Descoberta de vida extraterrestre até 2020 – Mercúrio ou Marte?

Por , em 10.12.2012

Por Mustafá Ali Kanso

Nas últimas semanas recebi uma enxurrada de e-mails de meus leitores por conta de duas notícias veiculadas aqui no Hypescience.

A primeira se refere aos resultados da primeira análise completa do solo marciano realizada pela sonda Curiosity e a aparente “atmosfera de mistério” com que o relatório da NASA foi cercado até sua publicação na União Geofísica Americana do dia 03 de dezembro.

E a segunda, relacionada com a descoberta de gelo e compostos orgânicos complexos em Mercúrio.

Evidentemente tudo a ver com meu artigo de 15 de julho “Descoberta de Vida Extraterrestre até 2020” – sugerindo que um azarão tinha entrado no páreo.

De fato, Mercúrio seria um dos últimos astros a ser cotado como forte candidato a abrigar formas de vida (mesmo primitivas), seja em virtude das elevadas temperaturas de sua superfície, seja pela elevada dosagem de radiação ultravioleta que a tudo esteriliza – dada sua órbita ser a menos afastada do Sol.

Ironia ou não, a discussão se reacendeu, muito mais por Mercúrio do que por Marte.

Em alguns e-mails, meus leitores, que também ousam fazer algumas previsões, sugerem que Mercúrio poderia ser a descoberta do século – pois algumas crateras de seu polo norte ficam “às escuras” livres de toda a abundância esterilizadora da energia solar.

Mesmo com a pouca probabilidade desse azarão entrar na galeria dos planetas premiados com a possibilidade de vida, a notícia por si só faz acender algumas luzes em nossos painéis de assombro.

Isso sem contar Titã – a célebre lua de Saturno – cujos indícios da presença de oceano de água se tornaram mais concretos depois das análises dos dados coletados pela sonda Cassini.

Marte surge como favorito, principalmente com os esforços realizados nesses últimos anos e a divulgação da agenda de novas missões:

2013 – Sonda MAVEN (NASA)
Como a própria sigla sugere, a sonda MAVEN para Mars Atmosphere and Volatile EvolutioN ( evolução da atmosfera e ambientes voláteis de Marte) deverá estudar a atmosfera superior de Marte tendo como um dos principais objetivos descobrir o que ocorreu com os oceanos que parecem ter coberto Marte no passado

2016 – Missão InSight (NASA)
Programada para ser lançada em Março de 2016 e chegar a Marte em Setembro do mesmo ano a Insight terá como objetivo principal o estudo do interior de Marte, na tentativa de descobrir porque o planeta não possui placas tectônicas que se deslocam, como na Terra e o que provoca seus abalos sísmicos e com isso tentar entender um pouco mais sobre a formação dos planetas rochosos.

2016/2018 – Missão ExoMars (NASA/ESA)
Em missão conjunta com a Agência Espacial Europeia (ESA) a missão ExoMars composta por módulo orbitador e veículo de exploração no solo tem como principal objetivo a busca por gelo e água e também sinais de vida.

2020 – PRÉVIA ORBITAL (NASA)
Um novo veículo robô, similar ao Curiosity, terá como principal tarefa levantar as informações necessárias para viabilizar a missão tripulada de 2030.

Com todas essas novas missões para o planeta vermelho ouso reiterar o que já afirmei – a declaração oficial da descoberta de vida não terrestre é apenas uma questão de tempo.

Minha previsão é que isso ocorrerá até 2020. Qual é a sua, meu caro leitor?

-o-

[Imagem de arquivo]

 

[Leia os outros artigos de Mustafá Ali Kanso]

 

LEIA SOBRE O LIVRO A COR DA TEMPESTADE do autor deste artigo

À VENDA NAS LIVRARIAS CURITIBA E ARTE & LETRA

Navegando entre a literatura fantástica e a ficção especulativa Mustafá Ali Kanso, nesse seu novo livro “A Cor da Tempestade” premia o leitor com contos vigorosos onde o elemento de suspense e os finais surpreendentes concorrem com a linguagem poética repleta de lirismo que, ao mesmo tempo que encanta, comove.

