Primeiro estudo em humanos com células-tronco embrionárias

Por , em 23.01.2009

Uma empresa estadunidense de biotecnologia recebeu autorização federal para iniciar o tratamento de pacientes com problemas na medula espinhal utilizando a injeção de células-tronco embrionárias.

A empresa é a Geron Corp. de Menlo Park, Califórnia. Quem falou à imprensa foi o seu presidente, Dr. Thomas Okarma. “O estudo visa reconhecer a segurança do tratamento, mas também serão observados avanços como a volta do tato ou dos movimentos nas pernas”, afirmou.

Os pacientes que serão atendidos são aqueles que sofrem de paraplegia, doença na qual conseguem movimentar os braços, mas não podem andar.

A liberação para esses tratamentos pode ser considerada um marco nesse campo. Nunca houve estudo sobre células tronco em pacientes humanos antes, afirmam especialistas.

As células tronco podem se desenvolver dentro de qualquer célula do corpo, e os cientistas as tem preparado para que possam produzir variados tipos de tecidos, agilizando o tratamento de várias outras doenças. Porém, o tratamento gera controvérsias porque, para a obtenção das células, embriões precisam ser destruídos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vinha prometendo alterar as diretrizes vigentes no governo Bush para esse tipo de estudo. Porém, a ascensão do novo presidente à Casa Branca não tem nada a ver com a liberação do procedimento, afirmou Dr. Okarma.

“Na verdade, o projeto envolve o uso de células-tronco que já eram permitidas na administração de Bush. Embora nunca tenha havido financiamento das pesquisas por parte do governo federal”, disse Okarma.

Outro tipo de células tronco, chamadas “adultas”, já haviam sido usadas para tratamento de doenças cardíacas, por exemplo. [Telegraph]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

58 comentários

  • hendry nascimento torres:

    pessoal nao vamos desisti a 5 meses sofri uma acidente automobilistico onde so mexia os olhos depois dos 3 dias voltei a mexer os braços e fraturei a t 10 e t 11 esto sem os movimentos das pernas os medicos me deram 10% para voltar a andar ja me operei e tenho muita fé, mas ja estou a procura de celulas troncos em portugal ou china ou alemanha. moro em porto velho rondonia. fique com DEus.
    hr.eletronicos@hotmail.com

  • Natália Rocha:

    Primeiro quero lembrar a todos de independente da religião ou crença, sem DEUS nada somos, ELE tem um plano para tdos nós.
    “É preciso saber viver”
    Olá, sou “andante” tenho 26 anos e estudo enfermagem, me interesso muito em conhecer os pacientes com traumas medulares pois tento saber ao máximo suas necessidades e prioridades para dar melhor auxilio dentro e fora do hospital com a finaldade de melhorar o tratamento e colaborar na recuperação, logo a inclusào social, cuidar da saúde mental do paciente e de seus familiares. Essa é mais uma oportunidade que tenho de adquirir conhecimento para aperfeicoar meu estudo/trabalho e ajudar as pessoas, me enriquecer como ser humano, adoraria trocar informações e fazer novas amizades.
    Meu email e MSN nataliakrolow@hotmail.com
    Desejo que todos tenham seus pedidos atendidos!
    Abraços!
    Obrigada!

  • luciana:

    Larissa
    Aonde voce mora?

  • Harlam Medeiros:

