A vida secreta dos gatos de rua

Por , em 30.05.2011

Os gatos são animais misteriosos. Eles são livres, não gostam de serem controlados, são traiçoeiros. Onde é que o seu gatinho vai quando você o deixa para fora? O que os gatos de rua fazem o dia todo? Os gatos de beco saem em grupo?

Até agora, ninguém sabia. Mas uma nova pesquisa fez questão de responder algumas dessas questões.

Os cientistas mapearam 42 gatos “livres” (alguns sem dono, alguns animais de estimação que podiam rondar livremente) com rádio coleiras, e os acompanharam por dois anos.

Juntos, os gatos percorreram 6.286 hectares em torno de duas cidades. Esse grande território foi uma surpresa enorme.

Segundo os pesquisadores, um gato selvagem circulou por 1.351 hectares, abrangendo áreas tanto urbanas como rurais, residenciais e agrícolas, florestais e de pradaria.

“Esse gato em particular não estava recebendo comida de seres humanos, a meu conhecimento, mas de alguma forma ele sobreviveu lá fora, entre coiotes e raposas”, disse Jeff Horn, cientista que liderou o estudo. “Ele navegou sinais de trânsito, estacionamentos. Até o encontramos em um campo de softbol durante um jogo”.

Os gatos de estimação com livre circulação tendem a permanecer dentro de dois hectares em torno de suas casas. Mesmo assim, alguns proprietários ficaram muito surpresos ao saber que seus gatos estavam indo tão longe (dois hectares são muitos quintais).

Outra diferença foi que os animais de estimação se envolviam em atividades vigorosas, como correr ou perseguir, apenas 3% do tempo, enquanto os sem dono estavam ativos 14% do tempo (eles tinham que se esforçar mais para caçar e matar seus próprios alimentos).

“A maioria dos gatos tende a permanecer dentro de 300 metros de estruturas humanas”, disse Nohra Mateus-Pinilla, coautora do estudo. “Mesmo os gatos selvagens estavam sempre ao alcance de um edifício. Isso mostra que apesar de serem selvagens, eles ainda têm um nível de dependência de nós”, afirma.

E gatos de rua, ficam juntos? Não. Os pesquisadores observaram que um gato selvagem perseguia outro em um galpão. Outro animal esperava um gato de estimação surgir todas as manhãs e tentava persegui-lo em seu próprio quintal.

Em um estudo anterior, o pesquisador Richard Warner acompanhou cerca de duas dúzias de gatos livres por vários anos e descobriu que as duas principais causas de mortes de gatos foram outros gatos e doença. Pelo visto, eles não gostam de amigos…[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

43 comentários

  • Júlio Cesar Tobias:

    Deixem de ser alienados!!
    Aí está o que realmente acontece!
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=iLt1Ttd5Xfk

  • Pedro Mendes Cortese:

    a nossa gata SERA-FYNA,nao gosta de outros gatos cheguem perto de nos.Um dia no condomino onde morava-mos escontramos um filhote e levamos para casa chegando la a nossa gata enxergou o gatinho ainda filhote e ficou com ciúmes dele e só ficou perto de mim.E da minha irmã a dona da gata ela nao queria chegar perto da minha irmã.Por que isto acontece,e ciumes ou outra coisa por favor,me responda.

  • luh:

    A Verdade e que para o gato vc tem consquistar a confiança dele, é uma relação de troca se vc o ama ele tbm o amara, e discordo q sejam traiçoeiros. Os gatos são mtos mais sensiveis a mals tratosm, digo isso pq adotei uma gatinha q antes havia sido vitima de maus tratos, no começo foi arisca, depois de mto carinho foi se acostumando porém apesar d ser companheira não é mto de carinho, ja um outro gato q tive as veses ate enjoava de tão carente q ele era, isso vai da persolidade dos gatos.

