Girafa “invisível” ganha prêmio de Ciência como Arte

Por , em 5.06.2012

Ciência e arte combinam? Sim, se você usar um microscópio potente, Photoshop e imaginação. Foi com essas ferramentas que o estudante Shaahin Amini, da Universidade da Califórnia (EUA), criou a réplica de uma girafa de apenas 0,05 milímetros.

O estudante de engenharia se surpreendeu quando ampliou uma mistura de níquel, alumínio e carbono com um microscópio de alta potência e viu o que parecia ser uma minúscula girafa. Ele usou Photoshop para colorir a imagem que surgiu por acidente e inscreveu o vídeo – que você confere abaixo – na competição Science as Art 2012 (em português, Ciência como Arte), que premia as melhores artes científicas do mundo.

A girafa minúscula é tão graciosa e inusitada que venceu a competição. “Olhar através do microscópio te dá a oportunidade de se separar desse mundo. Momentaneamente, vivemos em um paraíso em que a beleza microscópica pode ser encontrada em lugares inesperados”, disse Amini.

Se você se interessou pela arte microscópica e natural, confira também essa belíssima galeria de insetos fotografados em macrofotografia e os vencedores da competição Olympus BioScapes 2011.

Confira aqui os outros vencedores do Ciência como Arte. [Life’s Little Mysteries/The Huffington Post/Bits of Science]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

Deixe seu comentário!