    Minha mensagem é para Larissa e para todos que perderam sua independência no que diz sentido a depender de outros para sair de casa e algo mais. Minha esposa está há treze anos sem andar, embora ela tenha promessa de Deus, ele vive em uma cama por sentir dores constantes na médula em virtude de uma doença chamada lupus, que deixou bolhas de água que causaram a redução do que os médicos chama de cone medular. Larissa, minha esposa aprendeu a ser feliz mesmo com dores, sentir o amor de seu esposa e de sua filha, embora estamos morando com meus pais, e que ela quer morar novamente em sua casa, tentamos ser felizes, sair de casa, ir ao shopping passear, praia e coisas que antes ela fazia. A você Larissa e a todos que acessam esse site, eu deixo a mesnagem que em primeiro lugar acreditem em Deus e busquem a ele, verdadeiramente; e em segundo lugar, peçam a seus amigos que lhes ajudem a serem mais felizes saindo de casa com eles, embora saibamos que nem sempre vc poderá sair, até pq existem muitos obstáculos nas ruas e nos locais; mas, mesmo assim, superi-os, pesa ajuda, quem se sentir encomodado que se mude, manda sentar o dia inteiro na cadeira e vê se é fácil. Sei que a família é fundamental mas, não desista, o mundo é feito de pessoas que insistem; somente os que insistem conseguem alcançar os seus sonhos. DEUS CRIOU O HOMEM e a fé nele, diariamente, mais a busca, oração diária a Ele, pode tocar o coração d’Ele e acredito que todos podem ser curados se for do propósito de Deus. Clame a Deus no momento da angústia e Ele responderá sua oração. A TODOS OS PARA E TETRA, DEUS OS AMA E EU APRENDI A AMAR VCS TAMBÉM, POR CAUSA DE MINHA ESPOSA. DEUS OS ABENÇÕE!

  • Larissa Clovis Rocha da Silva:

    Oi sou Larissa tenho 26 anos,passo por uma situação muito difícil,pois a 2 anos fui atingida com uma bala entre T7 e T8….uma lesão parcial.

    com esse acidente fiquei paralítica (paraplegica)como sou de família humilde,não tenho condições financeiras para pagar uma cirurgia que é utilizada a celula embrionária….

    à dois anos estou nessa tortura,preciso de ajuda;Minha vida depende dessa cirurgia,pois estou nessa cama sem poder ir buscar minha própria comida, dependo de todos a minha volta,isso quando não jogam na minha cara “voce ja está abusando” isso acaba comigo me deixa muito mais triste do que ja sou….Pelo amor de Deus,me ajudem! sou nova,preciso da minha vida de volta,eu era alegre, feliz, passeava com todos,hoje só saio quando tenho que ir fazer consulta médica, é triste escutar o que os médicos dizem”voce não irá andar novamente” e isso não é verdade!!!eu sei!

    acredito que se voces me ajudarem,poderei andar como antes…sorrir como antes….eu preciso de ajuda pelo amor de Deus,olhem meu pedido com atenção…obrigada!!!

    • edmaicon:

      Queria falar com você larissa q nem tudo esta “perdido”
      O ser humano é capaz de fazer coisas inacreditáveis que somente Deus pode explicar! como eu sei? simples… a exatamente dois anos atrsz(06/10/09)com 24 anos eu sofri um acidente de moto colidindo com um automóvel fraturando 7(sete)vértebras T5,T6,T7,T8,T9,T10 e T11,quebrei cravicula, ombro,perna tive hemorragia interna perfurando os dois pulmões e tendo essa lesão medular…cheguei ao hospital com 3% de vida passando por um processo demorado e doloroso..saindo do hospital 3 meses depois (acreditem) só Deus responde isso ..porque ate então os médicos diziam que eu não iria durar o dia seguinte…saindo do hospital eu não queria ir pra casa de ninguem …mesmo com a aposentadoria miseravel q o governo nos paga eu queria simplesmente minha casa e minha namorada estava comigo nos primeiros meses me ajudando a fazer as coisas básicas de um ser humano ate q um dia ela não aguentou mais ..não por causa da minha condição fisica..mas pelo maneira que comecei a trata-la…assim como eu e acho que todos nós sofremos alterações de personalidades …então ela foi embora … e agora? sozinho, sem parentes,amigos…sem ninguem por perto…oque fazer nessa situação? eu te digo e bato no peito com muito orgulho de dizer q eu só precisei de Deus, porque do resto eu aprendi a fazer sozinho!!!eu moro sozinho e faço de tudo que uma pessoa normal faz …tomo banho,cozinho,lavo roupas,arrumo,casa, vou a qualquer lugar que me dá vontade sem precisar q empurrem minha cadeira, eu entro no carro,vou pra cama,eu consegui subir na cadeira de rodas estando no chão sem auxilio de nada só eu e a cadeira ,aprendi a subir e a descer ate degraus rsrs e tenho uma escara que ganhei de brinde no hospital e faço até meu curativo na sacra com espelho e tal pq nao tenho condiçao de bancar uma enfermeira mais eu faço o melhor posivel e nem sequer eu tive ajuda psicológica e nem senti o cheiro de reabilitação mais isso teve que partir de mim mesmo! a minha independencia foi a melhor coisa! hj eu vejo o mundo de uma maneira diferente de muitas pessoas tanto “andantes” como pessoas na mesma situação que a minha…pq? porque eu descobri que sou capaz de fazer coisas que são impossiveis nos olhos dos homens e poder levar as coisas que vivo e aprendo a cada dia pra pessoas q se sente dependente ou que precisa de ajuda pra fazer alguma coisa..presta atenção “você não precisa de ninguem pra nada ! basta você querer e você vai conseguir!!! isso vale pra sua tao desejada operação..você quer? corre atraz ..e não espere cair do céu!!! seja firme e tenha fé q uma coisa eu tenho certeza Deus não nos abandona e a cura vem Dele! fique com Deus e que Ele te abençõe e atenda suas orações ! um grande abraço! se quizer me add no msn pra gente trocar ideias edmaicon@hotmail.com bjaooo!

