Humanos com cauda, galinhas com dentes: conheça o atavismo

Por , em 18.03.2014

Você não deve conhecer muitos humanos com cauda, mas eles existem, assim como galinhas com dentes e outros animais com características bastante inusitadas.

Embora todo mundo saiba que galinhas não têm dentes (não normalmente, pelo menos), os tecidos que desenvolvem dentição continuam a manter sua capacidade nessas aves – apesar delas terem perdido as estruturas dentárias entre 60 e 80 milhões de anos atrás.

Graças a essa genética muito antiga, galinhas podem ter dentes, ainda que esse evento seja raríssimo – e um pouco assustador, não é?

rare-chicken-16109

Esse fenômeno é um exemplo de atavismo, quando uma característica ancestral aparece em um organismo depois de várias gerações de ausência. Durante a evolução, algumas estruturas perdem ou modificam sua funcionalidade, tornando-se vestigiais, e podem desaparecer entre as gerações de uma espécie em milhões de anos.

O atavismo também pode acontecer com humanos, com o aparecimento de uma cauda, por exemplo. Sabe o cóccix, aquele ossinho da parte inferior da coluna vertebral? Ele é um vestígio da cauda dos ancestrais de nossa espécie.

Talvez você não saiba, mas todos os seres humanos têm cauda por um período de quatro semanas durante a formação do embrião. Devido a um defeito estrutural, alguns bebês humanos nascem realmente com a cauda, o que é um acontecimento raro, e sempre muito mediático.

Outros exemplos de atavismo encontrados na natureza são cobras com patas, ou, mais inacreditável, uma baleia com pernas. [Nature/How Stuff Works/OMG Facts/Atavismo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 4,63 de 5)

16 comentários

  • Bruno Dias:

    kkkkkkkkkkk essa foto do galo com dentes eh genial ahuuahuhauhahua

  • Carlos Lásaro Carnei:

    Este é o mundo onde reside a Senhora loucura e, ela debocha da razão e do real.

  • EDSON_HYPE:

    Gansos também têm serrilhas nos dentes. Se alguns criacionistas se sentirem derrotados por essas coisas, sinto pena deles, pois eu desenvolvo softwares altamente complexos e sei que não dá para criar órgãos e funções sem uma Mente por trás, sem Algo Pensante, seja ele o que for. No meu caso, eu sei O Que É, mas não quero entrar no âmbito da religião diretamente. É uma guerra sem fim entre céticos e teístas. Cada um escolhe o que lhe parece mais lógico.

    • Cesar Grossmann:

      Edson, já notei que os criacionistas precisam mutilar a teoria da evolução para poder rejeitar a mesma. Uma das alegações é que se trata de “adaptação prevista no DNA”. Isto é bobagem. Evolução é “descendência com modificação”. Se ocorreu modificação genética, e esta modificação passou para a população, é evolução.

      E a aparência de projeto não implica em projeto. Veja um cristal, super organizado, parece projetado, mas não foi. O mesmo para o DNA.

  • EDSON_HYPE:

    Para começar, essa foto do galo é montagem.

    Há pessoas que nascem com diversos problemas genéticos que poderiam equivocadamente fazer alusão a ancestrais. Há pessoas que possuem até uma espécie de chifre, então seríamos descendentes de vacas, cabras ou gnus? Algumas espécies de “cobras” possuem pernas porque alguns animais têm a capacidade de imitar características de outros seres, seja para agir como defesa ou ataque. A adaptação é prevista no DNA, mas a evolução cega é um grande absurdo.

    • Liloca Moraes:

      Não tem como a cobra criar pernas para imitar outro animal, assim do nada. A partir do momento que uma cobra criar pernas, e seus descendentes forem iguais, com pernas, ela deixa de ser cobra e passa a ser outra espécie, e isso só ocorre se os indivíduos com pernas sobreviverem, procriarem e ocupar um nicho, para que isso ocorra, o indivíduo com pernas precisa se adaptar bem como seus descendentes. Ou seja, ele evolui e torna-se outra espécie, espécie essa que evoluiu da cobra sem pernas.

    • Liloca Moraes:

      Se as pernas só atrapalharem o indivíduo e ele morrer ou não gerar descendentes, não houve adaptação, então não existe evolução, cobras continuam sendo cobras e não dão origem a nenhuma outra espécie. Se a inteligência, nos seres humanos, não tivessem ajudado na sobrevivência, não existiriam homos sapiens, apenas homos erectus, anteriores aos homo sapiens. A inteligência foi uma modificação no dna, ou na sua expressão, do homos erectus, que ajudou na sobrevivência, logo na adaptação e evolução.

    • Liloca Moraes:

      Como você disse, existem possibilidades de o DNA expressar uma característica incomum num individuo de uma espécie. Essa característica, “torna-se doença” aos nossos olhos, quando ela mata ou causa uma diminuição na qualidade de vida do indivíduo. Se ela for neutra, como a cauda, que não usamos para nada, e atrapalha a vida de ninguém (a não ser pelo constrangimento nesse mundo tão preconceituoso e idiota) a expressão do código “cauda” pode não ocorrer por várias geração, ou voltar.

    • Cesar Grossmann:

      Muito bom, Liloca, só lembrando que uma cobra com pernas é aberração, mas uma população de cobras com pernas é uma nova espécie.

      Mesmo características que parecem negativas podem trazer vantagens em certos ambientes, como a anemia falciforme em lugares onde tem muita malária. Quer dizer, o que determina se uma característica é vantajosa, neutra ou desvantajosa é o ambiente (a não ser que seja uma característica que leve à morte, mas aí…).

    • Cesar Grossmann:

      Repetindo, não há propósito na evolução, ela é simplesmente descendência com modificação. Também não há propósito na seleção natural, ela simplesmente privilegia os mais aptos, permitindo que os genes deles se espalhem na população.

      O único caso de “direção” que eu vejo é a seleção dos machos com o maior pênis, que acabou dando ao homem o maior pênis entre os primatas, e quem fez isso com certeza foram as mulheres, e com um claro propósito imediato…

  • Nelfs Photos:

    Nasci com cauda , mas ainda na maternidade foi cortada carrego um lombinho no local cortado .

  • Susan Bacelar:

    Inacreditável!

  • Junior Castro:

    E os defensores do criacionismo continuam afirmando – “Deus criou o homem” kabum, e apareceu em sua frente um ser perfeito.
    Anos de evolução fizeram de nós o que somos.

  • Gabi:

    Sempre soube que Goku era real. Agora só faltam provar o Genki dama :p

  • Israel Henrique:

    AI meu deus é um SAIJIN.

  • Mannu <3 Sagan:

    Que dizem os criacionistas nesse momento?

Deixe seu comentário!