Viajantes do tempo: as 11 melhores “evidências” de que eles existem

Por , em 17.10.2013

Um dos argumentos dos céticos sobre viagens no tempo é que, se ela fosse possível, os viajantes do tempo poderiam visitar a nossa era, e serem flagrados usando tecnologia avançada. Onde estão estes viajantes do tempo distraídos ou espertalhões?

Confira relatos, fotos e filmes que “provam” que os viajantes do tempo realmente existem!

Em um filme de Charles Chaplin

original
Esta cena ficou famosa alguns anos atrás, quando o cineasta George Clark notou uma senhora caminhando que parece falar ao celular. Mas será mesmo um celular?

Bom, em 1928 não haviam telefones celulares. E também não haviam aparelhos auditivos. Se você tivesse algum problema de audição, teria que usar uma espécie de “corneta” (os mais rústicos usavam um chifre de animal), e algumas eram compridas e curvas, enquanto outras tinham uma forma mais compacta, como esta aqui:

viajantes do tempo evidências

Mas poderia ser um aparelho auditivo Siemens, patenteado em 1924, ou um modelo elétrico “34A Audiphone Carbon Hearing Aid”, como o abaixo.
ku-xlarge (2)

O incidente Muberly-Jourdain

ku-xlarge
Também chamado de “O Fantasma de Petit Trianon”, é um caso de viagem no tempo “involuntária”. Segundo os relatos de duas acadêmicas, Eleanor Jourdain e Charlotte Anne Moberly, elas acabaram viajando para o passado enquanto estavam visitando o Petit Trianon, até o período da Revolução Francesa, e viram Maria Antonieta, o Conde de Vaudreuil e outras pessoas.
ku-xlarge (1)

Operária saindo de uma fábrica, em 1938, com um celular


Mais um caso de um viajante do tempo distraído – uma moça foi filmada saindo de uma fábrica em Massachusetts, em 1938, falando ao celular.

No entanto, a moça “viajante do tempo” foi identificada pelo seu neto. Trataria-se de Gertrude Jones, na época com 17 anos, e ela estava testando uma tecnologia de ponta da Dupont, um protótipo de telefone sem fio. Infelizmente, o tal telefone sem fio não foi apresentado (o que é mais difícil, um viajante no tempo ou um telefone sem fio em 1938? Você decide).

Incidente do Marechal-do-Ar Robert Victor Goddard em 1935

ku-xlarge (3)

Outro caso de um viajante no tempo involuntário: o então comandante Robert Victor Goddard foi inspecionar um aeroporto chamado Drem. Ao chegar lá, o local estava dilapidado, com vacas comendo grama que crescia nas rachaduras do concreto.

Saindo dali, ele encontrou mau-tempo e resolveu voltar ao campo abandonado. Só que, subitamente, o tempo tinha mudado para dia claro com sol, e o campo de pouso abandonado não estava mais abandonado, e sim em estado de novo, com mecânicos vestindo uniforme azul e duas aeronaves amarelas na pista, uma das quais ele não conseguiu identificar.

Quatro anos mais tarde, a RAF começou a pintar seus aviões de amarelo e os uniformes dos mecânicos passaram a ser azuis.
ku-xlarge (4)

Viajante no tempo hipster

ku-xlarge (5)

ku-xlarge (6)
Em uma foto que registra a cerimônia de reabertura da Ponte South Forks, em Gold Bridge, Columbia Britânica, no Canadá, em 1941, dá para ver este distraído viajante no tempo usando um óculos escuro estiloso e uma camiseta moderna.

No entanto, por mais moderno que fosse, o óculos não era novidade em 1941. Também, o que o “viajante” está usando é na verdade um suéter de um time de hockey. Além do mais, sinceramente, o pessoal de 1941 era um pouco lento para identificar adereços do futuro, já que ninguém está estranhando o sujeito e suas roupas.

Henry Fonda e Shirley Temple com um iPhone


Esta cena está no filme Fort Apache, do saudoso ator e diretor John Wayne, de 1948, e mostra Henry Fonda usando… um iPhone? OK, não é um iPhone, é algo mais trivial, um bloco de notas. Você sabe, papel, lápis, uma capa de couro…

A Lenda de Fentz, 1950

ku-xlarge (7)
Um homem foi atropelado na Times Square em junho de 1950, vestido com roupas do final do século 19, com um vale-cerveja, uma conta da lavagem de uma carruagem e cuidados com o cavalo, uma carta datada de 1876, 70 dólares e cartões de visita, tudo novinho. E o mais impressionante, a descrição batia com a denúncia do desaparecimento de um certo Rudolph Fentz, que sumira em 1876, quando tinha 29 anos.