  • Lulu:

    Se vc não quer ver o seu gatinho de estimação contraindo uma FIV/FELV (“Aids Felina”), sendo envenenado, atropelado, alvo de serial killers de animais, sofrendo toda sorte de maus tratos, contribuindo para a população de animais abandonados(no caso dos animais não castrados que acasalam com animais na rua), voltando magros, desnutridos, escoriados e cheios de vermes para casa, por favor: MANTENHAM OS SEUS ANIMAIS VACINADOS, CASTRADOS E DENTRO DOS LIMITES DA SUA RESIDÊNCIA!!!

  • Claudio de Souza Cruz:

    A cultura dos gatos com relação a território é diferente da noção de território dos humanos.
    Enquanto que os humanos tem seu território delimitado pelo perímetro residencial e as áreas como quadra, setor, bairro, cidade, estado e país como sendo as áreas de conviência comum; para os gatos o território de vivência podem incluir desde uma a várias casas em um determinado perímetro urbano.
    Isso explica a saída ou volta para uma mesma casa em algum período de sua vida e pode não significar abandono ou ingratidão com o proprietário da casa que o acolheu ou criou desde o nascimento. O mapeamento do território felino não depende necessariamente da delimitação territorial do ser humano.

  • S.:

    Ser humano em sua maioria gosta mais de cães pois tenta compensar o vazio interno, alguma frustração social e a falta de atenção que recebe de seus semelhantes.

    E pra isso o cão cai como uma luva.

    Maioria não gosta de cachorro, ama o que sentem por ter um cachorro lhe paparicando e babando por eles. Nessa hora eles se sentem gente, sentem que recebem atenção exclusiva.

    Ama é deixar livre pra fazer o que bem entender. É ver a vida por si mesma, seguindo sua natureza.

    Obs: Tenho cães e gatos. Foi apenas uma observação empírica.

  • ana adipietro:

    Pessoas,tenho 4 gatos!
    Um deles,o único macho e castrado,passeia práticamente o dia todo!É popular pela vizinhança que o vê pelos telhados!Só que volta toda noite para dormir em casa!Pede carinho como se fosse o meu filho,se levanto à noite ele levanta tb´é muito companheiro.Só que no amanhecer ele quer ir para a rua!Eu deixo porque respeito o espaço dele e entendo que o gato é livre!Adoro esta liberdade porque tb gosto dela!
    E não adianta comparar cães e gatos porque simplesmente um é felino e o outro canino!Um sempre viveu em matilhas e o outro é solitário…Adorei uma pessoa que postou que é irônico o ser humano falar em traição felina…Nunca ví traição neste animal…Tenho cães tb e os respeito da mesma maneira…

  • laender:

    Adoro gatos e digo mais: eles não estão nem aí para nós humanos. Simplesmente vivem as sua próprias vidas de acordo com a sua natureza. Naturalmente veem facilidades ao serem alimentados e protegidos e isto faz parte da sua sobrevivência e manutenção da espécie. Nós é que interferimos no seu modo natural de vida ao alimentá-los e abrigá-los. Dá para conviver com eles sem ser paternalista.

  • Rosana:

    Um dia uma gata da vizinhanca comecou a frequentar o flat abaixo do meu… A minha vizinha, que tem um bom quintal, dava amor e comida… Qdo a vizinha viajou, deixou a gatinha de fora com comida… Dai ela subiu pelo muro, escalou uma escada no muro e alcancou minha janela da cozinha, no 2 andar, so pq eu tenho crianca, e ela conhecia minha filha de brincar com ela na vizinha. Depois disso, trocou a vizinha por nos! Dormia aqui todos os dias, passava noites direto, principalmente no inverno, pois moro na Inglaterra e o inverno e rigoroso… Saia somente para necessidades e curtos passeios… Passado algum tempo, adquirimos um filhote. Conclusao? A gatinha que nos amava, praticamente naoo apareceu mais! Sem querer polemizar, prefiro o temperamento dos caes… Tenho esse gato por fator espaco… Ao me mudar, irei adotar um cao, TAMBEM!! (Nao vou expulsar o gatinho, ok??) 🙂 Realmente caes sao mais fies aos donos, isso nao se questiona…