  • Cris:

    Olá me desculpe ?! Eu usei sua materia em meu blog mas coloquei seu endereço como fonte.Sou paraplégia e posto noticias que inclui lesão medular .Obrigada

  • Bruno Calixto Pereira:

    Sou um jovem de 23 anos totalmente saudável mas gostaria de que todos soubesse que eu seria a pessoa mais feliz do mundo se antes que morresse eu pudesse ver pessoas paraplégicas ou tetraplégicas voltando ao normal…

  • José Nazareno Pinheiro Medeiros:

    Estou paraplegico e gostaria de fazer experiencia com celulas tronco. Aguardo respota? onde posso me inscrever?

  • José Nazareno Pinheiro Medeiros:

    Tenho lesão na coluna espinhal e fgostaria de fazer experiencia com células tronco. onde posso me inscrever. Aguardo resposta

  • anderson:

    O projeto tem por objetivo a cirurgia experimental para reabilitação de pessoas que sofreram lesão medular, decorrente de acidente.
    A base do projeto é o procedimento cirúrgico, a ser realizado pelo Dr. Newton Paes e equipe multidisciplinar Com implante de células-tronco adultas provenientes do próprio paciente.
    Estas células são encontradas no BULBO OLFATÓRIO e apresentam as características necessárias para o êxito desta técnica.
    Este projeto alia a técnica cirúrgica com terapias especializadas, através de protocolos de recuperação modular, elaborado especificamente para este fim na recuperação dos pacientes.
    As fases do projeto estabelecem um processo de seleção, que irá credenciar inicialmente 30 pessoas com menos de 25 meses de evolução, com lesão medular fechada, e com quadro clínica de paraplegia.
    Os pacientes que se enquadrarem nas premissas do protocolo serão selecionados.
    Após o processo de seleção, haverá uma fase de preparação para a cirurgia, com duração estimada de 30 dias, com objetivo de colocar os pacientes nas melhores condições possíveis para realização do procedimento cirúrgico experimental de implante de células tronco.
    As áreas de atuação deste projeto são: Neurocirurgia, Otorrinolaringologia, Fisiatria, Fisioterapia, Condicionamento Físico, Terapia Ocupacional, Psicologia, Nutrição.
    Os protocolos são modulares e flexíveis para a adequação de cada paciente.
    O resultado deste trabalho poderá representar um avanço significativo no tratamento da lesão medular.

