Produtividade: depois das 21h, celular detona a sua no trabalho

Por , em 23.01.2014

De acordo com uma nova pesquisa da Universidade de Washington (EUA), desligar seu telefone depois das 21h pode afetar sua produtividade no trabalho no dia seguinte. Isso porque mexer no celular tarde da tarde prejudica seu sono e afeta sua performance na próxima manhã.

Produtividade e celular

“Smartphones são extremamente valiosos para ajudar as pessoas a se ajustar a atividade profissional em tempos e lugares fora do escritório”, diz Christopher Barnes, principal autor da pesquisa, que será publicada na revista Organizational Behavior and Human Decision Processes. “No entanto, usá-los à noite pode ser um tiro que sair pela culatra. Os smartphones são ruins para o sono, e dormir é muito importante para a eficácia no trabalho”.

Segundo os pesquisadores, infelizmente, os smartphones são quase perfeitamente projetados para interromper o sono. “Porque eles nos mantêm mentalmente envolvidos com o trabalho até tarde da noite, tornam mais difícil de separar psicologicamente as preocupações mais prementes do dia para que possamos relaxar e adormecer”, explica Barnes.

Talvez o aspecto mais difícil de evitar dos smartphones é que eles nos expõem à luz à noite, incluindo luz azul. “Mesmo pequenas quantidades de luz azul inibem a melatonina, substância química que promove o sono, o que significa que as telas de smartphones são capazes de produzir este efeito”, argumenta o pesquisador.

A equipe realizou dois estudos. Em um, 82 gerentes com cargos de médio e alto nível participaram de vários questionamentos por dia durante duas semanas. “De acordo com nossas hipóteses, descobrimos que o uso de smartphones tarde da noite cortou o sono e deixou as pessoas cansadas pela manhã, o que, como resultado, levou a menos engajamento no trabalho no dia seguinte”, concluíram os cientistas.
O segundo estudo pediu que 161 funcionários completassem o mesmo conjunto de testes e monitorassem seu uso noturno de televisão, celular, computadores e tablets. “De todos esses dispositivos, smartphones foram associados com os efeitos nocivos mais poderosos no sono e na eficácia no trabalho”, disseram os pesquisadores.

A equipe diz acreditar que a chave para contornar o problema é que patrões concordem exatamente quando os funcionários devem estar online, abstendo-se de mandar mensagens e e-mails tarde da noite. Os empregados também devem evitar usar o celular antes de dormor para não interferir em uma boa noite de sono. [DailyMail]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!