Produtos comuns, incluindo sabonetes, podem conter tóxicos extremamente nocivos à saúde

Por , em 12.12.2010

Pesquisadores americanos descobriram que uma exposição excessiva ao triclosan em jovens e uma exposição excessiva ao bisfenol A em adultos podem ter efeitos negativos sobre a saúde do corpo humano.

Pesquisas anteriores já haviam associado efeitos negativos ao triclosan e bisfenol A, mas tinham sido realizadas com animais. Este é o primeiro estudo que mostra como esses tóxicos influenciam a função humana.

O triclosan e o bisfenol A pertencem a uma classe de substâncias tóxicas ambientais chamadas de compostos desreguladores endócrinos (CDE), e podem imitar ou afetar os hormônios que causam riscos à saúde em seres humanos.

Segundo os cientistas, o triclosan pode ser encontrado em sabonetes antibacterianos, dispositivos médicos, pastas de dente, canetas e fraldas de tecido, e pode causar alergias em pessoas jovens. Já o bisfenol A pode ser encontrado na maioria dos plásticos, revestimentos de proteção em latas e alimentos, e pode prejudicar o sistema imunológico dos adultos.

Os pesquisadores utilizaram dados coletados entre 2003 e 2006. Eles compararam os níveis de anticorpos citomegalovírus (CMV) e o diagnóstico de alergias e de febre de feno (reação alérgica) a partir de amostras urinárias que continham bisfenol A e triclosan de adultos e crianças acima de seis anos nos EUA.

Os resultados mostraram que pessoas com mais de 18 anos com níveis mais elevados de bisfenol A tinham níveis altos de anticorpos CMV. Isso indica que o sistema imunológico da pessoa pode não estar funcionando corretamente.

Já aqueles com idade inferior a 18 anos, e com altos níveis de triclosan, tinham um risco aumentado de desenvolver alergias ou febre do feno.

Esses resultados, especialmente o do triclosan nos grupos etários mais jovens, podem apoiar a “hipótese da higiene”, que sustenta que viver em ambientes muito limpos e higiênicos pode afetar a exposição a microrganismos que são benéficos para o desenvolvimento do sistema imunológico das pessoas.

Por exemplo, usar uma quantidade excessiva de sabonetes antibacterianos com triclosan na infância pode alterar a forma como os sistemas imunológicos das crianças se desenvolvem, ao alterar os micro-organismos aos quais elas são normalmente expostas.

Outra conclusão dos pesquisadores foi que a exposição ao bisfenol A depende da idade. Os com mais de 18 anos que tinham níveis maiores de bisfenol A também tinham níveis altos CMV, mas o contrário ocorreu com as pessoas menores de 18 anos. Os pesquisadores acreditam que isso significa que o momento, a quantidade e a duração da exposição determinam como o sistema imunológico é influenciado pelo bisfenol A.

O próximo passo dos pesquisadores é usar esse estudo para descobrir se os efeitos a longo prazo do triclosan e do bisfenol A em seres humanos são uma relação causal. Afinal, o único problema do estudo atual é que ele mediu a exposição e a doença ao mesmo tempo, o que mostra apenas parte do quadro geral.

Por exemplo, é possível que os indivíduos que tenham uma alergia sejam mais higiênicos por causa dessa condição, e que a relação observada não foi, portanto, casual. [DailyTech]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

10 comentários

  • Dr.Sem:

    Acho que as crianças não devem andar descalças em áreas urbanas ou públicas. Somente em xácaras e locais privados sem riscos.

  • Akemi:

    Maravilha, agora é só não tomar banho e não escovar os dentes!
    Ah sinceramente eu acho que se a gente ficar caçando problema em tudo uma hora a gente acha.

    Concordo com a Cybergirl, pra que ficar privando as crianças de tudo? Deixa pôr o pé na lama, ficar sujo faz bem, estimula os anticorpos.

  • miqueias charles:

    A propaganda induz que esse ou aquele produto é eficaz contra bactérias e infecções e enchem os consumidores de falsas informações e depois desmentem e assim suscessivamente,concordo com os que disseram que não temos anticorpos suficientes pra defeza do nosso organismo,hoje em dia acham que a solução pra tudo está na farmácia.

  • maria dos anjos:

    na miha opinião tanto o governo como os fabricantes não estão nem ai pra ninguem querem é aumentar o valor na conta bancaria deles o povo ke se dane,a saúde de quem tem menor poder aquisitivo pra eles que se acabe de vez nosa tempos mais antigos não existia essas frescuras,a maioria da população era muito saudável e vivia muito mais,mas infelismente a ambição tomou conta do mundo.

  • luciana:

    O uso indiscriminado de antibióticos, inclusive em sabonetes, pomadas, proporciona que as bactérias cada vêz mais se especializem em ficar resistentes as medicações.

  • carolz:

    @Elizabeth , o problema é que existem pessoas como eu, que tem alergia ao sabonete comum(sim, por incrivel que pareça eu tenho por causa da soda caustica) quando eu uso sabonete comum(em barra, que contem soda caustica) minha pele começa a meio que formar feridas, e então eu só posso usar sabonete liquido, e a maioria dos liquidos são anti bacterianos, e foi o qual minha pele se deu

  • ALEX:

    Se bacterias fossem tão prejudicial a saude, não veriamos ricos em hospital, doentes e morrendo jovens por algum problema. Na verdade vemos o contrario, é raro ver um rico com excesso de higiene chegar ao 100 anos! Aqui minha mãe ate ensinou que criança que brinca na terra vermelha tera muito mais saude do que outras que mal pisa no chão descalça. Bom, cada um tem seu ponto de vista esse é o meu, não vivemos sem essas bacterias que se não fosse a criação do tal microscopio não assustaria tanto o povo que ate viveriam mais e com saude.

  • Elizabeth:

    Por que as autoridades não proibem de uma vez o uso dessas substâncias no país? Os acertos entre as indústrias e governo valem mais que a saúde da população?
    Já está mais que provado que o bisfenol é tóxico e mesmo assim vem sendo largamente utilizado.
    Quanto aos sabonetes antibacterias, os médicos antigos diziam que era para deixar as crianças brincarem à vontade, na terra, na areia, com animais… pois assim seu organismo criaria imunidade. Esse tipo de sabonetes era só para lavar as mãos. Hoje superprotegem as crianças, que acabam tendo o sistema imunológico enfraquecido por não ter criado anticorpos.

  • Lucyano Valdez:

    Como sempre, tudo o que usamos é veneno. Até parece que não têm interesse em que vivamos muito e, com experiência de vida, tentemos mudar a sociedade e esse Sistema Perverso que está aí, nos envenenando.

  • cybergirl:

    “Por exemplo, usar uma quantidade excessiva de sabonetes antibacterianos com triclosan na infância pode alterar a forma como os sistemas imunológicos das crianças se desenvolvem”

    Ou seja: use menos sabonete antibacteriano, deixe seus filhos botarem os pés descalços no chão de terra e criarem seus próprios e saudáveis anticorpos. Chega de superproteção!

Deixe seu comentário!