  • anderson:

    bom a todos aqui venho deixar esse site que também vem com uma nova pesquisa vejam lá vou fazer parte dessa pesquisa
    o site é :http://www.lesaomedularprojetoresgate.com.br/conteudo.html

  • anderson:

    olá gostaria de saber mais sobre esse anuncio caso seja possivel envie para meu e-mail
    grato desde já

  • Jaime Aguiar:

    Oi,sou lesado por arma de fogo, t3e t4 gostaria de saber mais sobre as pesquisas e se é pra tdo o tipo de lesão .
    agradeço.

  • wadir:

    olá boa tarde tenho 30 anos sou paraplegico a 5 anos foi um acidente de moto, confio muito em deus que essa pesquisa vai da certo e que vai ajudar naõ só eu como a todos,temos que ter paciencia que nosso dia ainda chegará espero que vcs me deixem enformado de qualquer novidade em clinicas que eu possa me escrever. obrg e fiquem com deus

  • Simone de Bem:

    Juntamente com a FIOCRUZ o Hospital São rafael localizado em Salvador-BA vai começar uma pesquisa com celulas troncos para paraplégicos com lesão por trauma, mergunho em aguas rasas ou acidente automobilistico( não pode participar pessoas com lesão por armas de fogo, e nem lesão alta tetraplegia) tem que ter ,mais de 6 meses de lesão. Essa pesquisa vai começar dia 30/08/2010. O endereço para obterem informações segue abaixo.
    http://cbtc-hsr.org/

    Sorte a todos
    Espero ter ajudado
    Simone de Bem

  • iron:

    se alguem sabe mais sobre esse caso me passem por favor, tb fiquei paraplegico por arma de fogo
    muito obrigado
    que Deus de força a todos nós

  • Débora Cardoso:

    Olá! me chamo Débora, tenho32 anos e tb levei um tiro em tentativa de assalto à 7 meses e fiquei paraplégica. Gostaria de saber mais sobre o tratamento com as células-tronco. Sei que a medicina tem avançado muito nesse sentido e gostaria de me atualizar no assunto e como está o avanço desse estudo no Brasil. Obrigada desde já “Deus é o caminho, a verdade e a vida”

  • mari aparecida m. ribeiro:

    meu filho tem 22 anos e a 2 anos ele levou um tiro na medula em um assalto a bala nao foi retirada e ele ficou praplegico minha esperança esta em Deus e nas celulas tronco por favor me digam como escrever ele.muito obrigada

  • Heronildes Ribeiro Novais:

    Olá, sofri um acidente, cai de uma lage, e sou paraplégico ha 8 anos, ainda mecho um pouco a perna direita, fratura t11 fixaçao em L1 e gostaria de fazer a experiência de células Tronco embrionárias, confio em Deus e na Medicina.
    gostaria de saber mais detalhes sobre este tratamento.
    Fiquem com Deus, obrigado!

  • Adriana:

    Olá,
    Gostaria de saber como fazer parte do tratamento com células tronco tenho 15 anos e nasci com mielomeningoceli

  • Harlam Medeiros:

    RESPOSTA PARA GUARACY LUANA

    O texto abaixo foi publicado na revista Proteste Ago/10 págs 24 e 25.

    CORDÃO UMBILICAL
    Fonte preciosa das células que salvam vidas

    A coleta de células-tronco já é realidade no Brasil. A única questão é como armazena essa fonte de vida da forma mais adequada (e menos onerosa).

