Sondas gêmeas vão estudar a gravidade da lua

Por , em 3.01.2012

A lua tem dado muito que falar desde que Galileu apontou seu telescópio para ela. Muitas sondas já circularam e pousaram em sua superfície. Doze astronautas americanos já andaram nela e rochas lunares já foram transportadas para cá.

Mas apesar de ser bem estudada, nossa vizinha mais próximo da Terra continua sendo um enigma.

Durante essa semana que antecede o Ano Novo, um par de naves do tamanho de máquinas de lavar entrou em órbita em mais uma missão lunar. O trabalho será medir a estranha gravidade do núcleo e determinar o que está por baixo da superfície – no coração lunar.

Desde seu lançamento em setembro, as gêmeas Grail têm viajado independentes, atingindo o alvo com 24 horas de diferença. Até agora, suas trajetórias estão perfeitas.

“Ambas as naves tiveram uma performance boa desde o lançamento, mas nunca podemos largar mão nesse negócio”, afirma a cientista chefe da missão, Maria Zuber.

A parte de roer unhas ainda está por vir. No Ano Novo, uma das sondas Gail – sigla para Recuperação de Gravidade e Laboratório Interior – vai diminuir a velocidade até ser capturada pela órbita. O movimento será repetido pela outra, no dia seguinte.

Os engenheiros afirmam que as chances das naves errarem o alvo são pequenas, já que as trajetórias estão correndo bem desde o início. O que pode acontecer é um raio cósmico atingi-las, e daí elas errarem a órbita.

Uma vez em órbita, as naves vão ficar dois meses voando em formação, até que chegarão a 55 quilômetros da superfície, com uma separação de 200 quilômetros. A coleta de dados só vai começar em março.

Missões anteriores tentaram medir a gravidade lunar, com níveis de sucesso distintos. Grail é a primeira dedicada a isso.

Conforme as sondas circundam a lua, mudanças no campo gravitacional podem causar alterações na velocidade. Consequentemente, isso vai modificar a distância entre elas. Sinais de rádio vão calcular essas mudanças, permitindo que os pesquisadores mapeiem o campo.

Com as informações da gravidade, os cientistas podem deduzir o que há por baixo e na superfície lunar, como montanhas e crateras, ajudando a entender, por exemplo, porque o lado mais distante de nós é mais acidentado.

Além dos instrumentos, cada nave carrega uma câmera com propósitos educacionais. Ideia da empresa fundada por Sally Ride, a primeira mulher americana no espaço, estudantes de ensino médio de escolas participantes podem escolher o que filmar durante a missão.

Uma viagem para a lua é geralmente rápida. Os astronautas da Apollo levaram três dias para chegar lá. Mas como Grail foi lançada de um foguete relativamente pequeno, para diminuir os gastos, a jornada vai levar três meses e meio.

Os cientistas esperam que a missão ofereça muita informação nova sobre a lua, mas não esperam que novos astronautas sejam enviados para lá. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

18 comentários

  • Jeferson Raapack:

    Eu tinha ouvido falar que estas sondas é um projeto da gravimetria para serem construídas aqui na terra. Lua acho que esta meio longe de se pensar, ainda.

  • Ezio Jose:

    Cada Missão Espacial tem um motivo e um objetivo. Na época da Guerra Fria, as viagens objetivavam mostravar Poder, Força e outras coisas que pudessem humilhar o adversário. Isto foi necessário para abrir caminho que hoje as Missões Espaciais fazem com facilidades para explorar olhando mais o campo cientifico. Inclusive estas viagens já são, em muitas ocasiões, feitas em consórcio com quem antes eram considerados inimigos.

    Eu já viajei para alguns lugares distantes de onde moro.Mesmo pesquisando sobre os lugares antes de viajar, quando volto acabo descobrindo que deixei de explorar alguns pontos turísticos em virtude das informações incompleta ou outros motivos. De repente, quando posso financeiramente, volto ao mesmo lugar para explorar melhor.

    • Adelmo:

      Pois é Ezio, mas se você observar a resolução das fotos tiradas pelos russos em 66, quando orbitaram a terra e, das tiradas pelos americanos em 69 -supostamente na lua; hum é de duvidar e muito na autenticidade destas últimas!

    • Ezio Jose:

      Uma foto da Terra registrada de um certo ponto do espaço e outra da Lua tem muita diferença tanto com as atuais máquinas fotográficas como com as de antigamente. Os raios ultra-violetas, a atmosfera e a composição da foto no quesito profissional revela ou deixa de revelar detalhes e qualidade de imagem.

  • Thiago Moreira:

    Sinceramente essa historia de que o homen pisou na lua é como passar ketchup no abacate, surreal…

  • aztoufo:

    meu deus a humanidade ta perdida
    tao acreditando em sondas fora da
    camada de ozono meu deus olha nao
    so astrologo nao so fisico nem outra
    coisa parecida mais eu acredito que si
    alguma coisa ou seja materia (rocha aqua
    mato menos fogo) estiver fora da nossa
    camada de ozono vai se esmagarate vira nada
    la fora no espaço pq la tem vaco oq acontece
    quando seu pulmao esta sem ar ele se comprime
    eo que aconteceria la fora gente .

    • Bruno:

      credo

    • Ezio Jose:

      Credo em Cruz.
      Que é isso?!…
      Estou a me beliscar para sentir minha existência.
      Ufa!…

  • ines:

    Pois é…parece mesmo que ainda não foram lá.
    Se tivessem ido,teriam visto as crateras de perto e sentido a gravidade né? Está cada vez mais dificíl manter essa grande mentira.

    • Ezio Jose:

      Tem lugares em nosso planeta que o google maps ainda não rastreou. E vejamos que o google é uma potência.

  • there:

    realmente o hypescience tem os melhores leitores…mas qm disse q qm acha q entendê tudo pode ser considerado o melhor…qm não aceita opiniões diversar só pode ser consideirado um qlqr!

  • C.E.N:

    depois de ver trasformers3 o obama mando a nasa trabalhar…

  • Adelmo:

    Será q alguém pisou lá mesmo? Se pisaram lá prq ñ puseram um telescópio? Pois lá seria um ótimo lugar p/ capturar imagens!

    • Capitão Caverna:

      Pra qê colokar telescópio na lua se é melhor colokar no espaço, dois exemplos qe deram super certo no espaço Hubble e Kepler.

  • Carlos:

    E tome teoria da conspiração !

    • Capitão Caverna:

      É melhor deixar o pessoal ai de baixo viajar na maionese.

  • there:

    bom acho estranho derepente a corrida espacial ter mudado da lua a marte. Pois se a algo de tão intrigante lá, pq deixa-lá tão de lado se ela estão próxima. Ou será, q acharam algo mais interessante em marte q não nos dizem hein?

  • christ:

    Se O filme apolo 18 tiver um fundo de verdade, os astronautas não colocam mais os pés por lá ou será que as sondas Gêmeas também foram pra lá ver outras cocitas também?

Deixe seu comentário!