Encontrado o limite da mente humana: 4

Por , em 28.04.2008

Um novo estudo descobriu o limite máximo de itens que podemos armazenar na nossa mente consciente, ou memória de trabalho.

Revista HypeScience Memória de trabalho é a versão mais ativa da memória de curta duração, que se refere ao armazenamento temporário de informação. A memória de trabalho está ligada à informação na qual nós podemos prestar atenção e manipular.

No estudo, os pesquisadores apresentaram aos voluntários conjuntos de quadrados de diferentes cores. Em seguida era mostrado novamente um conjunto de quadrados sem as cores. Em seguida era mostrado um único quadrado colorido em um local do conjunto e era perguntado se aquele quadrado estava na mesma posição do início do teste.

Enquanto uma pessoa comum pode apenas manter três ou quatro coisas na mente ao mesmo tempo, algumas pessoas conseguiram memorizar quantidades incríveis de informação na memória de trabalho. Competidores do World Memory Championship comumente se lembram de centenas de dígitos em ordem depois de apenas cinco minutos. Mas mesmo estes mestres da memória parecem começar com as mesmas capacidades básicas de todos e melhoram suas habilidades com estratégias e truques.

Houve um famoso estudo feito com um maratonista que aprendeu a associar os dígitos juntos de maneira que eles eram significativos para ele relativos a uma maratona. Ele conseguia repetir listas de até 80 dígitos na ordem correta. Mas se fosse dado para ele uma lista de palavras, ele se lembrava em média de sete, assim como todo mundo.

Este novo estudo utilizou um modelo matemático que tomava como premissa que as pessoas possuem um número fixo de soquetes em sua memória de trabalho e cada um deles pode conter apenas um item. Quando estes soquetes estão preenchidos, o modelo previu, as pessoas começariam a tentar adivinhar a resposta. Baseado nisso o modelo conseguiu prever vários resultados dos testes com uma precisão impressionante. Continue lendo…

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 4,88 de 5)

7 comentários

  • Miguel Guerreiro:

    Muitas das pessoas que conseguem fixar grandes números e lembrar de toda a sua vida para trás, são consideradas anomalias do cérebro, em que partes do cérebro estão a ser utilizadas de maneira errada.
    Tomem por exemplo Scott Flansburg. Este homem faz calculos matemáticos impossíveis.. Calcula o PI num segundo, consegue dizer o dia da semana em 2 segundos de 14 de Janeiro de 1974, etc..
    Foi detectado que este senhor estava a usar o lado cérebro que utilizado para a locomoção do corpo. Visto que o nosso cérebro tem que fazer calculos de medidas de distância, juntamente com cálculos de medida de força para andarmos, desviarmos, conduzir carros, arremessar coisas, etc, essa parte do cérebro é super desenvolvida, mas não deveria ser utilizada para cálculos matemáticos do dia a dia.
    embora seja muito cool 😀

  • Nada:

    Então estes cientistas devem saber explicar como alguém tem na memória 1750 livros.

    E não digo o enredo, mas cada linha de cada capítulo !

    E este cara deve ter tido alguma dificuldade em tirar nota ?, sim, pois peça para explicar o motivo que a palavra está ali !?

    • Igor:

      Síndrome de savant.

  • felipe:

    mas e os caras que memorizam mais de 300 mil numeros depois da virgula do pi ?? axo que o limite é um pouco maior….

  • Juarez:

    Muito importante falar sobre memória. Eu a considero a parte mais importante do indivíduo junto com a consciência. Sem a combinação delas nós não teríamos desenvolvido a inteligência abstrata. Gostaria que os artigos indicassem links ou bibliografia para o aprofundamento do assunto. Para quem procura exercicios e mais informações sobre memorização, leitura dinâmica e raciocínio lógico, eu encontrei no 4shared bastante material com qualidade.

  • Gray:

    Se vocês acharem algum dos testes, seria bem legal disponibilizarem aqui. Também gostaria de ver.

    Eu tenho um livro, que ganhei há bastante tempo, que chama algo como treinando seu cérebro, ou desenvolvendo seu cérebro, não lembro exatamente agora.

    São mais de mil exercícios para a mente, de diversos tipos, como lógica, memorização, labirintos, matemática, português, etc… São bem interessantes, e realmente ajudam na capacidade de leitura, escrita e resolução de problemas.

  • Marcel:

    Seria de grande valia se o Hypescience disponibiliza-se matérias, testes e ou exercícios para treinar a atenção e memória.

Deixe seu comentário!