Criado “elixir” que aumenta a expectativa de vida – pelo menos para ratos

Por , em 10.10.2010

Esqueça a pedra filosofal que dá vida eterna, a fonte de juventude ou afins. Cientistas descobriram a mistura perfeita para tornar a vida mais longa – caso você seja um rato. O coquetel de aminoácidos – componentes das proteínas – aumenta a longevidade de ratos em 12%. Os investigadores acreditam que a descoberta também pode beneficiar os seres humanos, especialmente idosos ou doentes.

Em experimentos de laboratório, ratos saudáveis de meia idade do sexo masculino receberam água potável fortalecida três aminoácidos específicos. Os animais foram significativamente mais longevos do que outros ratos alimentados com uma dieta normal.

A expectativa média de vida entre os selecionados foi de 869 dias, em comparação com 774 dias dentre os ratos não tratados – uma diferença de 12%. A maior sobrevida foi acompanhada por mudanças biológicas que aumentou a oferta de energia para as células e reduziu o dano causado por moléculas destrutivas chamadas de radicais livres. Os ratos tratados tiveram mais resistência muscular e melhora na coordenação.

“Esta é a primeira demonstração de que uma mistura de aminoácidos pode aumentar a sobrevida em camundongos”, constatou o líder do estudo Enzo Nisoli, da Universidade de Milão, na Itália.

As novas descobertas levantam a possibilidade de suplementos de aminoácidos que beneficiam os seres humanos. Os cientistas apontam que os ratos estudados não apenas viveram mais, como também se mantiveram saudáveis. Eles acreditam que os aminoácidos podem ser especialmente úteis para as pessoas com insuficiência cardíaca, doença pulmonar crônica ou outras condições caracterizadas por baixos níveis de energia.

Os camundongos que receberam os três aminoácidos produziram maior número de mitocôndria – a fonte produtora de energia das células – em seu coração e nos músculos. Eles também mostraram aumento da atividade de SIRT1, um gene de longevidade bem conhecido.

No relatório, os cientistas concluem: “Nosso estudo oferece uma justificativa para explorar profundamente o papel dos aminoácidos na prevenção e no controle de doenças relacionadas à idade nos seres humanos”. [Telegraph]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

7 comentários

  • fas:

    e tudo mentira deus mata quando kiser

  • Bem…:

    Pessoalmente essa noticia não me surpreende… a emortalidade (com “E” ja que a pessoa ainda pode morrer de causas não naturais) não é uma ideia utopica: mesmo na natureza existe seres que não morrem pela passagem do tempo (vide:Turritopsis nutricula) então por que negar esse direito ao homem? Problemas como o aumento da população mundial, a fome ou a miseria ja são uma realidade com ou sem essa tecnologia: fora que nenhum governo, credo ou mesmo pessoa tem o direito de negar ou mesmo proibir que alguem faça tudo o que esta ao seu alcance para se manter viva e saudavel correto? Não nada de errado em querer viver para sempre (ou o quanto acha que é capaz de suportar…) ou seria um crime amar a vida? Pergunte a um jovem de 18 anos recem começando a vida se ele quer morrer ele dira que não… pergunte a mesma coisa a ele aos 35 anos e vendo o nascimento do primeiro filho e ele lhe dara a mesma resposta… e repita a mesma questão quando ele se encontrar ja velho com 81 anos e tenho quase certeza que ele respondera a mesma coisa… o fato é ninguem quer morrer: as pessoas so aceitam a morte ._.”

    Parabens pela materia! E por esses e outros motivos que acompanho assiduamente o site de vocês: continuem assim e cada vez melhor! \o/

  • Elizabeth:

    Espero que os aminoácidos que possam proporcionar isso aos seres humanos seja encontrada nos alimentos, assim poderíamos usufruir disso apenas com alimentação adequada.

  • Jocelia:

    Aindustria da longevidade estimula cada vêz mais o materialismo. As pessoas são induzidas a pensar que viver muito é a mesma coisa que viver bem.

  • ninja:

    Concordo.

  • Guilherme Kempoviki:

    Acho um perigo isso, pois a população mundial já vem crescendo quase que exponencialmente com a expectativa de vida aumentando cada vez mais. Agora quanto a cura de doenças através desse estudo acho uma boa, mas infelizmente num mundo capitalista alguma empresa farmacêutica vai acabar se aproveitando disso para fazer tratamentos nas “madames” da vida e consequentemente acabar caindo na popularização que por consequência as pessoas vão acabar vivendo mais do que deveriam, aí juntando com N problemas globais( aquecimento global,problemas sociais, escassez de comida agua, saneamento etc.)
    Parabéns Hype Science por mais essa matéria!

  • peu:

    muito interessante ! …

Deixe seu comentário!