Pequenos lanches são os “novos vilões” da obesidade

Por , em 30.06.2011

A obesidade é um tema frequente na pauta dos norte-americanos, e os médicos apontam agora um novo culpado para esse problema: os pequenos lanches que as pessoas fazem entre uma refeição e outra.

Quando se fala em “pequenos lanches”, significa que não se trata de uma das três principais refeições do dia. Aliás, de pequenos esses lanches não têm nada: é justamente a grande quantidade do que se come, nesses intervalos, que mantém os americanos em guerra com a balança. Além de grandes, são frequentes: não há apenas um, por exemplo, entre o almoço e o jantar. Há sempre mais.

Afirmar que há muitos obesos nos Estados Unidos não é mais novidade. Mas parece que esse número, apesar da já existente preocupação do país sobre o problema, segue aumentando. O último levantamento aponta que um terço dos americanos (ou seja, 72 milhões de pessoas) são categorizados como obesos. O consumo calórico cresceu quase um terço nos últimos trinta anos.

Este aumento ao longo das últimas três décadas foi o objeto de estudo de pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte. O valor, que era de 1803 quilocalorias em 1977 a 1978, passou para 2.374 no período entre 2003 e 2006. Cruzando os dados, eles repararam que a quantidade de alimentos ingeridos nas principais refeições permanece praticamente igual.

O que acontece é que nos últimos anos os americanos desenvolveram o hábito de comer o tempo todo, em casa e no trabalho, ou seja: há muito mais do que três refeições durante as 24 horas. Os nutricionistas apontam, dessa maneira, um novo caminho por onde se deve combater a obesidade: não exagerar nas refeições “não- ficiais” durante o dia. [BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • davis:

    “Um terço (ou seja, 72 milhões de pessoas)”
    – Censo 2010 308 745 538 hab.

    70 milhoes esta mais para um quarto
    100 milhoes seria um terço

    Gloria, desligue a TV e va ler um livro…ajuda no portugues ¬¬

  • Elizabeth:

    O estranho é que os nutricionistas daqui dizem que é preciso comer de 3 em 3 horas para emagrecer… vai saber…

  • BARRIGUDO:

    Pizza,minha vilã preferida,daí meu codnome,procuro passar longe de pizzaria…

  • gloria:

    Obesidade é um mal de quem tem dinheiro facil na mão,a facilidade q temos de comprar comidas prontas leva ao consumo de coisas ñ saudaveis .Vi hoje no procrama da Ana Maria Braga q as pessoas q fazem comidas p\ outros comerem ñ sabem fazer feijão!Os metres esolhidos são os 10 melhores,teriam 30 minutos p\ preparar um prato c\ feijão, 30 minutos ñ dá p\ cozinhar um feijão e preparar uma refeição, Eles serviram -no crú, e disseram q estava “ao deite”, Ninguem comeu estava muito ruim. Donde se conclue q fazer uma bôa comida leva tempo, e tempo p\isso as pessoas ñ tem.Melhor comprar pronta uma comida q vicia e engorda ,é mais saborosa ao paladar e ao ganho de tempo.

  • laender:

    Os americanos deveriam comer arroz e feijão nas suas refeições de almoço e deixar de lado as comidas gordurosas e sanduíches com refrigerante. Se seguissem o modelo brasileiro provavelmente não estariam obesos. Lembro que antigamente nós comíamos macarrão, maionese e carne assada, além de refrigerantes, somente aos domingos. Pizza ou churrasco, raramente. Eramos mais magros e mais saudáveis.

Deixe seu comentário!