Veja o que um raio pode fazer à sua pele

Por , em 7.03.2012

Olhando para este braço, você pode dizer: “nossa, que tatuagem bacana, parece um grande ramalhete de uma destas árvores coníferas, ou algo do tipo”. Este desenho, no entanto, não foi obra de nenhum tatuador: este homem de 24 anos foi atingido pela descarga elétrica de um raio.

Este fenômeno tem um nome: Figura de Lichtenberg. Esse é o nome do cientista alemão que observou a situação pela primeira vez, no século XVIII, e descreveu as figuras “impressas” por eletricidade nas superfícies. No corpo humano, geralmente se formam nas costas, pernas e braços.

No caso do atingido da vez, Winston Kemp, a história é irônica. Ele é eletricista, correndo risco de levar descargas todos os dias, mas não foi seu ofício que ocasionou a marca. Durante uma tempestade, ele saiu de casa para tentar salvar as abóboras no seu quintal, e a mãe natureza o presenteou com essa marca.

Kemp conta que não sentiu dor nem um desconforto muito grande. Reparou que havia sido atingido por uma descarga elétrica, pois a sentiu justamente no braço, mas as marcas só apareceram cerca de uma hora depois do incidente.

Apesar de assustador, este fenômeno é relativamente inofensivo. Estas marcas nada mais são do que uma impressão deixada pela eletricidade em contato com as veias, mas o choque não causa danos significativos a elas. Mas também não deixa de causar um ferimento externo: Kemp relatou que ainda sentia dores nos braços depois de um mês.

Os médicos explicam que é bom visitar um pronto socorro após ganhar uma dessas raras tatuagens, apenas por precaução contra infecções. É uma boa ideia principalmente se a vítima em questão estiver usando um cinto ou outro objeto metálico, que podem potencializar o efeito do choque.

Se você achar que não precisa ir a um hospital, os doutores aconselham pelo menos uma pomada antibiótica ou vaselina, para facilitar a cicatrização. Dessa forma, a “tatuagem” realmente vai ser apenas um desenho bonito (e sim, temporário) na pele. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

12 comentários

  • alx:

    Realmente pelo formato esse raio so passou de raspão no braço dele q deu muita sorte rsrs. Algo q queria entender é q dizem q o raio deixa cair um fragmento tipo pedra na terra, alguem ja viu algo a respeito ou é papo furado?

    • renan:

      ja ouvi falar dessa história de que o raio deixa cair uma pedra… mas ainda fico na duvida!

    • Everaldo:

      Com certeza Renan, raios só produzem descargas eletricas, nunca produziram pedras.

  • Jonatas:

    Na minha família duas pessoas foram mortas por raios. Mas parentes que não conheci, tios por parte de bisavô, pessoas que trabalhavam no campo, interior do RS. Dizem que a chance de ser atingido por um raio é a mesma de ganhar na mega-sena, eu devia jogar, não acham? 🙂

  • Austregon:

    Alguém poderia ficar rico fazendo tatuagens com raios artificiais…

    • Grazi:

      Também gostei da ideia, daqui a pouco inventam, pode ter certeza, 😀

  • Andre:

    kkkkkkkkkkkk isso é fake …kpaz q uma descarga eletrica q pode chegar a 2 bilhoes de khz nw va matar ele sem q ele nem percebesse oq aconteçeu concorod com vc marco…provavelmente pela marca a energia caiu perto dele e foi deslocada alguma coisa fikou na frente empedindo uma cruzada livre da energia e c potençializando onde esta a marca

    • Thulio Moura:

      Lol não é fake não. Você nao viu que o harry Potter levou um thunderbolt na cara e ficou aquela cicatriz lá?

      Esse fato potençializa que a história é verdadeira!

  • Marco:

    como assim “fenômeno é relativamente inofensivo” ?
    eu acho que esse então raio caiu apenas próximo a ele destribuindo assim só uma porção da carga..
    agora se fosse um acerto em cheio eu acho que seria fatal.

    • Andhros:

      Não, eu também estranhei, mas li um artigo científico disponível no site original e entendi melhor.
      A marca em si é que é “inofensiva” porque ela acontece apenas na superfície da pele e desaparece rápido.
      Além disso, a marca não é uma queimadura térmica, embora os raios possuam muito mais chances de causar queimaduras térmicas, são duas coisas diferentes.

    • SimonViegas:

      Qual o lance então? TATUAR POR CIMA 😀

    • Cesar:

      O fenômeno em questão não é o raio, mas a marca deixada. Também estranhei a frase…

Deixe seu comentário!