Novo site tomará decisões por você

Por , em 19.06.2009
hunch

Está com dificuldade para tomar uma decisão importante? Não se preocupe: o Hunch pode te ajudar. O site Hunch (“palpite” em inglês), foi lançado nesta semana coloca ordem na selva de informação da internet ao conhecer melhor você.

O site faz para você uma série de perguntas e considera suas respostas para então dar decisões para resolver o seu problema. Outro site, Let Simon Decide (“deixe Simon decidir”, também em inglês), faz um trabalho semelhante.

Caterina Fake, co-fundadora do site de compartilhamento de fotos Flickr, afirma ter criado o Hunch porque acha que as pessoas precisam de ajuda para tomar decisões, e que é muito difícil encontrar boas informações online.

A criadora do site diz que o conteúdo do Hunch é semelhante ao do Flickr, construído pelos usuários. “Nós criamos o sistema para que as pessoas possam contribuir com ele”, diz. Quando você responde a perguntas que estão registradas, o programa passa a conhecer melhor o usuário, e formula um perfil de preferências da pessoa, e assim começa a dar dicas individualizadas.

Para isso, o sistema faz perguntas sobre “suas crenças, vertente política ou suas características pessoais”, segundo Fake. Ele até pergunta se você acredita em abduções alienígenas, por exemplo. Apesar do site “conhecer” seus usuários, a criadora da página admite que não pode resolver todas as suas questões, e dá um exemplo: “se uma pessoa procura por uma churrasqueira portátil, não poderemos dar uma resposta apropriada sem saber o tamanho do quintal dela, mas vamos tentar chegar na melhor resposta possível”.

Eu fui no Hunch e perguntei se eu deveria sequenciar o meu DNA. Depois de uma série de perguntas o site me deu a conclusão, que eu deveria considerar seriamente. Achei a conclusão meio óbvia, mas as perguntas que ele fez no processo me ajudaram a entender porque eu devo considerar fazer o exame.

Fake afirma que existe a impressão de que o site tenha sido criado para resolver problemas sentimentais, mas, segundo ela, ele serve para resolver problemas de falta de informação. “Quando procuro uma informação no Google, tenho que fazer toda uma pesquisa, sendo que alguém já fez isso antes”, afirma. Ela diz que as informações na rede ficam desorganizadas, e sistemas que estão crescendo agora, como o Hunch, têm a intenção de facilitar o acesso das pessoas às informações.

Jason Kincaid, repórter do blog TechCrunch, especializado em tecnologia, diz que o Hunch é bastante limpo e “pouco intimidador”, e afirma ter ficado impressionado com a página. “Porém, ficou claro rapidamente que o site não é capaz de magicamente fazer com que você decida as coisas”, diz no blog. [CNN, Hunch, LSD]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • LieselMeminger:

    Este site tirará o pouco de livre arbítrio que temos.

  • crystyna:

    Eu ainda não sei se isto é realmente útil…

  • thiago fog:

    Acho isso desnecessário, do meu ponto de vista…
    Até entendo o lado que foi exposto na reportagem, as informações estão dispersas na internet, mas descordo do fato de um simples programa de computador tomar decisões por mim. Cabe pensar “quem realmente é racional? o programa de computador que passa a mandar em mim, ou eu, com capacidade de tomar decisões própias…”

Deixe seu comentário!