    • Rosana:

      PS: Gosto de gatos tb!! Tanto que adquiri esse filhote, e ele dorme em minha cama…

  • Renato:

    eu tinha uma gata que eu salvei de ser atropelada no transito, parei a avenida pra pegar ela quando ela ainda era filhotinha ^^…cuidei dela, dei leite no conta gotas ela ficou grande gorda e bonita =) um dia ela sumiu por um tempo e quando fui achar ela tava na frente de casa envenenada uns vizinhos meus tinham feito isso ='( chorei tanto…

  • gloria:

    Tenho uma gata preta lustrosa de olhos grandes amarelos , de nome JUJU e um gato tigrado de nome Hukinho, q é tudo de bom em nossas vidas!Se eu morresse e voltasse em outra vida em forma de animal , eu queria ser um gato!Gato é limpo, sábio, solitário,ágil,bonito e amado pela maioria das pessoas!

  • Suelí:

    Eu tenho os dois, cachorro labrador e um gato.
    O cachorro vive perseguindo o gato quando ele anda pela chacara, e o gato enfrenta o cachorro sem medo, apesar da diferença de tamanho.
    Sempre que saio em férias, o meu gato também some por alguns dias, mas acaba sempre voltando.
    Durante a madrugada, ele arranha a porta do meu quarto e mia pra eu abrir a porta da sala, ele tá se achando né!
    mas eu amo demais esses dois…

  • Marcia:

    Gatos são seres inteligentes, não se prendem à ninguém, e são fofos! Apesar de traiçoeiros.. Eu tenho e eles vivem sumindo e depois simplesmente voltam como se nada tivesse acontecido. Gatos são assim. Se não gosta compre cachorros que quase sempre são fiéis e não te abandonam!

    • morris:

      E os cachorros são fiéis entre eles próprios também!

      Esse vídeo mostra um cachorro salvando outro que foi atingido por um carro. Ele arrasta ele até o acostamento, onde uma equipe de reparos vê os dois e ajuda eles. No final do vídeo o narrador fala: “Ah, e a propósito, o cachorro ferido sobreviveu”. Realmente inspirador

      http://www.youtube.com/watch?v=ofpYRITtLSg

    • Hen:

      voltam como c nda tivesse acontecido para conseguir mais comida… gato só volta para receber alimento.

    • Demonarca:

      nao sei porq seres humanos q sao as criaturas mais egoistas e falsas ficam exigindo algo de seus bichos de estimaçao.Ficar comparando GATO c CACHORRO é ridiculo
      CAchorro e falso tambem e dissimulado

  • lucas:

    os gatos estão se preparando para 2012, isso é uma prova de resistência, eles vão dominar o mundo, porque não o universo.

  • ALX:

    Legal a materia,realmente ninguem imagina onde vão os gatos,afinal eles não vão ficar o dia todo caçando e comendo ratos e outros bichos,mais interessante é saber como eles reconhecem a casa do dono,talves pelo cheiro que deixam? Outra coisa que sempre quiz saber,pq eles fazem aquele barulho parecendo nenem quando estão acasalando? MUITO XATO kkkkkkk

  • F A M E W H O R E:

    Parem de comparar Gatos com Cães, são animais diferentes com personalidades diferentes.
    Acho tão ironico, um ser humano chamar um animal de traiçoeiro.

    • Igor:

      É quase uma prosopopéia! RSRSRSR

      Mas as pessoas comparam cães com gatos porque são os animais domésticos mais comuns, alguns preferem cães, outros gatos.. entendeu? 🙂

    • Ezio José:

      Então, quando tiver uma matéria sobe cães que postem seus comentários sobre cães.

