Nanopartículas magnéticas conseguem controlar minhocas

Por , em 8.07.2010

Usando nanopartículas magnéticas, cientistas conseguiram controlar o comportamento de animais remotamente através dos neurônios dos bichinhos.

As nanopartículas, presas nas paredes celulares das minhocas, se aquecem quando são expostas a um campo magnético. A pesquisa demonstrou que o calor pode abrir canais de cálcio nas células, ativando neurônios e fazendo com que as minhocas se movam.

A pesquisa, de acordo com os cientistas, irá ajudá-los a compreender melhor o sistema nervoso dos animais. O trabalho também possui aplicações em tratamentos contra o câncer e contra diabetes. Se as nanopartículas conseguirem ser ajustadas para atingir apenas determinadas células, será possível matar células cancerosas superaquecendo a parede celular delas ou, no caso da diabetes, estimular as células do pâncreas a produzir insulina.

Uma das maiores questões, agora, é descobrir que células as nanopartículas devem atingir no corpo humano para tratar essas doenças. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • vitória kevelyn:

    isso é muito nogentooo táah

  • Cesar:

    NDA, parede celular e membrana celular são termos “intercambiáveis”. Você pode usar um ou outro, não faz mal, pelo menos até onde eu sei.

  • Humberto Junior:

    uhuuul, nao vejo a hora de testarem isso com neuronios humanos e criar zumbis, imaginem isso, zumbis. apocalipse zumbi now.

  • NDA:

    no texto diz: “será possível matar células cancerosas superaquecendo a parede celular delas”.
    Parede celular? Vão curar cancer de alguma Sequóia?

    Brincadeiras a parte achei interessante a materia.

  • Eduardo Garcia:

    Quero ver testarem em humanos!!!

Deixe seu comentário!