Vacina contra Alzheimer reduz casos da doença pela metade

Por , em 12.06.2012

Uma nova vacina, desenvolvida por cientistas suecos, poderia reduzir os casos de Alzheimer pela metade. Chamada de CAD10, a vacina ajuda os pacientes a desenvolverem anticorpos contra a forma mais comum de demência, afetando as ligações neurais.

De acordo com os testes, realizados com pessoas entre 50 e 80 anos durante três anos, a novidade poderia “atrasar” a doença em até cinco anos. Nenhum efeito colateral foi percebido.

Dos participantes, 74% apresentou melhoras no sistema imunológico contra o mal de Alzheimer. Dessa forma, além de atrasar a investida da doença, o tratamento poderia reduzir pela metade os casos de Alzheimer moderado.

Considerando que entre as pessoas com mais de 65 anos, uma em cada 14 apresentam a condição, e, acima dos 80, uma em cada seis, a vacina aparece como uma promissora chance de tratamento. Mais testes ainda são necessários para analisar os efeitos colaterais e a longo prazo da vacina, entretanto.

Mas se você pretende ter uma velhice saudável, o primeiro passo já pode ser dado: de acordo com outra pesquisa, mais da metade dos casos do mal de Alzheimer poderiam ser evitados com hábitos saudáveis e prevenções de doenças. Baixa escolaridade, tabagismo, sedentarismo, depressão, hipertensão, diabetes e obesidade na meia-idade estão entre os aspectos mais perigosos. [DailyMail]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!