Vídeo: drone voa a quase 9km de altitude no Everest

Por , em 30.06.2020
Renan Ozturk uses a drone during an expedition to find Sandy Irvine's remains on Mt. Everest. (National Geographic/Thom Pollard)

O Monte Everest é, como você provavelmente já sabe, a montanha de maior altitude da Terra.

Localizado na cordilheira dos Himalaias, entre o Nepal e o Tibete, na Ásia, o Everest causa tanto fascínio quanto medo. Ele é palco de desastres terríveis e triunfos maravilhosos entre diversos alpinistas que se aventuraram a conquistá-lo.

E a National Geographic quase entrou para a lista dos campeões: seu drone voou a 8.625 metros de altitude no famoso monte, sendo que o seu topo fica a apenas 8.840 metros.

“Lost on Everest”

O canal estava na região para filmar seu novo documentário, “Lost on Everest” (em tradução literal, “Perdido no Everest”), que estreia hoje nos EUA.

A equipe, liderada pelo alpinista Mark Synnott e pelo montanhista Renan Ozturk, seguiu a mesma trilha percorrida por uma infame expedição realizada em 1924 por George Leigh Mallory e Andrew “Sandy” Irvine.

A dupla desapareceu, e somente os restos de Mallory foram encontrados muito tempo depois, em 1999. Agora, o pessoal da National Geographic foi atrás do corpo de Irvine.

Não se sabe se eles alcançaram o topo do Everest antes de morrerem. Em caso positivo, o par teria sido o primeiro a atingir tal feito, bem antes de Edmund Hillary e Tenzing Norgay, que o fizeram em 1953.

Vou, mas vou de drone

Mallory e Irvine não foram os únicos a padecer durante a tentativa de conquistar o topo do Everest.

Segundo a Agence France-Presse, em média, cinco montanhistas morrem por ano nas passagens estreitas, geladas e com pouco oxigênio do pico. Em 2019, somente até maio, 11 pessoas haviam morrido nos declives traiçoeiros do Everest, esperando para chegar ao cume.

A National Geographic, ao invés de arriscar sua equipe, foi muito mais esperta: enviou um drone para “escalar” e investigar o local, o que também rendeu imagens maravilhosas.

Confira um clipe do documentário abaixo e, se puder, o assista para descobrir o que a equipe do canal revelou sobre a história da montanha. [Cnet, Exame]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!