Seus contos “Herdeiros dos Ventos” e “Uma carta para Guinevere” foram, em 2010, tópicos de abordagem literária do tema “Love and its Disorders” no “4th International Congress of Fundamental Psychopathology.”

Foi premiado com o primeiro lugar no Concurso Nacional de Contos da Scarium Megazine (Rio de Janeiro, 2004) pelo conto Propriedade Intelectual e com o sexto lugar pelo conto Singularis Verita.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,33 de 5)

28 comentários

  • Yasmim Abreuzinha:

    fala serio isso e ilario meu sonho e conhecer espaço solar sou estudante eu amo atronomia

  • Marcos Pedroso:

    Estamos Sozinhos no universo.
    A terra é uma coincidência incrível, sendo o único planeta com água liquida em presença de atmosfera com 20% de oxigênio e também o único com placas tectônicas e temperatura media de água liquida. Se existe outro assim não conhecemos. Por aqui nunca ficou provada visita de extraterrestre, sempre são fenômenos naturais conhecidos ou desconhecidos.
    Mas tem pessoas que:
    1- Acham que estamos sozinhos no universo.
    2- Acham que pode haver bactérias.
    3- Acham que pode haver vida animal, não inteligente.
    4- Acham que existem ETs inteligentes, porem nunca vira aqui pela distancia.
    5- Acham que existem e que já vieram aqui.
    Qual sua opinião?

    • paola_proeza:

      Marcos Pedroso.
      Você por acaso acha que o universo é tão limitado assim?
      Somos apenas um pontinho em uma infinidade de galáxias, planetas, sistemas… Nosso sistema não é o único que existe no universo, e o universo que conhecemos é o que os cientistas conseguem ver com seus instrumentos limitados.
      Por isso acho que “coincidência” é muito provável que ocorra novamente.

    • sergio_panceri:

      espero que não demore muito a nós para entender que as regras que se aplicam aqui neste sistema não necessariamente podem ser encontradas em outras partes do universo ou inclusive em sistemas proximos ao nosso.
      vida inteligente? claro, já existiram pelo menos aos milhares, agora capazes de sobreviver ao falecimento de sua estrela/planeta e/ou sistema, aí já é outra coisa… mas vou evitar este topico por hora, discutir tempo é mto relativo rsrs… abçs

  • Daniel Arcanjo:

    alquém poderia me responderessa questão?

    Se Marte realmente existiu vida isso que dizer que lá possa haver petroleo?

    • Gabriel Souza:

      amigo mesmo que exista petroleo ( o que acredito como ,afirmação finalque, que não há! ) não fará diferença alguma , pois se podermos formar algum tipo de colonização em marte, não será por meio de poluição , como fasemos aqui na terra, alen do que , ja temos tecnologia suficiente para obtermos energia de outras forma…

  • Andre Luis:

    Eu acredito que não demorará muito para recebermos noticias sobre vida fora da Terra. Talvez possa haver vida em Mercúrio, Marte e as luas dos planetas jovianos ao mesmo tempo!

    • Chuck Norris®:

      Concordo. Pode haver vida em Marte e em algumas luas.
      Fico imaginando as incríveis formas de vida que deve existir em outros planetas da nossa galáxia. Não conhecemos nem nosso Sistema Solar.

  • Flávio Fortunato:

    ANOTEM O QUE EU VOU DIZER: NÃO DESCOBRIRÃO VIDA NO SISTEMA SOLAR ATÉ 2020, TUDO ISTO É PURO SENSACIONALISMO. A PROBABILIDADE DE SUA EXISTÊNCIA TRANSCEDE AS MÍSERAS EVIDÊNCIAS DE MOLÉCULAS ORGÂNICAS E ÁGUA NESTES PLANETAS.NÃO É TÃO SIMPLES O ACASO ORIGINAR MOLÉCULAS DE DNA AUTOREPLICANTES EM SIMPLES PLANETAS ESTÉREIS

    PAREM COM ESTE ESTÚPIDO SENSACIONALISMO!!!!

