Os 10 números mais importantes do mundo

Por , em 3.09.2015

Você já ouviu alguém falar: “Eu não preciso de matemática”? Esta é uma das declarações falsa. Assim como os seres humanos usam sons verbais a fim de comunicar ideias e trocar informações, números (mais especificamente, a matemática) é o sistema de linguagem da natureza. Todos os dias, cada pessoa na Terra participa da bela equação da natureza, mesmo sem conhecê-la.

Quando você joga um pedaço de papel na lata de lixo que está a alguns metros de distância, como você sabe que não precisa jogar tão forte para fazer o papel chegar até a lata? É porque você instintivamente calculou a trajetória necessária, a resistência do ar, o peso do pedaço de lixo, e a força necessária para fazê-la chegar até o lixo.

Em última análise, a matemática nos permite sobreviver e faz a nossa sociedade funcionar.

Mas talvez a coisa mais impressionante sobre ela é que, ao longo da história, descobrimos conceitos e teorias que foram desenvolvidas e, no momento, encaradas como totalmente inúteis (ou pelo menos, assim parecia). No entanto, estes conhecimentos mais tarde provaram ser inestimáveis. Muitos levaram a importantes avanços em nossa compreensão do universo, e outros lançaram as bases para as teorias que passaram a nos dar uma compreensão mais profunda do cosmos.

Um exemplo disso é encontrado no campo da mecânica quântica, que surgiu por causa da obra de Einstein sobre relatividade geral. Com isto em mente, aqui vão os números mais importantes de toda a história:

10. A Constante de Avogadro

6,022 x 1023 é definido como o número de partículas em um mol de uma substância. A famosa Constante de Avogadro é usada para estabelecer relações entre constantes físicas e suas propriedades.

9. A Constante de Hubble

Esta constante determina a distância que outras galáxias estão da Terra e quão rápido elas estão se movendo para longe de nós. Ela, então, prova que o universo está expandindo e é usada para estimar seu tamanho e idade.

8. O Número de Euler

A constante de crescimento exponencial é utilizada em finanças para determinar juros compostos. O Número de Euler também é fundamental para a descrição das relações decadentes, como a datação por carbono 14.

7. A Constante de Planck

Esta constante foi nomeada em homenagem a Max Planck, o fundador da Teoria Quântica. O número reflete o tamanho e a energia na mecânica quântica, e é utilizado para ajudar a determinar o princípio da incerteza.

6. A Unidade Imaginária

A unidade imaginária é, por definição, a raiz quadrada de -1. Este número é usado para contornar o dilema de não haver raízes quadradas de números negativos.

5. A Proporção Áurea

Ela é usada em análise técnica financeira para prever o caminho de um mercado. A proporção áurea equivale a cerca de 1,61803, é observada frequentemente na natureza e entendida como a base matemática da beleza.

4. A Constante Gravitacional

A constante gravitacional aparece na Teoria da Relatividade de Einstein e é conhecida como Constante G. Ela ajuda a calcular a força entre dois corpos com uma determinada massa e é crucial para as engenharias.

3. A Constante de Boltzmann

Esta é a constante (1,3806488 × 10-23 m2 kg s-2 K-1) que relaciona a energia e a temperaturas de moléculas. Ela aparece em quase todas as formulações estatísticas da física quântica e clássica. Com ela, podemos explicar porque cubos de gelo derretem na água, mas não são espontaneamente criados em água morna.

2. O número Pi

Como foi Arquimedes quem estimou o cálculo de Pi, o número também ficou conhecido como “Constante de Arquimedes”. Ele é a razão entre a circunferência de um círculo com o seu diâmetro e é usado em princípios fundamentais do universo. E também cai em várias provas do ensino médio ao vestibular.

1. A velocidade da luz

A velocidade da luz é de 299.792.458 metros por segundo e é na verdade a maneira mais precisa para definir o comprimento de um metro. Este número tem sido usado em diversas fórmulas matemáticas, sendo que a mais famosa delas é a E=mc2.(fromquarkstoquasars, Youtube)

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (15 votos, média: 4,47 de 5)

2 comentários

  • Joaquim Jota Amelao:

    Adoro a física más ela é difícil

  • Claudio L Zanatta:

    Excelente artigo!
    Só faço o reparo, por dever de justiça, de que a Constante Gravitacional G é atribuída a Isaac Newton.

Deixe seu comentário!