Parece enredo de filme, não parece? E é. O cineasta Jack Finney fez uma história curta de ficção científica em 1951 exatamente com este enredo, mas tem gente que usa a história como evidência de viagens no tempo desde os anos 1970.

A teoria conspiratória do Projeto Mountauk

ku-xlarge (8)
Segundo dois homens, Preston B. Nichols e Al Bielek, havia um túnel na Base da Força Aérea Montauk que permitia aos cientistas voltar no tempo até 1943. A história começou nos anos 1980, quando a dupla iniciou uma “recuperação de memórias reprimidas” de ter trabalhado em um laboratório – um laboratório fantástico, com experimentos de teleportação, dimensões paralelas, viagem no tempo, guerra psicológica, contato com alienígenas, experimentos com percepção extrassensorial e poderes paranormais, tudo gerenciado por Nikola Tesla, cuja morte teria sido falsificada.

Quando abrirem o museu em Montauk Point, você poderá visitar as instalações e conferir por conta própria, já que o local foi fechado em 1969.

Operador da bolsa com informações privilegiadas

ku-xlarge (9)
Se você fosse um viajante no tempo, por que perder tempo aparecendo com um celular em um filme do Charles Chaplin, se você poderia usar informações sobre a Bolsa de Valores e fazer uma fortuna?

Esta é uma história do jornal Weekly World News. Segundo a lenda, com um investimento inicial de US$ 800 (cerca de R$ 1600), o esperto viajante do tempo Andrew Carlssin conseguiu juntar 350 milhões de dólares (cerca de R$ 700 mi) em duas semanas, com investimentos inesperados que renderam muito, e que não podem ser explicados pela sorte.

A história é divertida, e você pode encontrar outras tão divertidas quanto esta no mesmo jornal. Só não espere que sejam verdadeiras.

O estranho caso de John Titor

ku-xlarge (10)
Um caso interessante ocorreu entre 2000 e 2001: um certo John Titor postou algumas mensagens em um fórum da internet, alegando ser um viajante do tempo e ter vindo de 2036. Ele até mesmo descreveu sua máquina do tempo, além de falar de eventos futuros.

Até agora, ninguém conseguiu montar a máquina do tempo, e nenhum dos eventos que ele anunciou aconteceu.

Håkan Nordkvist, o homem que encontrou seu “eu” do futuro

ku-xlarge (11)
Nordkvist viajou por um buraco-de-minhoca em sua cozinha, e acabou encontrando um velho que tinha a mesma tatuagem que ele. Sabendo que ninguém acreditaria em sua história, filmou o encontro.

Esse foi um caso de marketing viral, feito para a companhia de seguros sueca AMF, e executado pela empresa Forsman & Bodenfors. [io9]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (21 votos, média: 3,86 de 5)

58 comentários

  • Adriano Almeida:

    Acredito que os ovnis de hoje, nada mais são, do que nós mesmos, no futuro, voltando ao passado. Abraços,

    • Cesar Grossmann:

      Eu acredito que até hoje não foi documentado uma única nave alienígena. Ou do futuro. É tudo fraude ou artefato fotográfico. Já vi uma foto de um alegado disco voador e era só uma fibra de tecido na janela de um carro, e quem postou a foto sabia disso, mas alegou que era disco voador, e inventou uma história mirabolante.

  • Professor Bira:

    Para finalizar: Se pudesse falar a Santos Dumont que sua invenção no futuro teria 400 ton e levaria 500 pessoas (A380) ele riria de mim!

  • Professor Bira:

    Continuando… Os eventos que acontece hoje que são ditos como “milagre” no futuro serão chamados de tecnologia.

  • Professor Bira:

    Nós somos como um micróbio no umbigo de um ser tentando analisa-lo pela “catota” de seu cobertor que se alojou lá.

  • Lion Wolf:

    e que a tecnologia era tão avançada que neste caso nem precisava da benditas torre.

