Testículos coloridos protegem contra mutação – pelo menos em pássaros

Por , em 24.02.2011

Biólogos da University of Paris-Sud, da França, acreditam que a melanina no testículo de aves pode protegê-las contra mutações genéticas. A melanina é uma proteína que confere pigmentação à nossa pele e nossos cabelos. Agora, os cientistas descobriram que ela está presente no testículo de diversas espécies de vertebrados. Ainda não se sabem como elas foram parar lá e qual a sua função.

De acordo com os cientistas, testículos “escuros” são comuns no reino animal. A melanina é um antioxidante natural, ou seja, protege as células de alguns tipos de oxigênio reativo, chamados radicais livres, que podem prejudicar o DNA. Por isso, os pesquisadores acreditam que a função dela nos testículos seja prevenir mutações genéticas no esperma.

O biólogo Ismael Galván participou da investigação. Ele e seus colegas estudaram 134 espécies de pássaros, analisando os níveis de mutação em suas mitocôndrias, responsáveis pela respiração celular e guardiãs do DNA. Segundo ele, o esperma precisa de bastante oxigênio e qualquer mutação das mitocôndrias poderia prejudicá-lo e dificultar as chances de reprodução do pássaro.

Da amostra total, os pesquisadores encontraram 42 espécies de pássaros com testículos cheios de melanina, entre eles, corujas e tordos. Estes pássaros apresentaram um taxa maior de mutações em suas mitocôndrias do que as outras 92 espécies. Eles descobriram que a melanina aparecia em frequência maior quando as aves estavam em período reprodutivo. “Esta proteína está presente em todos os organismos, de bactérias a mamíferos, ela é o pigmento mais comum dos animais. Estes resultados sugerem que a evolução dos traços baseados em melanina pode estar relacionada ao genoma”, disse Galván.

O pesquisador acredita que os resultados de sua pesquisa podem se estender a outros grupos de animais. Contudo, nem todos os animais, mesmo os da amostra, apresentam a coloração. “A nossa hipótese é que apenas aqueles que realmente precisam, aqueles que apresentam altos riscos de mutação produzem melanina em seu testículo, porque os custos para produzi-la são altos”, explica o biólogo. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • opa!:

    Opa aí! Apesar de ser de raça branca / caucasiana, meus testiculos e respetivo pendural são bem escuros, quase pretos!!!
    Em relação ao comentário do Biologista, acho estranho o desinteresse!?

  • Biologista:

    Olha, eu me formei em biologia, mas nunca me sujeitaria a uma pesquisa dessa.

Deixe seu comentário!