usar a tecnologia para o bem estar do ser humano
    e não para as guerras

  • Vitor:

    Imagine combinar essa tecnologia com aquela da matéria em que um homem movia a mão da mulher com o pensamento?

  • Wsampa:

    COISA BOA É QUEM TEM DINHEIRO… QUANDO É POBRE TEM QUE SE ARRASTAR SE QUIZER IR EM ALGUM LUGAR…

  • william haddad:

    eu particularmente sempre escrevo para muitos tópicos postados no UEBÁ para tirar um barato com as coisas inusitadas que aqui leio ou vejo seja algo bizaro ou engraçada mas ao ler e ver este matéria meus olhos se encheram de lágrimas pois desde pequeno sempre tive muito compaixão por pessoas com deficiências até mesmo por que eu sempre fui muito expevitado e brincalhão eu me compadêcia de meus amigos vítimas da pólio ou qq outra enfermidade que os impossibilitavam de correr ou brincar como eu e meus amigos….
    ao ver esta matéria pude me alegrar em ver meu semelhante se locomover sem a cadeira de rodas eu realmente espero que daqui 10…20… anos se eu estiver ainda neste plano matérial ter notícias como esta que vi agora…..
    Deus permita pois andar livremente mesmo com um exoesqueleto, podendo dirigir se sentar ou ANDAR é uma dádiva de Deus somada ao esforço da tecnologia humana este sim é o planeta que nosso CRIADOR quer para seus filhos…que nos ajudemos e creçamos com amor e respeito aos nossos irmãos. FIQUEM NA PAZ……

  • Gustavo:

    E vida longa aos engenheiros mecânicos !!!

  • RICARDO:

    UMA EXCELENTE INVENÇÃO QUE PODE TRAZER A VÁRIOS DEFICIENTES UMA INDEPENDÊNCIA FANTÁSTICA, PORÉM CONTRARIANDO ALGUMAS RESPOSTAS A RESPEITO DE TETRAPLEGIA, PODE ATÉ SER QUE A PESSOA EM QUESTÃO NÃO SEJA UM TETRAPLÉGICO, MAS UM TETRA PODE EXECUTAR VÁRIAS COISAS E NÃO SOMENTE FICAR IMÓVEL, EU SOU TETRA COM LESÃO NA CERVICAL 6 E 7 E SOU QUASE TOTALMENTE INDEPENDENTE.
    RICARDO

  • lhca:

    Dentro da medicina, na propedêutica neurológica, usamos o termo “plegia” para designar q algum grupo de músculos está paralisado (com força 0), então dizemos paraplegia p pessoas que perderam o mov das pernas ou hemiplagia p quem perdeu o movimento de um lado do corpo, ou ainda plegia de membro superior esquerdo e assim por diante.
    Quando queremos designar diminuição da força (mas não ausência de movimento) dizemos “paresia”, então paraparesia, hemiparesia, etc.
    De fato existem algumas pessoas que perdem o movimento de alguns, mas não de todos, os músculos dos braços após acidentes, isso depende do nível da fratura. Quanto mais alta pior, logicamente. Agora geralmente as lesões de coluna cervicais são bastante graves e comprometem seriamente (mesmo q não em totalidade) a movimentação dos membros superiores. Esses pctes acabam por receber o “título” de tetraplégicos. Mas para falar a verdade, entre médicos, geralmente dizemos: “tal pcte tem uma lesão em nível de C5 ou C4” etc.
    Agora, de qquer forma a pessoa do vídeo é paraplégica, não tetraplégica.
    😉

  • admin:

    Parece que a máquina se move por comando das mãos. Não pode ser considerado tetraplegia se foi perdido movimento parcial nos braços, ou se apenas foi mantido algum movimento nas mãos?

    Etimologia: gr. paraplégía,as ‘paralisia parcial ou leve’ (Houaiss)

  • Lhca:

    Paraplégico, faz paraplégico voltar a andar, se fosse tetraplégico não moveria os braços tb…
    Muito, muito interessante, ótima matéria.
    Imagine só como será daqui há alguns anos…

  • Jp:

    Bem legal. Realmente ajudaria muitas pessoas.

  • Toneto:

    Bom, a experiência parece de fato promissora.
    Mas há um erro na edição. Tetraplégicos não conseguem segurar muletas. O cara das imagens é paraplégico. O termo tetra (quatro) é característico das pessoas que sofreram lesões a partir da cervical (pescoço).
    Os paraplégicos conseguem tocar, comer, impulsionar cadeiras de rodas e todas as atividades normais feitas com as mãos. Já o tetraplégico só consegue em raros casos mover a cabeça, o resto do corpo fica totalmente paralisado.

Deixe seu comentário!