Menopausa e riscos cardíacos: qual a ligação?

Por , em 2.03.2011

Segundo pesquisadores, as mulheres que têm “calorão” e suores noturnos no início da menopausa podem ser menos propensas a ter um ataque cardíaco mais tarde na vida. Já as mulheres que desenvolvem estes sintomas mais para frente na menopausa podem ter maior risco de doença cardíaca.

Ao contrário do senso comum, estes sintomas clássicos da menopausa precoce não são marcadores de risco. Os resultados vêm de uma nova análise de um grande ensaio clínico que mostrou que a terapia de reposição hormonal aumenta o risco de câncer de mama e de ovário e de derrames em mulheres mais velhas.

Os pesquisadores descobriram que as mulheres com ondas de calor ou sudorese noturna no início da menopausa não eram mais propensas a ter um ataque cardíaco, derrame, ou morrer durante o período de estudo do que as mulheres que não têm esses sintomas.

Essa é uma boa notícia, já que cerca de três em cada quatro mulheres na menopausa têm esses sintomas no início da condição.

Inclusive, havia alguma sugestão de que os suores noturnos e as ondas de calor no início da menopausa reduziam esses riscos. Por exemplo, essas mulheres tinham um risco 17% menor de derrame, 11% menor de doença cardíaca, e 11% menor de morte durante o período do estudo de qualquer causa.

Já as mulheres que desenvolveram os sintomas mais tarde na menopausa, no entanto, tinham um risco 32% maior de ataque cardíaco e 29% maior de morte durante o período de estudo. [Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Kátia:

    Credo gente! Que foto feia! Menopausa não significa obesidade, que é um problema sério a ser vencido, ou melhor, controlado. Estou com 47 anos e muito esbelta por sinal! Troquem essa foto! Vide Xuxa, Luíza Brunet, etc.

Deixe seu comentário!