    O uso de células–tronco, considerado por muitos médicos e especialista uma fonte de esperança para pacientes diversos (sobretudo os portadores de câncer), funciona de forma semelhante a um transplante. Trata-se de um processo bem simples, em que o médico substitui uma população de células não funcionais de um determinado tecido por células com alta capacidade de regeneração. Segundo pesquisas, essas células são úteis no tratamento de nefropatias, doenças cardiovasculares e neurodegenerativas, traumas na medula espinhal, diabetes tipo 1 e doenças hematológicas.
    As células-tronco surgem em nosso organismo ainda na fase embrionária e têm capacidade de se dividir e se diferenciar em diversos tecidos, como ossos, nervos, músculos e sangue. Na utilização autóloga (pelo indivíduo do qual essas células foram colhidas), praticamente não há risco de rejeição. As células-tronco podem ser guardadas em baixas temperaturas e por um longo período de tempo. Estudos realizados recentemente mostram que o sangue descongelado após cinco, dez ou mesmo quinze anos manteve estável seu percentual de células viáveis e funcionais. No Brasil, a temperatura de armazenamento mínima determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é de 135°C negativos.
    Apesar de animador, o processo gera uma dúvida: onde guardar as células-tronco? Basicamente, existem duas opções: os bancos privados e os bancos públicos. Os bancos privados cobram, em média, R$ 4 mil pela coleta, mais uma taxa anual de manutenção, estimada em R$ 500. Já os bancos públicos são gratuitos. A vantagem do banco privado é a pronta utilização da amostra por um membro da família, o que pode significar ganho de tempo em um tratamento (já que as chances de compatibilidade entre membros da mesma família é maior).
    O Ministério da Saúde e a coordenação da Rede Nacional de Bancos de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (Rede Brasilcord) são contrários à idéia de bancos privados, tanto pela falta de utilidade pública quanto pela propaganda enganosa – a coleta de uma amostra não significa, necessariamente, um seguro de vida para o recém-nascido.

    COLETA É FEITA DURANTE O PARTO
    A principal fonte dessas células é o cordão umbilical. No instante em que um bebê nasce, parte de seu sangue permanece no cordão umbilical e na placenta. É justamente esse sangue, o chamado sangue do cordão umbilical e placentário (SCUP), que contém todas as células sanguíneas, inclusive as denominadas células-tronco. A retirada desse material é simples, rápida e não causa sofrimento para mãe, nem para o bebê. A coleta pode ser feita em qualquer tipo de parto e não causa nenhum transtorno ou interferência aos procedimentos habituais. Também é possível coletar o sangue do cordão umbilical de bebês prematuros, desde que a gestação chegue a 32ª semana. Entretanto, se a gestante tiver mais de 36 anos e tiver feito menos de duas consultas médicas no pré-natal, as células-tronco não poderão ser coletadas. Outros fatores de impedimento são o sofrimento fetal agudo, anomalias genéticas congênitas, bolsa rompida há mais de dezoito horas e baixo peso do bebê (inferior a dois kilos). De acordo com a Anvisa, também é necessário coletar os angue da mãe e realizar análises sorológicas, como HIV 1+2, HTLV ½, Sífilis, doença de Chagas, hepatite B e C e citomegalovírus.

    AMOSTRAS REQUEREM CUIDADO
    Após o processo de retirada o sangue é guardado em um recipiente térmico. Depois, é feita a conferência, a identificação digital. A legislação brasileira prevê que a amostra não pode ter micro-organismos. Já o volume a ser armazenado deve ser igual ou superior a 70 ml (ou a contagem de células total igual ou superior a 500 milhões). A Anvisa também exige a quantificação de células-tronco hematopoéticas, bem como a determinação da viabilidade celular. As amostras que não atenderem a esses requisitos são consideradas fora de conformidade e não podem ser armazenadas. Após a separação das células adequadas adiciona-se à amostra um agente crioprotetor e, por fim, o material é congelado. Resta saber se o material guardado será utilizado e se esse uso garantirá ao futuro receptor uma chance a mais de vida.

  • guaracy luana:

    Olá, gostaria de saber como fasso para guardar os embriôes umbilical, pois estou gravida e costaria muito de poder ajudar minha mâe,pois ela é cadeirante e ficou muito feliz com a aprovação desse tratamento.Quero seber também quanto custa o tratamento e em que cidade ja estão fazendo essa esperiencia, por favor me mantenha informada, muito obrigada.

  • cheyla maria severino costa:

    preciso muito estar informado sobre as novidades com este tratamento, poi ele e uma grande esperança para muitas pessoas
    por favor me envie email sobre os testes com humanos e quanto custa este tratamento, e como fazer para participar desta experiencia….aguardo ancioso..