    • Mustafá Ali Kanso:

      Flávio, se você ler atentamente os artigos sobre os extremófilos aqui no Hypescience [https://hypescience.com/extremofilos-8-formas-de-vida-bizarras/] você vai descobrir que o fato da vida acontecer mesmo nos lugares mais inóspitos e aparentemente estéreis não é sensacionalismo – é na verdade – simplesmente sensacional!

      Grato pela audiência.

    • Cesar Crash:

      Seria legal esperar até 2020 então. Eu tô com o Flávio. Quem quiser apostar até 2020, 2030, eu topo. Só que ria saber o que aconteceu com meu outro comentário. Acho que vou seguir a “SL”…

  • Dorival Fernandes Camara Junior:

    Acho uma coisa muito estranha: sempre é falado que os cientistas tem mente aberta, que pesquisam coisas novas e por ai vai. Mas no caso de vida em outros planetas, estão sempre bitolados procurando em planetas que tenham água. Quem disse que esses supostos habitantes do universo tem que ter um corpo parecido com o nosso? Só porque não conhecemos vida que não seja baseada em água não quer dizer que não exista. Será que não é o contrário? Nossa vida é baseada em água, pois existe em abundância na Terra? Caso exista vida em outros planetas, ela será baseada nos compostos que existe nesses planetas.

    • Germano:

      usando alguns principios
      eles procuram os componentes que agente conhece sobre o que a “vida” precisa para surgir
      se eles tivessen recursos $$$$ para explorar tudo eles iriam fazer isso
      como a historia não é assim, eles gastam a grana que tem observando lugares mais “provaveis”

      melhor que dar tiro no escuro

    • Dorival Fernandes Camara Junior:

      Isso eu até concordo, mas não é o que realmente acontece. As matérias que leio eles são bem enfáticos em dizer que onde não existe água não pode existir vida.

    • Germano:

      na terra ja encontraram bactérias vivendo dentro de vulcões
      e em preções absurdas nos mares
      então eu não duvido mais de nada sobre a vida em lugares extremos fora da terra

    • Giovane:

      Na minha opinião, os cientistas agem assim pois sabem que os elementos mais abundantes do universo têm grandes afinidades entre si, de forma que a probabilidade de haver vida baseada em carbono e água seja maior em relação aos outros elementos. É justamente a afinidade dos elementos mais abundantes do universo que fazem com que a procura de vida seja baseada na única forma vida que conhecemos: a terrestre.

  • Franklin Roosevelt Medeiros:

    a sociedade está disposta a acreditar nos fatos quando eles forem apresentados como fatos, de frente a sua face. mas somente quando os fatos concordarem com os fatos que eles acreditam.
    e ai? vão ficar esperando a NASA ou o governo dizer que existe vida extraterrestre ou buscar pesquisar com os seus próprios meios? abram os olhos e suas mentes, descubram que não são os governos donos da verdade.

  • Jaime Junior:

    Pensem na possibilidade de insetos da Classe Isoptera (cupins termitas), e “… confere a estes insetos a possibilidade de desempenhar papéis como o de “super decompositores” e auxiliares no balanço Carbono-Nitrogênio (Higashi & Abe, 1997.” “Nuvens de metano em Marte podem indicar vida – Terra.com.br; “Os cupins são o segundo maior produtor de metano natural. O metano é produzido por meio dos processos digestivos naturais destes insetos. Populações de insetos também contribuem para a produção de metano natural.” Várias fontes indicam o mesmo. http://www.manutencaoesuprimentos.com.br/conteudo/6120-de-onde-vem-o-gas-metano/.

