Os grandes poderes de cura do golfinho

Por , em 21.07.2011

Seriam os golfinhos donos de um poder mágico de cura? O pesquisador e médico Michael Zasloff acha que sim.

O cientista documentou vários incidentes de ferimentos graves nos golfinhos, presumivelmente causados por tubarões. Essas mordidas, algumas maiores que uma bola de basquete, se curaram em semanas, sem desfigurar os golfinhos, lhes causar dor aparente ou tornarem-se visivelmente infectadas.

“É surpreendente. Um animal que evoluiu no oceano sem mãos ou pernas nada mais rápido do que os seres humanos, tem uma inteligência comparável a nossa complexidade social e emocional, e uma cura quase alienígena em comparação com o que somos capazes”, explica, maravilhado, Zasloff.

Segundo o cientista, várias habilidades notáveis trabalham juntas para formar o poder de cura aparentemente milagroso dos golfinhos.

Primeiro, mesmo com uma grande ferida aberta, os golfinhos não sangram até a morte. Como? Zasloff diz que eles usam seu mecanismo de mergulho, que corta o fluxo de sangue para partes pouco importantes de seus corpos, para reduzir o fluxo de sangue que passa pela lesão enquanto ele não coagula.

Segundo, durante o processo de cicatrização das feridas, os golfinhos não mostram sinais de infecção. Os pesquisadores descobriram que sua pele e sua gordura contêm compostos com propriedades antibacterianas, o que pode ajudar a evitar infecções nas feridas abertas.

Os golfinhos também não demonstram reações típicas à dor quando estão se recuperando de tais lesões. Normalmente, uma profunda ferida aberta iria alterar o comportamento de um animal e seus hábitos alimentares por algumas semanas.

Zasloff descobriu que os golfinhos comem e se comportam normalmente, mesmo quando estão seriamente feridos, o que é uma habilidade e tanto.

A capacidade de cura em si já é muito milagrosa. Em questão de semanas, os golfinhos podem substituir completamente o tecido em falta sem mudar um milímetro da forma de seu corpo. Os cientistas desconfiam que essa capacidade regenerativa vem de células-tronco especiais, como alguns anfíbios tem para reconstruir membros.

Segundo Zasloff, a compreensão das habilidades de regeneração do golfinho pode ser útil aos seres humanos. As técnicas que esses mamíferos usam para reconstruir seus tecidos podem contar com algum tipo especial de células-tronco ou proteínas, algo que os humanos poderiam se apropriar.

“Esse animal tem uma extrema semelhança estrutural conosco”, disse Zasloff. “E poderia ser uma fonte de informação, um lugar para encontrar algumas respostas a grandes mistérios que nós, como médicos, estamos tentando resolver”, complementa.

Outras proteínas que os golfinhos produzem durante a cicatrização, como um composto para aliviar a dor ou antibacteriano, também poderiam funcionar em seres humanos. Como eles criam seu próprio complexo para alívio da dor, há uma chance que não seria viciante para os seres humanos como muitos analgésicos no mercado hoje.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

9 comentários

  • Naty:

    O golfinho é o ser mais lindo e especial do mundo. Deixem sim ele em paz… eles nao fizeram nada de mal contra nós, não podemos pegar as celulas deles e se apropriar… isso me deixa com raiva, sou protetora dos animais.. deixe em paz todos eles, ki odio q eu to desse cara

  • vicente:

    a seleção natural deve especie deve ter sido mt dolorosa.
    “vários golfinhos morrendo e surge um gene que reduz a infecção, depois surge o de cura e recuperação dos tecidos”.

  • JACQUELINE:

    PELO AMOR DE DEUS DEIXA OS POBREZINHOS EM PAZ, DAQUI A POUCO Ñ VAMOS NEM CONSEGUIR VER MAIS ESSES BICHINHOS.

  • Felipe Velani:

    Aff’s
    Bando de corno
    descubriu ok entom decha o bicho la quieto
    pra que fase
    + experimentos com esses bichos
    cara tenhu uma raiva disso
    pra que fase medicamentos que curam mais rapido pro
    ser humano sendo que o ser humano esta matando um al otro
    c eu pudesse eu exterminava a humanidade ! dechava só os animais…
    por mim os humanos nem diviam esistir !

  • André:

    Mais uma vez, Douglas Adams estava certo!!!

  • ALX:

    ADORO ESSES ANIMAIS, NA TERRA GOSTO DOS TIGRES… PIOR QUE FICAM DIVULGANDO ESSAS PESQUISAS OU ATE MESMO FAZENDO E DEPOIS VEM A MATANÇA DESSES BELISSIMOS ANIMAIS QUE A NATUREZA NOS DEU PRA NOVAMENTE TENTAR DAR UMA DE DEUS, NEM PRECISO DAR DETALHES, POIS A MATERIA AI ACIMA JA DIZ TUDO. DEIXA OS BIXINHOS QUETO!

    • Angel:

      é verdade… daqui a pouco, mais pesquisas e pesquisas sobre anti-inflamatórios dos golfinhos.. e as matanças aumentam… novidade. 🙁

  • xd:

    agora eu pergunto o golfinho sempre foi assim? desde o principio? ele veio junto na arca? nao!!!! ele evoluio,como na outra materia um peixe foi flagrado usando uma pedra como ferramenta isso e evolucao. nao estou querendo desrespeitar as religioes mesmo que ela nao merecam respeito xD espero que possamos usar as abilidades biologicas dos golfinhos beneficamente. desculpem qualquer erro de portugues eu nao moro ai hehehe xD see ya

  • Lucas:

    Golfinhos, sempre nos surpreendendo 😀

Deixe seu comentário!