Veja como a Apple enganou a empresa que detia os direitos do nome iPad

Por , em 1.03.2012

A Proview, antiga dona da marca iPad na China, está processando a Apple na Califórnia por “fraude de apresentação internacional enganosa, fraude por dissimulação, indução fraudulenta e competição injusta”. Eles estão certos? Veja como a Apple os enganou. O julgamento cabe a você:

– Primeiro, a Apple entrou em contato com uma empresa britânica chamada Farncombe International. O diretor da empresa é Graham Robinson.

– A Farncombe International então criou uma empresa, a Ip Application Developmente Limited (já consegue ver onde vamos chegar?) para negociar a compra da marca iPad.

– Cerca de um mês antes de lançar o iPad, Robinson entrou em contato com a Proview sob o nome de Jonathan Hargreaves, querendo comprar a marca IPAD deles. A Proview Electronics Company, Ltd. tem sede em Taiwan, e produz monitores de computador e sistemas portáteis de mídia, como smarhpones e tablets.

– A Proview perguntou a Robinson/Hargreaves porque a empresa queria comprar a marca. Sua reposta, por e-mail, de acordo com a Proview, foi: “é uma abreviação do nome da empresa, IP Application Development Limited”.

– A Proview pressionou Robinson/Hargreaves, perguntando qual a natureza dos negócios da empresa. Para isso, ele respondeu: “A [IPAD Ltd.] é uma empresa recém formada, e tenho certeza que vocês compreendem que não estamos prontos para divulgar a natureza dela, já que ainda não fez nenhum anúncio público”.

– Então ele adicionou: “Como disse em minha última mensagem, posso garantir que a empresa não vai competir com a Proview”.

A Proview argumenta – e se os e-mails apresentados na Corte Superior da Califórnia forem verdadeiros – que esses argumentos do agente da Apple eram falsos. Eles alegam que isso é todos os tipos de fraude citados no começo do texto.

Nós não sabemos se a corte vai concordar com eles ou não, mas isso com certeza parece estranho. Será que a Apple usou esse tipo de ação outras vezes, que não é incomum no mundo das grandes corporações?

A Apple deu uma declaração sobre o acontecimento: “Nós compramos os direitos da Proview sobre a marca iPad em 10 diferentes países, a vários anos. A Proview se recusa a honrar seu acordo com a Apple na China, e uma corte de Honk Kong já deu favor à Apple. Nosso caso ainda está pendente em Taiwan”. [GizModo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

13 comentários

  • Jessy:

    Não vai ter nenhum juiz americano para devolver/dar os direitos da Apple para a Proview, como fizeram O Google e uma unidade da Motorola Mobility???
    Raramente essas empresas criam alguma coisa, principalmente as mais poderosas, elas roubam boas idéias alheias, melhoram e vendem por um valor muito maior!!

  • Herms:

    “Veja como a Apple os enganou. O julgamento cabe a você” Dá o veredito e depois põe o julgamento na mão dos leitores?rs

  • Elizabeth:

    Me parece que Apple, Microsoft, Facebook e outros grandes ganharam muito dinheiro surripiando projetos e nomes alheios…

  • Antônio Fabrizzio:

    “Compramos HÁ vários anos”. Atenção ao Português!

  • Jorge de Melo:

    A Apple enganou mesmo a Proview, quando o Graham Robinson negociou com a Proview sob o nome de Jonathan Hargreaves. De acordo com as leis do Brasil, isso dá falsidade ideológica, formação de quadrilha e, se brincar, estelionato.

  • gilvani:

    É certo que a Apple ia perder dinheiro.

    Isso devido ao fato de haverem consumidores com QI tão baixo, que são capazes de comprar o Ipad da ProView pensando que é da Apple.

  • Eta:

    Me parece normal, não tinha como a apple chegar e: Olá, queremos comprar a marca Ipad. Pra que? Ah nada não, to fazendo coleção de I.

    Se eles comprassem no nome da apple o lançamento do Ipad seria óbvio e apple ia perder muito dinheiro com isso.

    • gargwlas:

      nao interessa o que é certo é certo…

      se a apple quisesse usar o nome e a proview nao quisesse vender, paga-se royalties então

      não é a propria apple fazer esse tipo de coisa

    • Gilberto:

      Mas o fato é que a empresa vendeu o nome, então se ferrou, aida devia ser multada por usar o nome Ipad no aparelho deles.

  • Horácio:

    “…empresa que detia…”
    Deve escrever ….empresa que detinha…

    • Kbo_MaM:

      detia EASTÁ CORRETO

    • Antonio:

      NÃO ESTÁ

    • oi:

      detinha
      pretérito imperfeito de deter na 3a pessoa do sungular.

      eu detinha
      tu detinhas
      ele detinha

Deixe seu comentário!