Planeta com dois sóis é descoberto e levanta dúvidas sobre teorias espaciais

Por , em 26.10.2010

Lembra-se de Tatooine, o planeta com dois sóis, lugar onde Anakin Skywalker nasceu? Um planeta com duas estrelas “mães”, assim como Tatooine, foi descoberto. O problema é que essa descoberta acaba impactando as teorias sobre formação de planetas que conhecemos.

O novo planeta é um gigante gasoso e ele fica muito próximo a duas estrelas para abalar a idéia de que a poeira e os gases que circulam as estrelas aumentariam o centro rochoso do planeta – então ele teria que ser, basicamente, uma grande rocha, mas não uma enorme bola de gás. A segunda estrela, para que nossas teorias anteriores estivessem corretas, deveria ter “soprado” o gás e a poeira do planeta gigante para longe, deixando apenas seu centro rochoso.

A nova descoberta mostra que uma teoria chamada de “colapso gravitacional”, antes conhecida como “alternativa” pode ser possível – regiões de poeira espacial densa poderiam formar planetas muito rapidamente e eles se manteriam no lugar através de sua própria força gravitacional.

O gigante recém-descoberto é do tamanho de Júpiter e fica em um sistema binário, a 49 anos luz de distância, na constelação de Lira. Mas ele não é o único planeta com dois sóis que conhecemos. Astrônomos já descobriram vários deles, provando que um por do sol duplo, como visto em Star Wars (foto), pode ser um fenômeno real. No entanto, ele é o único gigante gasoso descoberto nessa situação. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

14 comentários

  • Arthur:

    acredito q ele é inabitavel (por seres complexos) por um simples fato… ele é gasoso,e mesmo q tivesse 16 ou ate mais estaçoes nao seria problema para a vida la!,pois como o ser humano ja viu os seres vivos se adaptam muito bem ao ambiente.
    e com relaçao ao ser humano saber pouco sobre o universo,é obvio q é verdade,mas se pensarem bem,nao sabiamos nada,agora sabemos pouco,algum dia podemos ate intender como tudo funciona,e de nada adianta fica falando q nao sabemos de nada,sendo q se é assim BORA APRENDER ENTAO!!

  • Marco:

    Super fotossintese.

  • Jéssica Rodrigues:

    Se há mesmo planetas com dois sóis, eles trabalham juntos?
    Como seria as estações do ano? Seria um planeta inábitavel por temperatura provavelmente muito alta?
    Dúvidas e mais dúvidas, o universo se consiste em mistérios não é mesmo.

  • Elias Teixeira:

    O ser humano, alem de nao saber nada do nada é muito curioso e ……………….

  • BFFA:

    a volta das duas estrelas*

  • BFFA:

    só se o planeta fozesse uma espécie de 8 à volta dos dois planetas mas muito improvável…

  • Jocafe:

    Planeta, como definido pela União Astronômica Internacional (UAI), é um corpo celeste orbitando uma estrela ou restos estelares que tem massa suficiente para haver rotação em torno de si através da gravidade.
    Logo para ser um planeta deve orbitar algo que lógicamente não podem ser dois.
    Acho que esta havendo um equívoco com esse sistema.

  • Bilu:

    Busquem conhecimento.

  • Kayo Hamid:

    O ser humano realmente conhece pouco, e deve se preocupar em saber mais e mais.

  • willian:

    O ser humano ainda não conhece nada. Seres humanos são crianças teimosas e birrentas.

  • ira:

    Nada de anormal,simplesmente mais teorias acadêmicas científicas que vão caindo.
    Durante esta década a ciencia astronômica teórica ou não, ainda vai ficar de cabelos em pé,novas descobertas serão feitas neste campo.
    Quando novas descobertas astronômicas surgirem,então a ciencia atual saberá que este planeta ja foi mãe de civilizações de grau muito adiantado,embora tarde,mas pelo menos saberão.

  • Rodrigo:

    Star Wars…Bons Tempos…

  • DimasDark:

    @Harley

    kra, eu acho que não existe estações lá, apenas diferenças de temperatura no planeta. Uma parte super gelada, outra super quente, etc…

  • Harley Eugenio:

    como deve ser as estacoes nesses planetas? 16 estacoes? para ter todas as combinacoes, verao 1 ( as duas estrelas juntas ), verao 2 ( so uma estrela junta ), etc… que locura.

Deixe seu comentário!