Perto da maior galáxia já encontrada a nossa Via Láctea é um grão de areia

Por , em 26.11.2012

Não é novidade que a Terra (ou seja, nós) fica em uma galáxia chamada Via Láctea. Também não é novidade que essa galáxia é enorme – precisamente, tem cerca de 100.000 anos-luz de diâmetro.

Caso você esteja se perguntando, um ano-luz equivale a aproximadamente 10 trilhões de quilômetros. Aham. Para colocar os números em perspectiva, pense na Voyager 1, a sonda da NASA com a maior capacidade de viagem espacial que atingiu o ponto mais distante a partir da Terra até hoje: ela viajou um total de 18,19 bilhões de quilômetros nos últimos 35 anos.

É por isso que com certeza nunca visitaremos IC 1101, que fica na constelação de Serpens, uma enorme galáxia lenticular que reside no centro do aglomerado de galáxias Abell 2029, composto de milhares delas. Ela tem nada mais, nada menos que cerca de 5,5 milhões de anos-luz de diâmetro, e está a mais de um bilhão de anos-luz de distância da Terra.

Finalmente, se você acha o sol um troço gigante – e é -, saiba que ele também é apenas uma estrela de cerca de 100 a 200 bilhões na Via Láctea. E quantas existem em IC 1101? 100 trilhões.

Papa galáxias

A IC 1101 não se tornou a maior galáxia conhecida do universo do dia para noite. O processo provavelmente levou bilhões de anos.

Os cientistas afirmam que galáxias menores tornaram-se atraídas umas pelas outras e colidiram. Este processo, apesar de longo e árduo, acabou criando uma galáxia exponencialmente gigante, cheia de novos materiais e estrelas no processo.

Abell 2029. À direita, imagem ótica, à esquerda, imagem de raios-X.

A galáxia foi observada como parte do programa XMM-Newton Slew Survey Programme. O aglomerado Abell 2029 pode ser visto em raios-X porque está envolto em uma gigantesca nuvem de gás quente. Devido a sua elevada temperatura, ela emite fótons de raios-X.

O aglomerado também está envolto em uma quantidade de matéria escura equivalente a mais de uma centena de trilhões de sóis.

Ao medir com precisão a distribuição da temperatura e da intensidade dos raios-X em Abell 2029, os astrônomos tiveram uma ideia da distribuição de matéria escura na região interna do aglomerado de galáxias.

Os dados de raios-X sugerem que a densidade de matéria escura aumenta suavemente conforme se aproxima da gigante galáxia central. Esta descoberta está de acordo com as previsões dos modelos de matéria escura fria, e é contrária a outros modelos de matéria escura que predizem um nivelamento da quantidade de matéria escura no centro do aglomerado.

Se Abell 2029 for uma amostra representativa do universo, os novos dados indicam que 70 a 90% da massa do universo consistem de matéria escura fria – partículas misteriosas, “sobras” de um universo jovem e denso, que interagem umas com as outras e a com matéria “normal” apenas através da gravidade.

A matéria escura fria recebeu o seu nome a partir da suposição de que suas partículas estavam se movendo lentamente quando galáxias e aglomerados de galáxias começaram a se formar. A natureza exata dessas partículas é ainda desconhecida.[Chandra, XMM, Astounde]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (9 votos, média: 4,22 de 5)

13 comentários

  • Júnior Freitas:

    Mesmo irmotais eles não aguentaria a viaje d cem mil anos sem falar no combustível da nave q acabaria em 5% do caminho até lá

  • Júnior Freitas:

    Pq a distância de 100 mil anos luz e muito grande mesmo q os humanos criem uma nave q viaje na velocidade da luz eles não aguentaria a viaj

    • Cesar Grossmann:

      Viajar na velocidade da luz é impossível. O que daria para fazer era acelerar para 0,9999999999 da velocidade da luz.

  • Júnior Freitas:

    Ou seja é impossível o ser humano chega lá nesa Galaxia e na de Andrômeda mesmo q o ser humano consiga si tornar imortal e viva sempre

  • Raphael Nascimento:

    hahahaha… peraí… Vc disse 5.5 milhões de anos luz? Quer dizer que esta galaxia é simplesmente do tamanho do nosso grupo local e cobre com sobras a distância entre Via Lactea e Andromeda? É isso mesmo???????
    E que eu estou comentando isso quase um ano depois do início do post? Que absurdo!

  • Rone Firmino:

    Sim Sergio vou teorizar. Isso vai ocorrer em breve quando Deus primeiro destruir “estas” religiões junto com seus pastores e rebanho. ” estas” que eu eu digo são aquelas que queimaram pessoas vivas na inquisição. Estas tambem as atuais que ensinam um monte de bobagens pra seus rebanhos. como dizimo de 10%. E ainda as que dizem que a salvação é universal só pra continuar agregando mais pessoas que de vez em quando” passeiam” pelas igrejas. Teorizando tambem, quando Deus destituir e destruir “estes” governantes deste mundão. que preferem armar até os dentes seus exercitos enquanto sua população morrer de fome ou se mata em guerras civis. Estes tambem. uma organizaçãozinha de abreveatura ONU, que se diz que foi criada para trazer a paz e a união dos paises. Mas que na verdade, endossa as guerras. Já sobre tecnologia pra chegarmos as estrelas: se hoje não há tecnologia mesmo se Ele. Deus quisesse, sim chegariamos as estrelas. Mas pense um pouco: vc prefere entregar para um filho seu um brinquedo de lego já montado e dizer que vc o fez e só. Ou preferiria entrega-lo desmontado e ver a alegria dele e a sua. ensinando-lhe como fazer?… Está teorizado. Mas isso é só 0.01 % do assunto. Abs.

    • Giovane:

      LoL, que viagem. Falou falou, mas no final não falou nada.

  • Rone Firmino:

    Maravilhosa a Galaxia. A materia fala que os cientistas dizem que galaxias menores colidiram pra formar a maior. A palavra “afirmar” é muito forte neste caso. Poderiam dizer que ” teorizam” que isso ocorreu. Particularmente não acredito nisso. Tambem dizer que nunca iremos lá é um pouco pessimista, claro realista do ponto de vista atual. Mas o que dizer de apenas daqui 1000 anos…é claro não pela evolução tecnologica apenas do ser humano. Mas sendo a vontador do Criador do Universo. Sim seria possivel.

    • Sergio Moreira:

      Quer dizer que mesmo não havendo tecnologia, se deus quiser a gente chegaremos lá? Vamos teorizar como isso seria possível?

    • Sergio Moreira:

      Desculpe rsrsrsr “nos chegaremos”

    • Giovane:

      Se fosse pela “vontade” do “criador” e não pela tecnologia e conhecimento que temos adquirindo através dos anos, certamente estaríamos caçando animais com lanças e morando em cavernas.

    • thiago leite:

      Entao ao invés de investir em tecnologia e ciencia o ser humano devia investir em igrejas, assim Deus vai ficar contente e levar a gente de uma ponta à outra do universo pendurados em sua barba

  • Marte:

    Muito bacana. Grande.

Deixe seu comentário!