Braço robótico assistente é controlado pela mente

Por , em 11.02.2009

Cientistas da Universidade South Florida desenvolveram um braço robótico controlado por ondas cerebrais. O mecanismo fica sobre uma cadeira de rodas, captura os estímulos no cérebro do usuário e responde com movimentos robóticos que movimentam a cadeira.

O novo aparelho pode ajudar as pessoas que tem deficiência física a terem mais comodidade e independência.

O mesmo sistema de leitura de ondas cerebrais já ajuda deficientes de forma diferente – lendo os pensamentos das pessoas para que elas possam digitar textos no computador, sem mover os braços.

O sistema chamado de BCI (Brain Computer Interface), foi modificado para que o usuário conseguisse realizar uma série de ações, usando apenas seus pensamentos. Tudo o que o usuário precisa fazer é usar um “chapéu” com medidores de eletrodos, que vão captar as ondas cerebrais. A tela de um computador oferece a ele todas as opções de movimentos. Ele precisa se concentrar no que deseja fazer, os eletrodos captam os sinais e os aparelhos mecânicos respondem, se movimentando.

braço robótico

Testes em humanos mostraram que o sistema realmente funciona, e que o usuário não precisa mover um músculo sequer.

De acordo com Rajiv Dubey, professor da Universidade e coordenador do grupo que desenvolveu o mecanismo, o objetivo do aparelho é ajudar pessoas com limitações a expandirem suas possibilidades de movimento. “O resultado disso é que essas pessoas terão mais independência e poderão, até mesmo, arranjar emprego com mais facilidade” declara Dubey.

Esses mecanismos foram pensados, principalmente, para as pessoas com diversos tipos de paralisia física, mas que têm os movimentos comprometidos, mas cujas atividades intelectuais são perfeitas. [University South Florida]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 1,00 de 5)

2 comentários

  • dlttorezan:

    Rumo ao ciborgue!
    Isso é um avanço da tecnologia já existente do braço robótico? Esse deve ter um precisão e cálculo mais aguçado dos primeiros.
    Uma ótima notícia para todos em nosso pequeno mundo!
    Att.

  • silva-tiger:

    Essa tecnologia está evoluindo rapidamente,perceba o que já pode ser feito com isso.Não me espantará,um dia, ouvir notícias de que conseguiram “ler” a mente das pessoas.Sendo que isso pode ser bom,ao pensarmos no terrorismo,assim poderiamos,literalmente, arrancar informações deles.Poderia também ser ruim,visto que poderiamos tirar informações,por exemplo,de um ciêntista que saiba ,suponhamos,fazer a bomba atômica.

Deixe seu comentário!