Genoma inteiro de população humana extinta é reconstruído

Por , em 8.02.2012

Uma realização impressionante foi alcançada por cientistas recentemente: eles conseguiram reconstruir o genoma de uma população humana extinta a partir de um osso de 30.000 anos do dedo de um individuo.

E mais: essa reconstrução contém menos erros do que genomas gerados usando amostras de pessoas vivas.

De quem é esse genoma?

O genoma é de um grupo extinto de hominídeos chamados Denisovans. Fósseis dos Denisovans, parentes próximos dos Neandertais, foram descobertos na Sibéria em 2008.

Um projeto para reconstruir os cromossomos desse grupo foi lançado em 2010 na Alemanha, que revelou que os Denisovans haviam cruzado com os humanos modernos. No entanto, cada posição no genoma foi lida apenas duas vezes, de modo que detalhes não eram confiáveis.

Agora, o novo mapeamento cobre cada posição 30 vezes. Os cientistas planejam usá-lo para estimar a quantidade de variação genética presente entre os Denisovans, revelando talvez por que eles foram extintos.[NewScientist]

Leia mais sobre esse tema em:

 

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • margaret:

    Se forem reconstituídos todos os genomas de todas as raças “humanas” extintas, iremos descobrir que a que restou, a
    nossa, é mais mortal, mais fraca, menos sábia, e mais fácil
    de domesticar… Por isso as outras raças foram extintas….

  • Elton:

    Creio que deve ser usado para nos aperfeiçoar…

  • Paulo Eduardo:

    Deve ser estranho e ao mesmo tempo impressionante cruzar com um ser humano menos evoluido!! parabéns pelo genoma!!

  • drew:

    Creio que a imagem acima seja apenas uma suposição da aparência deles,pois não sei como é possível criar a face dele atravez do dedo.No entanto que o cara é feio é…

  • Roberto:

    De tempos em tempos mais uma espécie humana é descoberta e isso leva só a uma certeza: o homo sapiens é derivado de várias raças. Vários Adãos e várias Evas. Mas esse cara da foto acima sabia ser feio…

Deixe seu comentário!