Quer chegar a mais de 100 anos? Confira essa lista!

Por , em 2.07.2010

Ter mais de 100 anos é um grande feito. Você quer chegar lá? Confira essa lista com fatos incríveis sobre centenários:

  • Cientistas estão encontrando evidências de que os genes têm um papel muito importante para aqueles que conseguem ter mais de 90 anos. Sabe-se que um longo período de vida acontece sempre em famílias que possuem um histórico nisso, então a genética seria tão significativa quanto a qualidade de vida.
  • Em países mais desenvolvidos os centenários representam uma em cada 6 mil pessoas. Já supercententários, pessoas com mais de 110 anos, são muito mais raros – representam uma em cada 7 milhões de pessoas no mundo.
  • O conhecimento popular diz que se você chega aos 80 anos é mais fácil que chegue até os 100. E há um embasamento científico nisso, na verdade. Algumas pessoas não ficam tão doentes quanto as outras e os centenários não apresentam muitas doenças relacionadas à velhice até estarem muito próximos ao fim da vida. Doenças de coração, hipertensão e demência são raros.
  • Não há nenhuma região no mundo que seja mais abundante em centenários do que as outras.
  • A pessoa que teve a vida mais longa registrada no mundo foi Jeanne Calment, da França, que morreu em 1997 com 122 anos.

[LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

19 comentários

  • Samuel Alencar:

    Exercícios físicos e paciência no dia a dia,será essa a receita para alcançarmos longevidade?

  • gyovanna:

    deus no deu a vida praviver a velhice vou batalhadora e viveu oque tinha pra viver parabens

  • Edson:

    Temos que viver conforme a lei da criação, dentro dos recursos que a natureza nos oferece, entrando em harmonia com todas as criaturas, somente assim, conseguiríamos uma boa qualidade de vida, para atingirmos uma longa vida, completamente saudável, e com mais tempo, o suficiente para ensinarmos os nossos netos e bisnetos, tenho certeza que êles se tornariam mais sábios,e o mundo teria mais paz.

  • robinson hoto:

    Me enganei, Catherine Parr era filha de outro Thomas Parr, creio que um nobre. O Thomas Parr, que viveu 152 anos, teve dois filhos que morreram ainda na infância.

  • Pedro:

    Tudo a ver com a genética. Os nossos antecessores receberam as informações matriciais da vida de seus pais, avós,bisavós…herda-se tudo e também repassamos tudo…bom e ruim. Acredita-se hoje que a medicina moderna, a nanobiologia e tantos outros avanços científicos será possivel o homem mexer nos gens do ser humano modifiando assim a cadeia genética nos tornando imunes às doenças. Está perto espero ver e quem sabe usufruir. Daí, 150 anos será barbada.

  • vavany costa:

    não gostaria viver até idade, mais se deus permitir que isso aconteça, o que fazer.

  • robinson hoto:

    Eu me enganei, acredito que o pai de Catherine Parr era homônimo de Thomas Parr que viveu 152 anos (1483-1635). O pai de Catherine Parr morreu em 1517. Thomas Parr que viveu 152 anos não era nobre e, segundo contam, teve dois filhos que morreram na infância. Parece que em sua família apenas ele viveu muitos anos! Sua dieta, exercícios físicos e paciência com o dia-a-dia parece sim ser uma boa combinação!

  • robinson hoto:

    Thomas Parr viveu 152 anos (1483-1635), Catherine Parr, sua filha viveu bem menos (1512-1548). Parr era um camponês e afirmava que seu segredo de longevidade era exercícios e alimentação saudável, parecida com a que é recomendada hoje como saudável. Eu acredito em genética, mas, acredito também em hábitos saudáveis e, pricipalmente, no seguinte: paciência não é virtude, é necessidade!

  • JAMESSON MARANHÃO:

    COMENTAR SOBRE A VIDA E A MORTE, QUANTOS ANOS DEVEMOS VIVER E COMO VAMOS VIVER, É ABSOLUTAMENTE UMA PERDA DE TEMPO, NÃO DEVEMOS TER NENHUMA PREOCUPAÇÃO COM ISTO, PORQUE FICAR PENSANDO NO FUTURO OU NO PASSADO É DEIXAR DE VIVER, É MORRER PARA A VIDA ANTECIPADAMENTE, PORQUE A VIDA É SÓ O PRESENTE É O MOMENTO, E CADA MOMENTO É DIVINO, DEVEMOS AGRADECER A DEUS POR ESTA VIVO PARA A VIDA, POR ESTARMOS RESPIRANDO, SENTINDO, AMANDO, MUDANDO, ACEITANDO, VENDO O SOL NASCER, A CHUVA CAIR, A LUA BRILHAR, A BELEZA DO MAR, TANTA COISA PARA AMAR, POR QUE SE PREOCUPAR, SE JÁ TEMOS DEUS PARA ISSO RESOLVER, FOI DEUS QUE RESOLVEU QUANDO DEVIAMOS VIM, ASSIM COMO É DEUS QUE DECIDE QUANDO DEVEMOS IR, TEMOS MUINTA COISA PARA CURTIR, PARA DIVERTIR, DADA POR DEUS, VAMOS APROVEITAR, VAMOS SORRIR, VAMOS AMAR, E VIVER DELIBERADAMENTE.

