Gamer famoso no Youtube, “PewDiePie” responde aos críticos que se irritaram com sua fortuna

Por , em 8.07.2015

Não sei se você já ouviu falar de Felix Kjellberg, conhecido pelos seus 37 milhões de fãs como “PewDiePie”. O sueco de 25 anos tem um canal no YouTube de muito sucesso, no qual posta filmagens de si mesmo jogando diferentes games e mostrando suas reações. Como esse aqui:

Recentemente, a notícia de que Felix ganhou 7,4 milhões de dólares com seus vídeos em 2014 irritou grande parte da web, causando comentários raivosos na página do rapaz.

O motivo do ódio: ninguém gosta de saber que alguém ganha muito mais dinheiro, enquanto aparenta trabalhar muito menos do que o resto dos meros mortais. Por aqui existem muitos “Felix brasileiros”, como participantes de reality shows, comediantes amadores e cantores de funk, constantemente criticados por suas fortunas que vieram às custas de serem “idiotas”, “não fazerem nada” e etc.

Antes de julgar o Felix também, talvez você queira dar uma olhada no seu último vídeo (em inglês), comentando justamente sobre dinheiro:

“Não me importo com isso”

Não sabemos se é de fato verdade que ele ganhou tudo isso em 2014, mas é provável. Em 2013, ele confirmou ter feito cerca de US$ 4 milhões. Se você ainda não entendeu como é possível que PewDiePie tenha tanto dinheiro, é só pensar que ele tem mais fãs que One Direction e Taylor Swift, por exemplo.

O vídeo acima alcançou 1,6 milhões de visualizações em menos de 24 horas. Respondendo a críticas, ele disse: “Dinheiro é um tema que eu propositadamente evitei durante os cinco anos que venho fazendo vídeos. Eu só quero fazer vídeos divertidos”. Apesar de reconhecer que dinheiro é importante para todos, ele disse que continuaria fazendo suas filmagens mesmo que não fosse tão conhecido.

Felix também compartilhou com seus fãs relatos sobre o início de sua “carreira”, na qual teve problemas para pagar o aluguel e não tinha nem como comprar um computador próprio. Ele teve diversos empregos, incluindo em um trailer de cachorro-quente, e por isso disse “entender o que as pessoas estão sentindo”.

Além disso, PewDiePie reforçou que “gasta mais dinheiro com instituições de caridade do que com qualquer coisa que já comprou” para si mesmo, algo que ninguém lembra. Para finalizar, afirmou que realmente não crê que dinheiro traga felicidade, e que está tão feliz agora como estava quando vendia cachorros-quentes.

“Tente você também”

Felix também respondeu alguns comentários específicos que o criticavam. Apesar de usar ironia, ele falou algumas verdades.

Por exemplo, um usuário comentou que “seria ótimo se ele pudesse ganhar tanto dinheiro sendo retardado na frente de uma câmera”, ao que PewDiePie rebateu: “Eu acho que isso é o legal do YouTube. Qualquer um pode fazer [o mesmo que eu], tecnicamente”. Felix incentivou o comentarista a tentar também, afinal, quem sabe? Talvez ele tenha a mesma “sorte”.

Outro usuário desejou que pessoas mais engraçadas ganhassem o que Feliz ganha, pois pelo menos elas realmente sabiam fazer alguém rir. PewDiePie lamentou que a vida não seja justa, e encorajou o usuário (bem como a todos na internet) a apoiar os artistas nos quais ele acredita, porque essa é a única maneira desses criadores de conteúdo serem pagos.

A moral aqui parece ser a de que as pessoas desperdiçam muita energia “achando ruim” de tudo. Se você não crê que Felix Kjellberg mereça fama, faça como ele sugeriu: ao invés de assistir um de seus vídeos só para criticá-lo, vá apoiar alguém que você acha que seja digno de seu tempo. Ou faça um vídeo que você ache ser melhor – quem sabe outros irão concordar com você, e você ganhe seus milhões também. [BBC, Kotaku]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • Georlandio Oliveira:

    Eu sei que pode parecer fácil, mas melhor pra ele, isso é uma mera sorte do destino, ponto pra ele!!

  • lucs:

    Como economista, reconheço o mérito do Pews em gerar valor para uma quantidade tão grande de pessoas. Como qqr artista, ele gera valor.

Deixe seu comentário!