  • Leonardo Cordeiro:

    Ola bom dia sou cadeirante e gostaria saber como eu posso fazer para me tornar um membro da pesquisa, pois o meu corpo está em pleno estado fisico perfeito pois faço fisioterapia contantemente fico em todos dias desde de ja agradeço…

  • reinaldo silveira:

    Boa noite. gostaria de saber mais imformaçoes sobre este asuunto, sofri um acidente de moto fis cerurgia o medico me deu muitas esperanças de voltar andar no momento estou paraplegico mais nao perco as esperanças de voltar a andar.. espero respostas e mais informaçoes obrigada..

  • Daniela Manica:

    oi! gostaria de saber como faço para participar das pesquisas?? obrigada!

  • Alessandra:

    gostaria de saber como se inscrever para ser cobais nas pesquisas de celula-tronco, por causa da doença mista do tecido conjuntivo. Agradeço a atençao.

  • dorli eduardo zachazeski leal:

    toda noticia sobre este assunto é muito importante para nossa esperança mais uma luz no fundo………….
    obrigad.

  • Josue Gomes de Oliveira:

    Sou paraplegico devido a um acidente automobilistico.
    Fiquei muito contente em saber que alguem está desenvolvendo estudos para que melhore a vida daqueles que vivem em cadeiras de rodas ou até mesmo em hospitais definhando.
    Deus tem me dado muita graça e estou esperançoso,que logo,não apenas eu,mas todos os que estão na mesma situação, sairão dessa.
    Fiquem todos com Deus

  • igor souza:

    Bom dia,sou cadeirante há sete anos,tenho 28 anos,esse artigo que li é realmente uma luz no fim do túnel para muitas pessoas que assim como eu(por motivo de uma queda),perdi p movimento das pernas,as vezes sinto tipo de formigamento nas pernas,mas meu médico disse que é normal,gostaria de obter informaçoes sobre esse assunto atraves do meu email,voltar a andar ainda é um sonho para mim,nao podemos perder as esperanças,abraço

  • MICHELLE ROCHA:

    BOA NOITE, FIQUEI MUITO ENTUSIASMADA AO SABER DA APROVAÇÃO DAS CELULAS TRONCO NOS ESTADOS UNIDOS, E GOSTARIA DE SABER QUAL A POSSIBILIDADE DE INSCRIÇÃO, NÃO É PRA MIM, E SIM PARA MEU MARIDO, ELE SOFEU UM ACIDENTE HA 5 ANOS, O PAI DELE MORA NOS ESTADOS UNIDOS, SE FOR O CASO ELE FICARIA HOSPEDADO NA CASA DELE, PARA EFEITO DOS TRATAMENTOS, DESDE JÁ AGADEÇO, AGUARDO RETORNO, ATENCIOSAMENTE, MICHELLE ROCHA

  • Ana Paula Bitar:

    Oi gostaria de mais informações sobre esse artigo, obrigada.

  • Daniel Pimenta Vieira:

    Ola, sofri um acidente em 2003!! Quebrei de forma incompleta a L3, tornando a perna direita fraca, pé direito sem movimento, e o pé esquerdo fraco!!! Meu equilibrio ficou afetado também!! Gostaria de saber como andam as pesquisas com célula tronco? se está evoluindo bem?? Se já tem alguma perspectiva mais concreta?? Estou muito ancioso por uma resposta… precisamos muito da ajuda dos cientistas!!

  • Acácio de Andrade Benevides:

    Gostei muito dessas informações a respeito do tratamento, eu gostaria de obter mais informações, sou paraplégico a 5 anos e meio, vivo na expectativa de uma evolução definitiva, e comprovatória na aplicação de células tronco no tratamento de paraplégicos, eu gostaria muito de participar de uma experiência.

    Muito grato.

  • Elias lucio gomes:

    Eu sou cadeirante, vou fazer 11 anos na cadeira e aqui no Brasil ate hoje não sei o q causou essa paralisia em mim, eu só sei q tive um infequiçao na medula mais não soubera o que causou ela, por isso queria muito saber se tem como descobri o q tive, ai deve ter muita mais recurso que aqui. Pode me ajuda. Obrigado. Espera resposta.