    • Pedro Gomes Mxkvd:

      Eu acredito em tudo, tudo é possivel só não sabemos ainda como ser mais sábios tudo é possivel não tem impossivel!.

    • Cesar Grossmann:

      Existem, sim, alguns impossíveis, existem reações químicas que são irreversíveis, e mesmo ações físicas podem gerar efeitos irreversíveis, como derrubar uma xícara de chá no chão – é impossível os cacos se juntarem e saltarem para cima da mesa, na forma de uma xícara intacta.

    • Pedro Gomes Mxkvd:

      Existem provas sobre as Viagens no tempo eu era miudo e jogava o doom na psx1 e já se falava no jogo e vi ecrãs destes do presente tv’s fina

  • João Loureiro:

    Beleza, entre esse vídeo e outros, realmente aparecem supostamente pessoas utilizando celulares, e as antenas?

    • Cesar Grossmann:

      João, esta é a interpretação moderna. Quem pintou com certeza estava pensando em outra coisa.

  • Marcio Santos:

    Eu acredito em tudo isso<viagens no tempo ,discos voadores etc etc..

  • Max Welson Carvalho:

    Eu acredito que a operaria estava utilizando um dos primeiros radinhos transistorizados da epoca.

  • Adrian Brito da Silva:

    se isso realmente aconteceu ele novo viu ele velho então ele velho saberia que ele novo veria!!!

  • Carlos E. A. Henriques:

    Mesmo que essa tecnologia já exista, coisa que eu não duvido, seria algo de cunho extremamente secreto.

  • Vinícius Marcolino:

    Estas fotos não provam nada. Os EUA investem milhões em pesquisa sobre viagem no tempo. As teorias de Eisten são comprovadas..

    • Rogerio Torrezan Rtorrezan:

      Estranho e o cara de óculos mas se olhar bem tem uma mulher olhando para ele q se parece a mesma operaria falando do celular

  • Micaias Silva:

    Curioso..por EX: alguem falando ao celular em 1928…. entao havia alguem do outro lado da linha, mas e o sinal da torre?

    • Heimar Santos:

      Só achei estranho o caso do celular em 1938 se tivesse um telefone sem fio mesmo que seja um protótipo seria um tijolão e não fininho.

    • Kybella Rosa:

      sim , e alguém reparou no cara de oculos escuros , ele ta segurando algo na cintura como se fosse uma camara fotografica ou algo assim …

  • Camila Godoy:

    Dr. Who, é você? kkkkkkkkkkkkkk
    Lembrei dessa série com essa matéria, principalmente o cara com estilo muito avançado que os demais da foto kkkkkk

    • Kybella Rosa:

      kkkkk é deve ser mesmo Dr. Who em suas regeneraçoes kkkkkkk

  • Cistiano Prado:

    pesquiso esse assunto a anos e tenho razoes pra crer que muitas coisas sejam verdades,estou a um passo de descobrir a verdade , nao somente de quem viaja ,mas tbm de quem oculta tudo isso

    • Pa Costa:

      Pelo que vi, eu acho que e possível viajar para o futuro, pro passado não tem como! hhehe

    • Marcelo Ribeiro:

      Exato! Eu viajo para o futuro a todo tempo. Literalmente TODO TEMPO. no ritmo de 1 hora por hora. Em média.

    • Philip Gorayeb Liger:

      Acho que temos um sheróque rômis!

  • Carlos Dantas:

    onde a fumaça a fogo
    algumas pessoas tentam explicar alguns fatos inexplicáveis e acaba saindo sem ocorrência ou credibilidade alguma
    porque não aceita que algum desses relatos possa ser verídico?
    você pode mim perguntar mas si alguem tive e viajado no tempo já teria nos contactado sobre o futuro.
    mas ai que esta caros leitores si o suposto viajante fizer isso acabara criando um paradoxo
    e subsequente criando uma realidade paralela onde nela saberíamos deles mas na nossa não.
    em outras…

    • Deby Melo:

      ou eles podem ter dado uma olhada sem interagir muito pra evitar paradoxos temporais

    • Rodrigo Lima:

      so valeria entrar em contato se for para impedir de algo desastrosos acontece-se

  • Henrique Silva:

    É verdade eu vi tudo aqui ó

    http://sagaseconspiracoes.blogspot.com.br/2014/02/conspiracao-em-acao-viajantes-do-tempo.html

  • marcelo claro:

    bom dia , eu direi como será a comunicação entre pessoas e
    em locais distantes . ~já está em testes um novo chip que antes de
    ser implantado você terá um dia de programação lendo textos e questões , no seu braço será conectado vários sensores ,para passar para o chip , este chip memorizará suas ondas cerebrais e tranformará em comandos de comunicação
    você dirá os números e estará conectado , você vai parecer está
    falando sozinho mais a outra pessoa estará falando com você .
    as ondas que você imitir transforma em pulsos telefônicos igual como você utilizasse um celular .
    obrigado pela atenção .