  • Germano:

    aparentemente marte esta morto
    alguma desgraça aconteceu la e o transformou naquele deserto infinito
    até Jupiter tem mais chances do que marte

  • Shilik@:

    Essa loucura de querer investir uma tamanha grana na expectativa de encontrar seres em outros planos, me leva crer que os entendidos não cultivam o conhecimento espiritual. Se assim fosse, eles voltariam seus pensamentos para ajudar a população na terra mas não, envolvidos por querer manter a supremacia e pela ganância, acabam se atrasando e envolvendo a massa num círculo sem fim. Querer sair da terra para fincar o pé fora dela é uma tolice. Isso é a mesma coisa que querer colocar uma criança que nunca estudou na faculdade. Nós humanos, trilhamos as etapas de nossa evolução na terra até um dia não precisar encarnar mais nela. Não é atoa que temos diversas dificuldades para querer atravessar até mesmo no espaço. Só que ninguém se pergunta porque existe tanta dificuldade, e é lógico, caso fosse fácil, você gostaria de ficar passeando eternamente sem fazer nada!

    • Cíntia Miguel:

      Sem entrar na questão espiritual, para mim o principal motivo pra acreditar que existe vida inteligente extraterrestre, é justamente a falta de contato. Quem inteligente se envolveria com esse ser tão vil que é o humano?

    • Diego J. Teixeira:

      “Nós humanos, trilhamos as etapas de nossa evolução na terra até um dia não precisar encarnar mais nela. ”
      Ja parou para pensar que a questão não é ‘precisar’? Estamos em uma situação em que, ou procuramos sair desse ovo a partir de agora, ou logo logo ninguém mais nasce nesse buraco… Esta correto em afirmar que a humanidade trilha em etapas, etapas que obviamente segue uma evolução… E a etapa atual é exatamente essa, ta na hora de expandir. Pesquisas/descobertas cientificas, seja elas dentro deste Planeta ou não, sempre favorecem qualquer ser presente neste cubículo. Caso não saiba, pesquisas no espaço já favoreceram em inúmeras questões na medicina. Que somente ocorreu por que o homem teve a ambição de pisar na lua. Diria que, enquanto pessoas se fecha neste mundinho somente guiados pela espiritualidade, nunca que o ser humano ira evoluir. Se basear em crenças não é errado, errado é viver somente delas. O mundo corre, e a cada momento está mais apertado. Para 1 pessoa o mundo é extremamente grande, mas para 7 bilhões ele é extremamente pequeno. Pensar em ajudar os outros também não é errado, este é o caminho, mas nem sempre faremos o melhor para elas se focarmos apenas em um único caminho, nos privarmos do conhecimento e tentar apenas melhorar o mundo, que somente com ‘etapas’ seria possível.

    • Dorival Fernandes Camara Junior:

      Legal seu comentário, mas sem entrar na discussão de religiões, não são todas que são contrárias ao conhecimento. Segundo, o argumento de pesquisas espaciais porque o planeta não suporta os habitantes não esta correto. Por exemplo, como vamos reclamar que não temos água pra todos se poluímos boa parte dela? Porque não deixar de gastar uma quantia absurda de dinheiro para povoar outros planetas se podemos pesquisar métodos agrícolas mais produtivos aqui na Terra? Produção sustentável, diminuir a poluição… Produção e ambiente não são necessariamente contrários, só que geralmente fica mais caro fazer de uma maneira que não agrida o ambiente.
      Não sou contra a pesquisa espacial e nenhuma outra, mas acredito que os recursos gastos e o direcionamento tomado devem ser responsáveis.

    • Shilik@:

      Caro Diego, o mundinho espiritual na qual você se encontra é que não permite que consigas ter um entendimento melhor na sua própria evolução. Nós não precisamos sair da terra para poder melhorar nossas vidas, veja o quanto que temos de problema e se quer os entendidos se voltam para ajudar. Infelizmente, pessoas como você e tantas outras, cultivam essa mentalidade de não querer crer no campo espiritual e que ele é fundamental para a nossa evolução e conhecimento em qualquer área. Um abração……………

  • Lucas Noetzold:

    Mas sequer há uma definição coerente do que é a vida. Talvez encontrem micro-organismos originários da Terra ou que deram origem a vida na Terra, mas não podem esperar encontrar formas de vida totalmente isoladas se ainda não têm-se uma definição para tal (há sim mas está constantemente sendo modificada).

Deixe seu comentário!