  • Amarildo:

    Oi sou paraplégico dês do dia 02/11/2002 e gostaria de saber mais sobre células troncos pq aqui os médicos não falam muito então os pareplegicos ficam com dúvidas se podem ser cobaia como eu sou de pouca renda e uso sus não somos bem informado eu sofri um acidente de carro atingiu coluna cervical t4 até t7 e tbm tenho uma escara sacral há 6 anos e não sara gostaria saber se vcs conhece algum remédio ou pomada que eu possa usar que sare mais rápido possível,pq já fiz uma cerurgia e não adiantou eu moro hein são paulo na cidade de taboão da serra se poderem me ajudar fico grato obrigado até mais

  • Miriam Bizordi Silva:

    Recentemente passei por uma cirurgia para a remoção de um tumor maligno no palato mole e duro (céu da boca) pela equipe do Dr. Paulo Jorge Valentim no Instituo Arnaldo Vieira de Carvalho, praticamente foi removido todo o o corpo estranho que era pequeno e estava no começo, no momento estou passando por sessões de radioterapia e raiolaser o primeiro no Instituto (Sta Casa de SP.) e o segundo na USP (Lelo).
    Gostaria de saber se eu poderia participar das experiências com células troncos, meus exames (todos) me qualificam para tais experiências, sempre gozei de perfeita saúde até o aparecimento desse corpo estranho no meu organismo, presumo que seja genético, uma vez que minha mãe morreu de câncer no pulmão.
    Fui fumante durante 48 anos (desde os 15 anos) hoje tenho 63 anos. Agradeço se for beneficiada com a escolha.
    Um grande abraço, e obrigada!

    Ass. Miriam Bizordi Silva

    ET. Sou totalmente a favor das experiências com células troncos, tudo que for possivel fazer para minimizar o sofrimento do ser humano eu acho válido, É bom você saber que existe uma lúz no fundo do túnel.

  • Miriam Bizordi Silva:

    Tive um tumor maligno no palato mole e duro (céu da boca) fiz cirurgia e removi (estava no começo e ainda pequeno), estou passando no momento por sessões de Radio Terapia no Instituto Arnaldo Vieira de Carvalho e na USP (Lelo) por sessões de Raio Laser, minha cirurgia foi realizada pela equipe do Dr. Paulo Jorge Valentim, gostaria de saber se posso participar das experiências com células troncos, meus exames são quase que perfeitos não fosse esse tumor que surgiu na minha boca. Fui fumante durante quase toda minha vida tenho 63 anos e fumei desde os 15 anos (portanto 48 anos). Obrigada pela atenção vou aguardar resposta (de preferência afirmativas ) ao meu pedido.

  • Marcelo:

    ola sou cadeirante vitima de um acidente motociclistico fraturei t6 a t12 gostaria de saber a respeito da pesquisa sobre celulas tronco como me candidatar a ser cobaia…

  • Rogério:

    Olá boa tarde! excelente noticia, pra quem tem dinheiro..rsrsr ta na cara que esse tratamento será pra quem tem condiçoes financeira alta, nos que não temos esses dinheiro o sulficiente, ficremos para tras.. sou paraplegico em altuara C6,C7 E T1.

    ficaria feliz em servi de cobaia..rs

    grande abraço

  • Fernanda:

    Ola gostaria de saber informaçoes para ser cobaia de tratamento de celula tronco.Sou paraplegica..t10 e t11 e tenho 28 anos…agradeço qq tipo de informaçao!!(43)99336747

  • Sivaldo Felisardo da Silva:

    me encontro hoje numa cadeira de rodas devido um acidente explosão T12 a 03 anos sinto alguma mudança no meu quadro senssibilidade na perna esquerda, abaixo da lesão na direção do sacro, gostaria de saber se este quadro é positivo pois no momento o que mais quero da vida é voltar a andar. pesso ajuda de vçs.
    espero resposta

  • Roberto Luis Kohl:

    Há 8 anos estou paraplegico fui assaltado e levei um tiro em t8 causando uma lesão medular parcial , tenho alguma sensibilidade e com orteses consigo ficar de pé.Gostaria de saber mais e se possivel participar desse programa desde ja fico muito agradecido e espero uma resposta .obrigado tel 51 35892264 são leopoldo ,Rio Grande do Sul

  • Alessandro Pasqualeto:

    Oi sou cadeirante, levei um tiro nas costas num assalto, gostaria de ter mais informações sobre esse tratamento.
    Desde já agradeço!