  • Adriana Andrade:

    SERA QUE ERA DA TIM RSRS

  • Dinho01:

    Nessa relação poderiam ter sido colocadas as supostas “pegadas humanas pré-históricas”.
    http://noticias.seuhistory.com/pegadas-humanas-pre-historicas

    Não entendi a lenda do Fentz.Por que as pessoas a utilizam como evidência de viagem no tempo?Não ficou claro que foi um enredo de filme?

  • Lucas Silva Arantes:

    Na época não existia sinais de celulares ok, mas nesta epoca eles saberiam que poderia existir? Olhem hoje varios tipos de sinais que temos. Pergunto de novo, a 30 anos atraz, alguem deduzia que existiriam estes sinais? Imaginem a 100 anos atraz então. Agora pensem ao contrario, QUE TIPO DE SINAL IRA EXISTIR DAQUI A 500 ANOS, NO FUTURO? E se o dispositivo com a mulher consegue se comunicar atravez de uma Tecnologia que exista somente no futuro? Nós agora do presente não teremos acesso e nem imaginamos que possa existir. Por isso na epoca Avião não chegava nem no pensamento dos humanos e se alguem fala se que o humano poderia voar era considerado louco e morria apedrejado. Resumindo desde os tempos remotos ate hoje em dia, do ser humano o mesmo se limita aos seus pensamentos e as leis da fisica… Nunca duvidem da Tecnologia + Ciencias juntas, elas são infinitas…. Alias sejam mais criativos e não limitados…

    • Renato Bueno:

      rapaz, brilhante sua explicação.

    • Valdomiro Dos Santos:

      Muito do que temos hoje foi ficção um dia, mas os incrédulos estes são eternos!

  • Ygor César:

    Eu quero um celular desse que faz ligação sem sinal *—————————*

  • Matheus Silva:

    nao necessariamente precisa ser um celular, que use tecnologia de hoje, pode ser um apenas aparelho de comunicaçao entre os viajantes do tempo, algo como um comunicador a Radio talvez

  • Jean Canelas:

    Ao ver o primeiro, do filme do Chales Chaplin, eu já desanimei de ver o resto da matéria.. Não há como dar credibilidade a uma imagem que uma pessoa passa rápido com a mão próxima à cabeça.Logicamente o nosso cérebro faz uma busca de padrões e deduz que é um celular, que nem tinha como funcionar na época, como já foi citado.

  • Wallace Resplande:

    Achei que poderia ser um radio de pilha, mas esses so foram inventados depois da 2 guerra mundial, na decada de 50.

  • Edivaldo Júnior:

    El Psy Congroo!

  • Eder:

    As cenas em que aparecem alguém falando em um suposto celular são mais prováveis que sejam da época mesmo (sendo protótipos por exemplo, ou encenações). Afinal um viajante do tempo (no passado) não conseguiria falar ao celular, já que nem infraestrutura de comunicação celular existia na época (torres e antenas, central de comunicação), muito menos com tecnologia 3G, 4G, 5G (ou no futuro, 8 ou 9G… rs), nem a tecnologia NMT, AMPS, CDMA ou TDMA existia ainda, nem mesmo a infraestrutura para isso existia em uma época de algumas décadas atrás.

    • Geraldo Rocha:

      Nesse mundo moderno em que todos só acham que existe celular pra se comunicar é difícil usar a imaginação pra pensar em outras possibilidades bem mais simples.
      nos casos dos supostos viajantes do tempo usando celulares podem não ser necessariamente celulares, poderiam ser apenas simples rádios de comunicação tipo “walk talk” que para funcionarem não precisam da enorme estrutura que um celular precisa, rádios comunicadores necessitam apenas que as ondas de rádio de um aparelho estejam ao alcance do outro para se comunicarem, só isso.
      os supostos viajantes do tempo poderiam estar se comunicando com esses rádios com outros viajantes em outros locais da cidade.
      Ou usando ainda mais a imaginação, se eles tem tecnologia para viajar no tempo é claro que teriam tecnologia para fazer celulares que funcionam sem precisar de torres centrais, 4g e coisas do tipo.