    • Samuel Alencar:

      Concordo parcialmente.Temos que procurar viver a vida intensamente,mas sermos comedidos quanto a sua preservação é imprescindível.

  • Ansioso:

    Realmente viver 100 anos ou mais é muito bom, desde que com a saúde de vinte. Agora, ficar preso a uma cadeira de rodas, caduco, dependendo dos outros para tudo, até para ir ao banheiro, tomar banho, andar, nada atraente. O melhor mesmo é que, se vivesse pelo menos até noventa anos mas com o pulso firme, o pau duro, com tesão de novo, e o amor das mulheres. Aí compensa.

  • Sócrates:

    Eu queria muito viver até os infinitos, desde qe com a mesma força para ir e vir de todas as formas, todos os jeitos, com toda fortaleza da juventude. Se for para ficar centenário, embora tenha que acordar e beber milhoes de remédios, ficar sentado o dia todo, ter regras para viver, pra não faz sentido. Neste caso e acredito no tempo de vida útil de uma pessoa. ***Temos que IR para VOLTAR-MOS melhores, senão o processo de evolução seria muito lento.***

  • joao Paulo:

    _Infelizmente para a grande maioria que não consegue crê na vida eterna pensa de tudo um pouco e não se conecta a nada, pois é bem sabido que um numero considerável nem mesmo crê na existencia de um Deus que é o dador da vida, ousam até mesmo zombar da existencia dele, como se isso fosse mudar a nossa realidade. A ciência ainda busca resolver a questão sobre o fato das nossas células,ela se multiplica e se regenera com tanta facilidade que é complicado de entender porque ela aos poucos perde a sua capacidade e enfraquece, se pesquisar profundamente as escrituras ela trará as respostas, embora muitos ousam menospresa-la, por se tratar de um livros apenas, se duvidar da existencia do criador a única coisa que resta é dúvidas pois somente ele pode dizer porque estamos aqui e o que reserva o futuro da raça humana se não encontrar as respostas nele não encontrará em parte alguma. já se perguntou porque Cristo tinha todo o poder nas palmas das mãos e mesmo assim ele deixou que fosse entregue nas mãos de meros pecadores?

  • Antonio Tacito de Souza e Silva:

    Envelhecer com qualidade de vida…tudo bem, até vale a pena,
    mas caso contrário, é só aborrecimento, não só para o próprio
    como também para os familiares, que hoje em dia não teem
    mais paciência com os velhos…!!!

  • MARCOS:

    acho que deveria e parar de nascer de qualquer geito sem condição, planejamento etc..

  • Farofa:

    Acho que a coisa mais errada na vida é o modo que ela acaba, você simplesmente morre. Deixa tudo para trás.
    Para mim o precesso da vida deveria ser o contrario. Você deveria nascer, e morar em um asilo até ser expulso por ser muito jovem, então você sai e compra um relógio de ouro, trabalha 40 anos e se aposenta, vai para a faculdade, tem várias namoradas, conhece várias pessoas, bebe basntante alcool e curte bem a sua aposentadoria, então você fica sendo uma crinaça, sem preocupações, e depois vira um bebê. E acaba tudo com um excelente orgasmo… Não seria perfeito??
    Charles Chaplin

  • Olympio Silva:

    Acho que tão importante ou talvez, mais importante que a quantidade de anos vividos é a qualidade destes anos. Dificilmente a geração de hoje atingirá os 100 anos, a menos que a ciência desenvolva medicamentos que prolonguem a vida. Digo isto, porque tanto o ar que respiramos hoje, quanto a qualidade dos alimentos, que são carregados de toxinas e a água que bebemos, que por mais filtradas que sejam, podem estar contaminadas devido ao grande número de detergentes que, além da limpeza, destrói grande parte dos germes importantes para a vida do planeta, não são mais os mesmos e além disso, temos o famoso stress, com tanto trânsito, contas à pagar, ondas de rádio e tv, entre outras coisas, que há 100 anos atrás não tínhamos, pelo menos não em grande escala como é hoje.

  • Baptista,Mari:

    Mulheres da minha família,todas,se foram beirando os 90.Seguirei essa genética?Sei lá! E nem quero saber…. Aos 67,55ktõ nos trinks.Pressão 12×8 e taxas normais de glicose,colesterol e triglicirideos.Arterias e veias desentupidas.Pulmões ainda respirando e bem.Cabeça em bom estado de funcionamento,cheia de planos e idéias.
    “Unica”questão:sou fumante(2 maços/dia) há 55 anos (eu disse cinquenta-e- cinco)e bebi todas até uns 8 anos atras.
    Tenho muitas atividades e energia.Já casei e descasei 6 vezes.
    Será que já estou com o prazo de validade vencendo??
    Pelo menos,se estiver,vou saber “ao morto” e a côres se o lado de lá tem mais alguma coisa.Essa curiosidade ainda me mata !!!!!

  • Mercedes:

    Ai…mamãe faleceu aos 94. Papai faleceu antes, aos 87. Os pais de meu marido já passaram dos 80. Genéticamente falando…temos muuuuito tempo pela frente. Deveríamos pois, ao atingir certo ponto, fazer um retrocesso….

Deixe seu comentário!