    • Marciana de Souza Telles Xavier:

      Concordo em número, gênero e grau. Gato é gato e cachorro é cachorro, tentar fazer um gato agir como um cão é tentar tirar leite de pedra, simplesmente não é possível. E mais traiçoeiro que o Homem (ser humano) não existe, tem a incumbência de cuidar do planeta e olha o que fez? Isso sim é ser TRAIÇOEIRO com letra maiúscula.

  • Carlos Machado:

    todos os gatos são fanfarrão, eles só n fogem da sua casa porque ainda tem comida, o dia que voce esquecer de dar comida, eles vão embora para o vizinho para aonde for e nao voltam mais, só voltam se o vizinho parar de dar comida e assim em diante!

  • Ruryk:

    Falta a galera daqui entender uma coisa simples: os textos são traduzidos de outros sites, não feitos pelas pessoas daqui.

    Querem criticar o conteúdo, o link para a fonte está no final do artigo.

    • Eu !:

      No entanto Ruryk, quem publica também tem responsabilidade. Hitler foi a maior figura do nazismo, mas ele não seria nada sem a difusão de suas ideias. Sei que a analogia é meio pesada, mas o que quero dizer é que quem transmite uma informação deve ter muito cuidado com a qualidade da mesma, pois em muitos casos é tão responsável por suas consequencias quanto quem as criou.

    • Ruryk:

      O exemplo de Hitler tem um nome próprio: Reductio ad hitlerum. Apesar disso, darei uma resposta ao invés de simplesmente ignorá-lo(a).

      Creio que você poderia cobrar quanto a qualidade caso se tratasse de um especialista na área citando alguém que falou bobagem. No entanto, isto se trata apenas de uma tradução e, apesar do ligeiro toque de humor na primeira linha, que foi criticado e não tem absolutamente nada a ver com os resultados da pesquisa, o estudo tem uma base científica que, a menos que consigam derrubar com outra pesquisa que de resultados contrários, é digna de crédito.

    • Eu!:

      Você pode está certo. Mas quando entrei neste site e escolhi receber atualizações dele, não me arrependo disto, procurei por achar interessante não só as pesquisas mas a opinião formada sobre elas. Jornalismo responsável está muito além da simples tradução. E se este for um site que apenas traduz então seria absolutamente desnecessário( peço desculpa, mas estou apenas expondo a minha opinião). Acho que que este site tem uma proposta excelente e muito a oferecer a quem o acompanha, no entanto, ( repito , minha opinião) esta tendo um declínio de qualidade em suas postagens.

      Muito Obrigada pela a réplica Ruryk. Espero ter respondido a altura.

    • Ruryk:

      Está é começando a faltar espaço para as respostas. =p

      Sem dúvida que jornalismo está além de mera tradução. Agora, uma coisa que não é certa é desprezar o valor da tradução. Acima de tudo, este site serve para divulgar pesquisas e/ou curiosidades em relação às ultimas pesquisas científicas cujos resultados foram colocados em sites estrangeiros voltados para a divulgação científica. Não dá para considerar que todas as pessoas teriam acesso a esse tipo de conteúdo diretamente na fonte, ainda mais pelo conhecimento parco do inglês possuído por muitos. Assim sendo, vale sobretudo para a divulgação.

      Ainda, o site não é especializado, tratando de temas amplos, e as pessoas que postam são estudantes de jornalismo. Não se pode esperar que eles escrevam artigos científicos sobre assundo que estão fora da área deles. Até hoje não vi bons resultados quando eles resolvem se meter como especialistas em outras áreas como, por exemplo, os pretensos historiadores que há por aí. Creio que o papel do jornalista é buscar e divulgar a informação, e isso fazem muito bem aqui.

      Quanto a qualidade do que é postado, me incomodaria apenas se postassem pretensos resultados sem nenhuma pesquisa a respeito, base científica e/ou fonte. E, até o presente momento, não vi isso acontecer.

  • André:

    Vocês gostaram dos avatares? Sim, positivar. Não, negativar.