  • ANDRÉA PACHECO:

    Olá, gostaria de saber se existe algum tipo de tratamento para paraplegia ocorrida de um acidente de carro, que os médicos dizem ser irreversível, mais sente-se calor nas pernas e sensações!!! Isto é normal para paraplegicos? Por favor me passem mais informações.

  • Barbara Lee Ferguson:

    Olá, tenho paraplegia, ou seja, não movimento os pés, somente as pernas, tenho uma lesão medular incompleta, devido a um acidente de carro. tenho 39 anos e gostaria de saber se posso realizar este tratamento. Faço o que for preciso, por favor me ajudem.
    Obrigada

  • Selma Vassão:

    Estou paraplégica há 09 anos em virtude de uma cirurgia para retirada de tumor intramedular, faço diariamente sessão de fisioterapia e, tenho alguma sensibilidade e dores e quero, muito, fazer um tratamento como este e que me traz novas esperanças. Muito agradecida por conhecer novas técnicas, novos tratamentos. Selma

  • donatas:

    meu nome donatas tomei tres tiro em um asalto a 2 atrás tinha16anos agora tenho 18 e fiquei paraplegico e minha lessao nao foi completa gostaria de participar dos teste com as células-tronco
    Tel 3405-4113 espero respota

  • nilson vaz da silva:

    boa noite 23 02 2010 tive um acidente com arma de fogo e fiquei paraplegico gostaria de participar dos teste com celula tronco fico esperando uma resposta de vcs muito obr tel 71 92241094

  • antonio peruzzi:

    tenho 51 anos a 30 anos sofri uma lesão medular provocada por arma de fogo des do ocorrdo estou em cadeira de rodas, estou otimista com as experiecias com celulas tronco.e gostaria muito de me escrever para participar de experiencia com seres humano pois já tenho uma idade avançada e não quero termina o resto de minha vida em uma cadeira de rodas obs; não tenho condição financeira. 44-3274-2441 – 44 9927-6526

  • Danielle Trindade:

    Gostaria de saber mais informações.
    Natal _RN

  • wilame damasceno de sousa jr.:

    oi, sou paraplégico devido um acidente de moto.
    acredito eu, que seja esse o tratamento que vem aumentar as nossas esperanca para
    voutar a andar.
    se tiver a possibilidade de participar desse tratamento ficarei muito grato.
    estarei disponivel e agurdando resposta?

  • Ricardo Gazotto:

    Fiquei paraplégico devido a um acidente e gostaria de saber mais detalhes sobre este tratamento.
    Existe a possibilidade de ingressar neste tratamento?
    Se puderem me dar informaçoes eu agradeço

    Atn
    Ricardo Gazotto

  • Peci Ramos Bonfim:

    Ola,sou paraplegico e queria saber se a meio de engreçar nesse tratamento.

    Espero uma resposta e agradeço pela atenção.

  • Wenter da Silva:

    Sou cadeirante, e estes artigos dão um expectativa otima para nós.
    Caso possam me informar como fazer para participar destas experiencias com celulas tronco….

    obrigado.

  • Eloi:

    Bom dia !

    Gostaria de saber se um paraplegico que mora no Brasil pode fazer esse transplante de celulas tronco ?

    Desde ja grato !!!

  • Thiago Gomes:

    Ola, sou caderante e gostaria de mais informacao sobre este tratamento,EUA,agradeco desde de ja atancao;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

Deixe seu comentário!