Os elefantes têm seis dedos em cada pé

Por , em 25.12.2011

Cientistas encontraram um misterioso crescimento ósseo nos pés de elefantes, que é na verdade um sexto “dedo”.

Por mais de 300 anos, a estrutura tem intrigado pesquisadores, mas o novo estudo sugere que o “sexto dedo” ajuda a suportar o peso colossal dos elefantes. “É um mistério que remonta ao ano 1706, quando o primeiro elefante foi dissecado por um cirurgião escocês”, explicou o autor do estudo, professor John Hutchinson.

Fósseis revelam que este dedo “extra” evoluiu cerca de 40 milhões de anos atrás, quando os elefantes se tornaram maiores e mais terrestres.

Muitas pessoas pensavam que a estrutura era um pedaço enorme de cartilagem. Sua finalidade (ou falta de propósito) tem sido debatida há anos.

O professor Hutchinson e seus colegas usaram uma combinação de tomografia computadorizada, histologia, microscopia eletrônica e dissecção para resolver o enigma. Os pesquisadores disseram que a estrutura era feita de osso, apesar do arranjo altamente irregular e incomum.

Um exame mais detalhado revelou também que a estrutura mostrava uma forte semelhança com um osso fora do comum encontrado
no pé de pandas. Este osso – que não é exatamente extra, mas faz o trabalho de um – ajuda o panda a agarrar o bambu, e é chamado de “polegar” ou “sexto dedo”. Toupeiras também tem um.

Agora, a equipe diz que os elefantes podem ser adicionados à lista de espécies para as quais cinco dedos não são o suficiente. Para os elefantes, a estrutura serve a um propósito simples: ajudar os animais a se levantar.

Ao contrário de pandas e toupeiras, que só têm um dedo “falso” na sua pata dianteira, os elefantes têm ossos em todos os quatro pés.

E embora esses pés sejam parecidos com troncos de árvores, sua anatomia é mais complexa. Seus cinco dedos convencionais apontam para frente, enquanto o sexto dedão aponta para trás no calcanhar, adicionando suporte extra e ajudando o animal mais pesado da terra a manter a sua massa.

Os primeiros elefantes surgiram 55 milhões de anos atrás. Eles tinham um tipo diferente de pé, que parecia ser bastante plano. A nova estrutura parece ter evoluído cerca de 40 milhões de anos atrás, em conjunto com os elefantes ficando maiores e mais terrestres, com os pés na posição vertical, com uma postura mais em pé na ponta dos pés.

Segundo os pesquisadores, esse é um caso notável de evolução em ação. “É um grande exemplo de como a evolução muda as espécies para fornecer funções diferentes – neste caso, ‘criar’ um novo dedo”, disse Hutchinson.[BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Igor:

    Mto loko, eu tava vendo q os animais com cascos tem ”dedos” tbm, assim como as baleias, interessante imaginar um animal como a baleia ja teve os dedos separados.

Deixe seu comentário!