  • Almir:

    Quem tem ou já teve gato em casa faltou falar que os que costumam sumir (chega a vários dias) são os machos, as fêmeas são muito caseiras. Nos machos é comum eles voltarem magros e todos machucados, possivelmente devido a disputas amorosas kkk

    • Cristiane:

      Tive um gato que ficou 3 semanas fora de casa e voltou CHEIROSO, LUSTROSO E GORDO!!! Ele tava me traindo com a vizinha! Ou seja: os gatos vão onde quiser, ficam até quando bem entender e se quiserem voltar pra casa, voltam… Mas foi um alívio saber que ele tava sendo bem tratado. Então, nem sempre saem de casa atrás de gatinhas…

    • Cristiane:

      Nuossa… Olha esse avatar! Que coisa bizarra… 🙁

    • Almir:

      O seu não era castrado ou jovem era?
      Olha já tivemos alguns que sumiram e um adulto que voltou com marca no pescoço. O roubo de gatos é algo comum, principalmente entre os mais dóceis (os que qualquer estranho pode pegar que ele não foge) e jovens. Não acredito muito neles mudando de endereço por conta própria não, apenas se eram mal tratados pelos donos. Mas tudo é possível 🙂
      Agora as gatas essas são MUITO fiéis aos donos e a casa.

    • Simone:

      Eu tive um gato que me trocou por uma velhinha tricoteira…shuashuashuashuashua!!!! Outro que trocou minha humilde moradia, por uma mansão em frente a minha casa, com piscina e tudo…frustrante!!!!

  • Lucyano Valdez:

    O Gato é tudo aquilo que alguns Seres Humanos querem ser, oras!!!!!

  • Eduardo:

    Ô Bia, calma.

    Acho que você só não entendeu. O gato é um felino. Felinos são ‘traiçoeiros’ sim. A própria forma como ele caça, ficando de tocaia, se espreitando, confirma seu comportamento ‘traiçoeiro’. Quando sua presa menos espera, o gato ataca, dando poucas chances da vítima escapar.

    Sou fã de gatos. Crio gatos. Inclusive para quem mora em quintais gramados, sítios, etc., ter gato não é uma opção. Esses animais são exímios predadores de seres peçonhentos como cobras, ratos e até escorpiões. Já cansei de ver gatos atacando cobras no quintal.

    É a natureza dele.

  • Barretti:

    Esses cientistas pesquisam mais coisas que o site do google…
    Cada tipo de peskisa, haja tempo.

  • Bia:

    Gatos são traiçoeiros? Faz-me rir e vai estudar um pouco mais o comportamento felino, pq, para quem não sabe, comparar um cão a um gato não é estudar o comportamento felino.
    Mais uma baboseira para a coleção do Hype, vcs estão ficando bons nisso!!!

    • Carlos Machado:

      “vai estudar um pouco mais o comportamento felino”

      acho que voce disse isso para voce mesma!

  • Cimoneia:

    Os gatos são animais misteriosos. Eles são livres, não gostam de serem controlados, são traiçoeiros.

    Esse preconceito de que: gatos sao misteriosos…traiçoieros ,deveria acabar por que nao sao misteriosos e nem traiçoeiros.

    Se fizerem uma pesquisa,sobre cães(os que tem uma familia sao cuidados e muitos ate mautratados) tambem perceberam que quando sao abandonados ou ate ja nasce na rua ficam em matilhas e ficam ferrozes, entao essa de só dizer que gatos sao isso e aquilo é uma inverdade.Tenho 3 cachorras todas adotadas da rua e tenho gatinhas se eu as chamar elas obedecem tanto como se fosse um cao …. Credo cada uma tanta coisa neste planeta para se pesquisar e nunca foram traiçoeiras comigo, ou quem estivessem na minha casa, pelo contraio sao doceis e amaveis…

  • D3lta:

    A terceira deve ser aquele vizinho matador de gatos.. Eu desconfio de uns 2 aqui … =(

Deixe seu comentário!