    • Marcello Zettermann:

      Nem mesmo hoje conseguimos falar direito! kk

    • Leandro Pereira:

      Nem imagine que era protótipo… não existia tecnologia pra tal, nem mesmo pra walkie talkies à época. É mais provável que a pessoa estivesse com a mão na altura da orelha por qualquer motivo (podia ser uma dor de cabeça, por exemplo). E mexer a boca? Olha o John Bonham na bateria do Led Zeppelin lá nos anos 70. O que ele falava quando batia na bateria? Será que ele se comunicava com os espíritos da música? hehehe. Ele simplesmente mexia a boca de mania. Conheço muita gente que faz isso.

    • Philip Gorayeb Liger:

      Acho que temos um sheróque rôumes!

  • Samuel Alencar:

    Interessante…Recordei-me do seriado “O Tunel do Tempo”; sucesso na década de 1960…Saudades da adolescência!

  • Ronald Golias:

    Queria que alguma delas fosse verdade, queria muito mesmo.

  • Nysp:

    Essa do “incidente Muberly-Jourdain” não tem nem pé nem cabeça pra estar listada. Parece mais o depoimento de duas loucas sem qualquer fundamento ou a história contada está incompleta. Ok, elas disseram que viram algumas pessoas, Maria Antonieta, o Conde de Vaudreuil e o que aconteceu depois? Voltaram ao presente delas, viram fantasmas, viram espíritos??? Realmente não entendi.

  • CARLA CRISTINA:

    bom acho que se fose possivel a viagens no tempo teria medo pois seria como ir a outro mundo que não conheçemos ,imagine ser tranportado pros anos 500 a.c ou seja tudo oque sabemos e quase nada a respeito da realidade da lugar naquela epoca , acho que e por causa disso que muitos não voltam ainda e dificiu enfrentar outra realidade outros lugares (sem o google para pesquisar) acho que alguem teria que ser muito esperto e sabio para sobreviver em outra epoca. muito boa a materia

  • Frikazoide:

    Incidente do Marechal-do-Ar Robert Victor Goddard em 1935 => Lembra muito o filme Antigo chamado(O Nimitz de volta ao inferno)O Nimitz, um porta-aviões que é equipado com ogivas nucleares, entra por uma fenda do tempo e retorna 40 anos, mais exatamente até o dia 6 de dezembro de 1941, ou seja, na véspera do ataque japonês a Pearl Harbor. O navio saiu para manobras com 21 caças e todos vão para em 1941 até que encontram dois aviões japoneses, sabendo que podem mudar a história os aviões preparan-se para abater os japoneses, mas a fenda se abre e eles acabam voltando sem alterar a historia, o surpreendente é que um marinheiro fica preso no passado e na volta do navio ao cais ele reaparece de cabelos brancos em uma limosine.. Recomendo!

    • Cesar Grossmann:

      Agora que você contou o fim do filme…

    • Marcos Cesar:

      porr…… deu maior vontade de ver o filme ai vc vai e conta o final….

  • Andre Luis:

    O ser humano tem muita vontade mesmo de fazer viagens no tempo. Eu acho que se vasculhar-mos os registros atuais daqui há alguns anos, encontraremos mais “possíveis provas” da viagem no tempo!

  • Hugo:

    Engraçado que o celular está tão bem adaptado e comum na sociedade atual que levantar a mão perto do rosto já é interpretado como “falando no celular”.

    Será que os viajantes do tempo com celulares lembraram de levar com eles uma torre pro celular ter sinal? Acho que levaram algumas torres da Oi e por isso que meu sinal cai toda hora.

    • lorenzo:

      sim,vou voltar no tempo com o meu nokia 6320 e fazer um teste pro filme do chaplin kakakaka

    • Leandro Pereira:

      Eu queria saber se o (Milionário? José Rico?) sertanejo cantava no celular.

    • Philip Gorayeb Liger:

      Acho que temos um sheróque rômis!

Deixe seu comentário!