Uma destas mulheres não é real

Por , em 25.05.2019

Nós nos preocupamos por tanto tempo com a inteligência artificial, que deixamos escapar a possibilidade das aparências artificiais. Humanos feitos em 3D com rostos tão perfeitos que são impossíveis de distinguir de um rosto real já estão entre nós. Um exemplo é a Imma, uma modelo do Instagram que conquistou mais de 50.000 seguidores graças a suas selfies e fotos. Acontece que Imma não é uma pessoa real. Ela é uma ser humana renderizada em 3D. Seu desenho é tão real que ela aparece nesta propaganda acima da marca de cosméticos Kate com duas outras modelos reais e é impossível dizer qual delas não é real (nós te ajudamos: Imma é a do meio).

Inteligência artificial aprendeu a fazer uma das coisas mais humanas que existem

Imma é criação da ModelingCafe, uma empresa de tecnologia CGI que trabalhou nos jogos Final Fantasy XV, Shin Godzilla, The Legend of Zelda: Breath of the Wild e neste vídeo de turismo para a região de Kyushu, no Japão. Imma foi criada com uma atenção impressionante aos detalhes, como, por exemplo, as raízes escuras em seu cabelo tingido de rosa e a iluminação – além disso, segundo o site SoraNews24, a pele de Imma ficou sob responsabilidade de desenvolvedoras mulheres, o que também pode ser um detalhe importante para a construção da realidade.

https://www.instagram.com/p/BssT3pQDgcn/?utm_source=ig_embed

Na propaganda acima, ela está posando em uma composição com as modelos humanas Mayben e Aria, usando maquiagem real e virtual criada pelo cabeleireiro e maquiador Torii. Os criadores do anúncio, fascinados pelos filtros de moda e estilo “Kawaii” (fofinhos) do Instagram, queriam ver se poderiam ultrapassar os limites virtuais usando uma modelo 100% falsa. Para realmente vender a ideia, a revista fez uma entrevista publicitária típica com todas as modelos, incluindo Imma. Embora  as respostas tenham sido criadas por humanos, não é difícil imaginar que, um dia, a IA possa criar respostas coerentes e fofas para revistas de moda. Dessa forma, tanto a modelo quanto sua personalidade poderiam ser totalmente geradas por máquinas.

Essas pessoas não existem: Site exibe rostos perfeitos gerados por inteligência artificial

Tal como acontece com muitas coisas que envolvem inteligência artificial, há um contraponto ruim nessa história. Para ganhar destaque, marcas estão começando a usar modelos virtuais como Imma, privando modelos reais de trabalho e remuneração – Imma não precisa de um salário ou de um cachê para sobreviver, ao contrário de suas contrapartes humanas. A ModelingCafe quer dar um passo além, criando animações ultra-realistas de Imma que a tornariam quase indistinguível de uma pessoa real.

O SAG-AFTRA, sindicato que representa os artistas americanos, entende a ameaça e recentemente realizou um painel para discuti-la. “Eu cresci em uma época em que me perguntavam: ‘Você ouviu com seus próprios ouvidos? Você viu com seus próprios olhos?. Nós nunca poderemos confiar nisso de novo”, diz a atriz Heidi Johanningmeier em matéria do site Hollywood Reporter. [Engadget, Sora News 24]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (32 votos, média: 4,69 de 5)

Deixe seu comentário!