Nova forma de armazenamento de dados pode gerar computadores ecológicos

Por , em 26.01.2011

Uma nova forma de armazenamento de dados, criada por cientistas americanos, pode levar a computadores mais rápidos e “verdes”.

Segundo os cientistas, da North Carolina State University, a nova memória combinaria as vantagens dos dois mais populares tipos de armazenamento atual.

Atualmente usa-se o armazenamento volátil e o não-volátil. O tipo de memória usada depende se os dados precisam ser acessados rapidamente ou armazenados permanentemente.

Entre as tecnologias voláteis estão a famosa memória RAM (ou sua variação mais nova, a DRAM), que armazenam dados de uma maneira que podem ser acessados rapidamente, mas os dados são perdidos quando o programa usado é desligado – quando a energia é cortada. O armazenamento não-volátil é o usado em flash drives de memory cards, pen drives e mp3, que podem reter informação mesmo sem usar energia.

No entanto o novo invento combina a velocidade da DRAM com um modo mais persistente de armazenamento. Acredita-se que isso pode gerar servidores que possam ser desligados quando não estão em uso, levando a um uso mais sustentável dos computadores. [BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

8 comentários

Deixe seu comentário!