Pesquisadores criam pepita de paládio usando “alquimia moderna”

Por , em 3.01.2011

O paládio é um material muito raro, e que é usado em vários equipamentos eletrônicos atuais. Mas produzir essa belezinha é muito complicado. Para conseguir o feito, cientistas precisaram apelar para a nanotecnologia.

Para criar o paládio, precisamos misturar prata e ródio. O problema é que, em condições normais, esses elementos são como água e óleo: não se misturam de jeito nenhum. A nanotecnologia, através de um processo chamado de nebulização, consegue tornar essa mistura estável.

A descoberta empolga pesquisadores não só pelo barateamento do paládio ou da abundância que o material terá, mas porque pode ser usado em outras ligas de difícil obtenção também.

A forma com que a nanotecnologia fez com que duas substâncias tão diferentes se unissem fez com que a imprensa internacional passasse a chamá-la de alquimia moderna. Afinal, pode ser que consigamos, algum dia, criar ouro a partir de outro metal. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

15 comentários

  • JOSÉ FRAJTAG:

    Esse artigo ou foi mal escrito ou péssimamente traduzido, por alguém muito ignorante do assunto, pois o que se obteve não foi o paládio e sim uma liga de prata com ródio, que tem a apenas a aparencia do paládio. Ou seja é o paládio falsificado. Outra coisa que leio muito pela NET é que o paládio é muito caro. É realmente, mas custa aproximadamente a metade do preço do ouro nesse julho de 2011. O ouro está proximo de 1600 dolares a onça enquanto o paládio está proximo de 800.

  • JORGE:

    O QUE ELES FIZERAM(NEBULIZAÇAO)E SOMENTE,RUSTICAMENTE FALANDO,TIPO UMA UNIAO ENTRE ELES COM OUTRO ELEMENTO QUE NAO FOI DIVULGADO.TAMBEM, ASSIM QUALQUER UM COM RECURSOS($) IRIA TENTAR FAZER.

  • Victor:

    ha uma historia q um cientista ingles conseguiu transformar chumbo em ouro, o problema e q a experiencia foi tao cara q ele decidiu destruir todo tipo de instruçao para fazer-la.

    paladio e mesmo uma total dificuldade, e como colocar 1 gota de oleo em 25 litros de agua, fica impropia pro consumo

  • Igor:

    José Calasans:
    A ciência já vem fazendo isso há muito tempo, vide as viagens espaciais, submarinos, água na Lua…

  • José Calasans:

    É como eu comentei outro dia,é apenas uma questão de tempo até q/ a ciencia e tecnolgia consigam transformar a ficção em realidade,e não vai demorar muito.

  • Tony Amorim:

    Então já é hora do LHC dar algum retorno financeiro e o pessoal de lá pensar em algum jeito de criar paladio e ouro verdadeiros com aquela coisa, na tradicional “força bruta” mesmo.
    Afinal o equipamento com certeza conta com potência suficiente, nem que seja pra criar um pouquinho de cada vez, metal barato pra “alquimia” tem aos montes, só falta agora desenvolver a técnica.

  • Cesar:

    Zé da Feira, existem várias ligas que imitam bem alguns metais raros. No caso, a liga de ródio e prata, feita em condições especiais, apresenta as mesmas características que tornam o paládio interessante para a indústria de informática. A liga não imita perfeitamente o paládio, apenas algumas características que são interessantes.

    E não é só o paládio que pode ser substituído por uma liga mais barata, existem outros metais, eu lembro de já ter visto isto. Acho que o título para este tipo de pesquisa é “metamateriais”.

  • Maikel M. Rönnau:

    Isso vai desvalorisar o paládio!

  • Ze da Feira:

    Oool sim Romero , agora ta certo . Que pena que não é verdade rsss.

  • Romero:

    O artigo foi traduzido incorretamente,não se cria paládio com ródio e prata e sim uma liga destes que imita as propriedades do paládio…

  • Tony Amorim:

    Talvez não seja ainda uma “fusão”, pode ser só um processo altamente sofisticado de “mineração”, quem sabe?
    Mas realmente, faltam muitos detalhes no artigo, espero que tenhamos outro mais completo no futuro…

  • Tony Amorim:

    Sendo assim, a “alquimia moderna” já conseguiu melhor, já que o paládio é bem mais caro, raro e útil que o ouro.

  • Ze da Feira:

    Estamos falando de fusão nuclear ? o paladio não é uma substancia e sim um elemento. se usarmos dois elementos para fabricar terceiro elemento isso é fusão. de cara vai perder no minimo um netron e isso gera muita energia. O artigo esta correto ? se for isso, descobrimos uma fonte eterna de energia. alguem pode me explicar melhor ?

  • ShadowsAV:

    Ah, achei que iria ter detalhes sobre essa nebulização…

  • Leider Lincoln da Silva Só:

    O Paládio é bem mais caro do que o ouro. Se isso se mostrar viável em larga escala, será fantástico!

Deixe seu comentário!