Refrigerante e suco de laranja parecem aumentar risco de artrite

Por , em 14.11.2010

Segundo um novo estudo, beber muito refrigerante, suco de laranja, ou outras bebidas açucaradas aumenta o risco de desenvolver gota, uma condição especialmente dolorosa de artrite.

As mulheres que consumem duas ou mais latas de refrigerante não diet por dia têm mais de duas vezes mais chances de desenvolver gota do que as mulheres que raramente bebem. Refrigerante diet aparentemente não tem efeitos negativos. Beber 355 ml ou mais de suco de laranja por dia também aumenta o risco em aproximadamente duas vezes.

As mulheres que tomam apenas um refrigerante ou 177 ml suco de laranja por dia têm 74% e 41% maior risco, respectivamente, em comparação com mulheres que raramente bebem.

Os participantes do estudo eram parte de uma longa experimentação financiada pelo governo americano. A maioria era branca, com idade de 30 a 55 anos. As taxas de gota tendem a ser maiores entre os homens e os negros do que entre mulheres brancas, assim o risco aumentado de gota associada a bebidas açucaradas pode ser ligeiramente maior na população em geral do que nos números obtidos no estudo.

Mesmo assim, os pesquisadores acreditam que o risco total de desenvolver gota é muito baixo. Durante um período de 22 anos, apenas 1% das cerca de 79.000 mulheres incluídas no estudo desenvolveram gota, e o aumento dos riscos ligados ao consumo de refrigerante e suco foi limitado quase que exclusivamente às mulheres que haviam passado pela menopausa.

Os pesquisadores afirmam que o estrogênio parece proteger contra a gota, já que 98% dos casos de gota em mulheres ocorrem após a menopausa, quando os níveis de estrogênio declinam.

Já a culpada pela ligação entre gota e bebidas açucaradas parece ser a frutose. Esse açúcar encontrado em laranjas, bem como no xarope de milho rico em frutose usado para fazer muitos refrigerantes não diet, aumenta os níveis de ácido úrico químico, que causam a gota. Quando os níveis de ácido úrico no organismo ficam muito altos, o ácido endurece em cristais que são depositados nas articulações.

Ainda assim, a frutose pode desempenhar um papel relativamente pequeno no desenvolvimento da gota. Mesmo que os cientistas tenham controlado índice de massa corporal e uma série de fatores dietéticos que têm sido associados à gota (como o álcool, carne, marisco, e consumo de produtos lácteos), o consumo de frutose é difícil de desvendar a partir de outros fatores que possam contribuir para a doença. Os pesquisadores não podem provar que a frutose é o único item que está causando a gota, já que há tantas outras questões a serem respondidas.

Porém, os cientistas advertem que mesmo com o risco baixo, cortar as bebidas açucaradas tem muitas vantagens, especialmente para pacientes com gota ou com níveis elevados de ácido úrico. [CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Restringir o consumo de refrigerantes é uma atitude saudável. Mas não se deve deixar de tomar suco de laranja, nem de qualquer outra fruta.

  • luciana:

    A laranja é uma das frutas que mais contém frutose. Ocorre que a acidez mascara o sabor adocicado.

  • Elizabeth:

    Por que condenam o suco de laranja se a fruta não é a única a ter frutose? Também existe na maçã, banana, uvas, cerejas, manga, melão, pêra, abacaxí, melancia…

    Eu penso que esse estudo foi feito a partir de sucos industrializados, onde é acrescida a frutose. Não acredito que um suco caseiro de laranja possa ser o vilão.

    E se for, por que condenar a laranja e liberar as outras frutas que também tem frutose?
    E, principalmente, por que liberar outros produtos industrializados que são acrescidos de frutose, como doces, geléias, etc que são maiores vilões que um suco caseiro de laranja?

    Não adianta condenar 1 ou 2 e liberar o resto que pode ter o mesmo efeito no organismo.

  • Edilson Lima:

    jamais a laranja, sim o açúcar! Jamais a gota, mas sim, realize praticas de esportes ou atividade físicas diárias, que soe, beba 400 ml a cada kg de seu peso diariamente. Ex: 70 kg, dividido por 400 = 1 litro e, 750 mls. Por dia. E, abandone carnes ou consuma 20 a 10% por mês, laticínios e, seus derivados. E viva a vida!

  • Isadora:

    A gota costuma ser erroneamente associada a excessos de alimentos e bebidas. A origem dessa associação é que, em séculos passados, quando o vinho era frequentemente contaminado por chumbo durante sua manufatura e armazenamento, beber em excesso causava envenenamento crônico por chumbo, oq, dentre outras coisas diminui a habilidade do rim em excretar acido urico(metabólito citado que em excesso causa a gota). A causa predominante é a excreção debilitada de acido úrico, resultante de um numero de insuficiencias metabolicas. Pode ser por exemplo causada por deficiencia em uma enzima que aumenta a taxa de produçao de purinas e então de ácido urico(produto de degradaçao de purinas).

Deixe seu comentário!