Primeiro arco-íris alienígena da história

Por , em 13.03.2014

Pela primeira vez, um tipo de “arco-íris” foi fotografado em Vênus, com a sonda Venus Express da Agência Espacial Europeia (ESA).

Esse belíssimo fenômeno óptico é conhecido como “glória”, e é diferente do arco-íris comum que observamos aqui na Terra. Ao invés do amplo formato de arco, glórias normalmente são pequenas e se formam em uma série de anéis concêntricos coloridos centrados em um núcleo brilhante.

Esse fenômeno raro também ocorre na Terra, e nunca havia sido observado em outro planeta. Ele acontece quando a luz solar brilha sobre gotas de nuvens – é possível observá-lo acima das nuvens, em aviões ou montanhas. A diferença é que, em Vênus, as partículas não são de água, mas de ácido sulfúrico.

qmvvnmweaimdeyvsetks

As fotografias da glória extraterrestre foram capturadas 70 quilômetros acima da superfície de Vênus. O círculo colorido observado tinha cerca de 1,2 mil quilômetro de largura. Isso sugere que as partículas das nuvens têm aproximadamente 1,2 micrometros de largura, o que equivale a um quinto da espessura de um cabelo humano.

Devido ao grande tamanho da glória observada, astrônomos acreditam que as partículas são uniformes, e as variações no brilho sugerem que outros elementos químicos estão envolvidos no fenômeno.

A Venus Express é a primeira missão da ESA a Vênus. A sonda, lançada em 2006, faz observações da atmosfera venusiana, das características da superfície do planeta e da interação do ambiente com o vento solar. [io9/Venus Express]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!